Machu Picchu: novas regras para visitar


Você sabia que Territórios começou com o sonho e fazer a trilha Inca até Machu Picchu? Na época não havia regras, era muito barato e, se chegasse para ver o sol nascer, a muvuca de turistas só começava no início da tarde. Então o destino entrou para a lista de desejos de viajantes no mundo todo e o governo se obrigou a criar regras para preservar uma das Sete Maravilhas do Mundo. 

A cada ano o acesso fica mais restrito e a viagem exige um planejamento feito com antecedência. Por exemplo, minha ideia inicial era ter feito a trilha Inca tradicional, mas deixei para ver na hora e precisava ter comprado três meses antes, na época. Por sorte, a trilha Salkantay era pouco conhecida e pude agendar para a mesma semana. Hoje em dia esta sorte é inexistente e até o ingresso ao parque deve ser adquirido com seis meses de antecedência, principalmente para quem deseja ver o sol nascer na cidadela.

Uma solução para quem não se organizou com antecedência é comprar um pacote de viagem aqui no Brasil, algumas agências têm pré-reservas pensando nesse público. Inclusive, a agente que eu trabalho recomenda a saída de setembro com aéreo e terrestre. Se ficou interessado, clique aqui para receber informações.

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os artigos sobre o país

AGILIZE SUA VIAGEM
Precisa de seguro viagem? Saiba como comprar online

Leve o chip internacional com Internet desde o Brasil

Pegue as dicas para alugar um carro no exterior

Agende passeios e transfer agora na Get Your Guide ou saiba como funciona

Novas regras para visitar Machu Picchu em 2019

Ingresso com hora marcada

São 9 horários diários com limite de pessoas e tempo de permanência de até 4 horas (quem faz as trilhas pode ficar mais tempo). Agora não pode sair e entrar novamente no mesmo dia como acontecia antigamente.

Se for subir as montanhas, deve comprar ingresso específico e precisa escolher uma por dia.

Ingresso com montanha Huayna Picchu

O ingresso de entrada só vale pelo horário agendado e a permanência é de até 6 horas, sendo 3 horas de trilha

Vista do alto do Huayna Picchu
Vista para a cidadela do alto do Huayna Picchu

Ingresso com montanha Machu Picchu

O ingresso de entrada só vale pelo horário agendado e a permanência é de até 8 horas, sendo 5 horas de trilha

Os ingressos estão a venda no site do governo do Peru ou em agências de viagem como os links fornecidos.

É o obrigatório contratar guia de turismo 

Você pode viajar de forma independente e contratar na hora. Ou pode contratar uma visita guiada, ou excursão na Internet. 

A empresa que me levou não existe mais e hoje tenho usado o site Get Your Guide (clique para saber como usar) para agendar passeios, transfers e comprar ingressos. É uma agência virtual que conecta viajantes com receptivos locais. Deixo os links dos serviços para ver preços e reservar:

Trem para Machu Picchu
Trem para Machu Picchu

Dicas para o dia da visita

Se for de ônibus a partir de Aguas Calientes, vá para a fila dele uma hora antes. Se for a pé, calcule conforme o seu ritmo. Não adianta chegar antes do horário agendado, pois, a entrada não será permitida.

Não se preocupe com o tempo limite de permanência. O circuito mais longo dura por volta de 3 horas e eu levei menos tempo que isso.

O melhor horário para visitar, pela luz e quantidade de turistas, continua sendo a primeira hora da manhã.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Pacote de viagem para Peru em setembro, Machu Picchu

Preencha para receber informações de um consultor sobre os próximos pacotes de viagem

* campo obrigatório
Tenho interesse em:
  • Se preferir, envie mensagem pelo Whats App.

    Roberta Martins

    Roberta Martins

    Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

    5 comentários

    1. Olá Roberta, tudo bem?
      primeiramente parabéns pelo blog, sensacional suas dicas.
      aqui uma recomendação: quem estiver planejando uma viagem ao Peru e deseja conhecer Machu picchu o destino permitira a permanência no local somente no primeiro período entre 6h a 12h, ou no segundo período que vai de 12h a 17h30, os novos horários de visitação passam a valer de 1 de julho de 2017 em diante.

      1. Obrigada pela informação atualizada Victor e fico feliz que tenha gostado das dicas.
        As do Peru estão defasadas, mas tem informações sobre mais de 50 países e vou atualizando sempre que posso.

    2. Olá Roberta!
      Poderia pensar em montar um grupo para fazer essa visita, o que acha?
      Tenho muito interesse em ir, ainda mais com alguém que já conhece o lugar seria mais fácil.

    3. Pelo o que eu li, as ruínas estarão abertas sim, só vão fechar as 2 montanhas que a maioria nem sobe mesmo.

      1. Sim, as ruínas continuam abertas e arrumei o texto pra ficar mais claro. Mas continua estragando os meus planos porque subir nas montanhas proporcionaram as melhores vistas da ciudadela. A experiência Machu Picchu não fica completa sem elas

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.