viajar com crianças

Dicas para viajar com crianças

A ideia de viajar com os filhos pequenos, ou de encarar horas de voo com crianças, assusta muita gente. Mas a boa notícia é que, com um pouquinho de planejamento, as férias em família podem ser tranquilas e bem divertidas, independente do destino.

Se seu filho for mais velho, vale a pena escolherem juntos o local, algum lugar que toda a família tenha vontade de conhecer. Se ele for pequeno, decida você, sem medo. Para ajudar, preparei algumas dicas baseadas nas viagens que fiz com meu filho Gabriel*, dentro e fora do Brasil.

Gabriel pequenininho em Portugal
Gabriel pequenininho em Portugal

Prepare a viagem com filhos:

  • Escolhido o destino, pesquise sobre lugares e programas que satisfaçam todos da família, e elabore um roteiro. Visitar muitos museus e lugares históricos pode ser um pouco cansativo e chato para os pequenos, mas quando acrescentamos piqueniques, idas a zoológicos e parquinhos, entre outros passeios do gosto das crianças, todos são contemplados. Está em Nova York e quer assistir a um musical da Broadway? Opte por Rei Leão, Aladin ou Homem Aranha, e todos sairão felizes.
  • Busque por desenhos e filmes infantis que tenham alguma relação com a cidade ou país que vão visitar e assista com seu filho antes da viagem.  Se o destino for histórico, histórias de reis, cavaleiros e piratas podem despertar o interesse do pequeno viajante.
  • Se a viagem for internacional, escolha voos noturnos, assim seu filho dormirá a maior parte do tempo dentro do avião.
  • Informe-se sobre a documentação necessária. Crianças devem estar com os documentos em dia, para evitar problemas.
  • Avalie a possibilidade de locar um carro. Cidades com uma grande rede de metrô, como Nova York e Paris, dispensam o uso de carro. Mas se você quer visitar diversas cidades na mesma viagem, ganhará tempo e se cansará menos, se tiver um carro. Apenas não se esqueça de locar junto um GPS e uma cadeirinha, caso seu filho seja pequeno.

Verifique disponibilidade com a Rental Cars

  • Marque uma consulta com o pediatra. Ele te indicará alguns remédios que devem ser levados, em caso de febre ou alguma alergia, e não se esqueça de levar a receita. Esparadrapo, gaze, antisséptico, além do protetor solar e repelente, se for para praia ou local com mata, não podem faltar na “farmacinha”.
  • Pesquise sobre a saúde do destino escolhido e se informe sobre vacinas exigidas, pois alguns países requerem certificado de vacinação internacional contra algumas doenças.
  • Alguns dias antes da viagem, comunique a empresa aérea que está levando uma criança, pois elas preparam refeições especiais para os pequenos. Determinadas empresas também dão brindes/passatempos para a criança se distrair, como livrinhos para pintar ou joguinhos.
  • Uma das maiores dúvidas de mães de bebês é se é permitido levar mamadeira no avião. No caso de voos domésticos, pode-se levar uma madeira com água, e a dose do leite em pó que você vai precisar. Em voos internacionais, há restrições sobre a quantidade de líquido que pode ser levada para dentro do avião. Neste caso, o mais indicado é, dias antes do embarque, ligar para a companhia aérea e verificar o que é permitido levar, em quais quantidades e em que tipo de recipiente.
  • Se o seu filho for pequeno, precisará de um carrinho, se não quiser dar muitos colos e garupas. Dependendo do lugar para onde você vai, vale a pena comprar o carrinho lá, ao invés de levar.
  • Malas devem ser enxutas, mas crianças sujam mais roupa que nós, adultos, e dificilmente usará a mesma peça dois dias. Também escolha roupas confortáveis, e que não precisem passar.
  • Prepare uma mochila ou bolsinha de mão, com itens que distraiam seu filho no aeroporto e no avião. O brinquedo favorito, livros de pintar, gibis e tablets tornam mais tranquilas as horas de espera pelo voo. Também separe uma muda de roupa, pois nunca sabemos quando a fralda vai vazar ou o suco vai ser derramado, em pleno voo.
  • Chegue com antecedência no aeroporto, rodoviária ou estação de trem, e não corra o risco de perder a viagem. Lembre-se que carregar filhos e bagagens, tudo ao mesmo tempo, não é tarefa fácil, principalmente quando se está atrasado.

Faça o checklist para uma viagem internacional

Brincadeiras no inverno em Nova York
Brincadeiras geladas no inverno em Nova York

Quando chegar lá:

  • Seja o guia do seu filho. Fale, com uma linguagem simples e lúdica, sobre o lugar que estão visitando. Estimule-o a provar novos alimentos. Mostre para ele um novo mundo e desperte o gosto por viajar.
  • Sempre que saírem para um passeio, leve na mochila água, caixinhas de suco, bolachinhas, frutas e barras de cereal para um lanchinho rápido, para ser feito entre as principais refeições. Afinal, ninguém se diverte com fome, não é? Leve junto lenço umedecido para limpar as mãos do seu pequeno.
  • Quando viajamos gostamos de comprar souvenires. Com seu filho não será diferente. Combine antes quanto ele pode gastar ou uma quantidade de coisas que ele pode escolher para trazer da viagem.
  • Não se frustre se não conseguir visitar todos os lugares que planejou. Quando viajamos com crianças, o ritmo é outro, e imprevistos são normais. O importante é se divertir e aproveitar os momentos juntos.

Leia relatos de viagens com crianças

Pais votam a ser crianças em Orlando
Pais votam a ser crianças em Orlando

*Gabriel tem 8 anos e fez sua primeira viagem internacional aos 4. Já viajou para Portugal, Panamá, México e Estados Unidos. Seus próximos destinos são Colômbia e Uruguai. Adora viajar de avião, principalmente voos longos (sim, ele adora dormir e fazer refeições no avião), e sonha conhecer as pirâmides do Egito e Paris, cidade que visitei há muitos anos, sem ele. “Tu tem que voltar lá e me levar, mãe”. Então tá.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Se achou útil, Flip it! Se gostou das imagens, Pin it!

Daniela Rocha Lima

Daniela Rocha Lima

Jornalista, especialista em artes visuais e mãe do Gabriel. Sempre em busca de novos destinos, encontrou no filho um ótimo companheiro de viagem.

1 comentário

  1. Super importante essa dica de alugar carro com cadeirinha, tem locadoras que oferecem essa comodidade, afinal segurança em primeiro lugar, inclusive durante as viagens.

Deixe uma resposta