fbpx
Dreamtrips vale a pena?

DreamTrips vale a pena?


Consegui utilizar o principal produto da WorldVentures na África e agora posso dizer se o pacote de viagens DreamTrips vale a pena. Neste artigo dou continuidade a minha jornada de aprendizado sobre a empresa e seu clube VIP que promete revolucionar o mercado de turismo.

Se está chegando agora, sugiro começar do início lendo sobre a Dreamtrips (parte I) e Viagem dos Sonhos (parte II). Então volte aqui para saber como foi a viagem para o deserto da Namíbia com outros dreamtripers. Sim, comprar um pacote pela plataforma também significa viajar e compartilhar informações com outros membros do clube. Os viajantes podem vir de várias partes do mundo como África do Sul, Botsuana, Zimbabue, Zâmbia e ali mesmo da Namíbia. Pelo menos, essas foram as nacionalidades encontradas durante o roteiro e que formaram o nosso grupo de 18 turistas mais um anfitrião da WorldVentures. 

Dreamtrips com a placa You Should Be Here (você deveria estar aqui)
Dreamtrips com a placa You Should Be Here (você deveria estar aqui)

DreamTrips é o carro chefe da WorldVentures por ser o nome do clube VIP e também o seu melhor produto — pacote de viagem dos sonhos temática. As viagens DreamTrips são para quem pode tirar férias nas datas específicas e em locais selecionados. Nem sempre serão baratas, mas é possível abater até metade do valor com pontos previamente adquiridos, além do custo-benefício ser surpreendente conforme as expectativas de cada um.

O incluso nos pacotes varia conforme a oferta. No meu caso, “A Vida Secreta das Dunas da Namíbia” incluiu assistência VIP do anfitrião do início ao final; 3 diárias em hotel 4 estrelas com café da manhã; 2 jantares com traslado; 1 passeio 4×4 no deserto; e 300 NAD (moeda local) para usar nos serviços de alimentação do resort, este último por eu ser membro platinum.

Suíte do hotel enorme e muito confortável provando como Dreamtrips vale a pena
Suíte do hotel enorme e muito confortável

DreamTrips vale a pena?

Para responder a pergunta, é preciso consider pontos positivos, negativos e o contexto de como eu me insiro nesse produto. Afinal, tenho bastante experiência em diferentes estilos de viagem e posso ser muito exigente em alguns detalhes imperceptíveis para alguns. Vamos ver se você concorda comigo (não esqueça de deixar sua opinião nos comentários).

Primeiro o conceito, receber atendimento diferenciado e se hospedar com conforto, é como falam assim como o preço é justo para esse serviço. Agora, nem tudo é tão perfeito como alguns membros glorificam. Percebi defeitos e o pacote acabou não sendo exatamente uma viagem dos sonhos para mim. Já a viagem como um todo (os 10 dias, sendo 6 independentes) foi incrível porque pesquisei e fui organizando conforme os meus interesses. Ou seja, teria sido decepcionante se tivesse feito somente o roteiro oferecido no pacote, por isso, pesquisar antes de escolher é tão importante. 

A dica para quem faz parte do clube e não sabe por onde começar a pesquisa é fazer um checklist, clique no link para pegar o passo-a-passo para usar em viagens internacionais e siga ele.

Pontos Positivos

  1. Durante os quatro dias do serviço contratado, não tirei um centavo do bolso nem para beber vinho e espumante (e olha que as bebidas não estavam inclusas). No fim, ficou tudo dentro do valor pago pelo pacote e o diferencial foi realmente a atenção do host ao procurar saber as preferências dos participantes e surpreendê-los, ou seja, o conceito de hospitalidade no turismo. No meu caso, fui surpreendida ao receber bebidas cortesia, bombons no quarto e quando minha companheira de viagem teve uma mini festa de aniversário. Não havíamos contado a ninguém sobre a data e mesmo ela não sendo do clube na época, houve um cuidado do anfitrião em ver o detalhe na ficha do hóspede.
  2. O tempo livre para cada viajante usar como quiser, é ótimo. Alguns ficaram no hotel descansando, outros saíram para passeios extras e uns aproveitaram a praia em frente ao hotel. E o fato de estarem abertos para trocarem experiências de como trabalham e usam o clube foi enriquecedor para dar continuidade a minha jornada de aprendizado.
  3. O principal tour do pacote foi diferenciado e muito interessante para quem gosta de bichos, fotografia e deserto. Assista o vídeo do IGTV abaixo para ter uma ideia.
Jantar com o melhor da culinária na cidade para provar que Dreamtrips vale a pena
Jantar com o melhor da culinária na cidade
Parabéns para minha mãe
Parabéns para minha mãe

Pontos Negativos

  1. Era baixa temporada para aproveitar o melhor daquela praia onde estávamos hospedados (frio e chuva) e a vizinhança estava mais para cidade fantasma. O que não é ruim para quem busca tranquilidade, mas esse pormenor deveria ter sido mencionado no momento da reserva. 
  2. Talvez o preço tenha sido razoável justamente por não ser alta temporada, impossível afirmar porque não há outra data disponível para comparar. Porém, era exatamente a melhor época para visitar os pontos turísticos mais interessantes do país e motivo de eu ter escolhido o destino: Etosha e Sossusvlei. Este último é dentro do deserto mais antigo do mundo relatado no roteiro e realmente visitado. Infelizmente, fica 300 km distante e nosso passeio 4×4 foi de apenas 5 horas nos arredores da cidade. Não percebi esse detalhe do parque ser tão grande na hora da compra e fiquei frustrada ao perceber que Sossusvlei não estaria incluso. Culpa minha por comprar no impulso, erro deles de não detalhar melhor. Concorda?
Tour 4x4 no deserto da Namíbia
Tour 4×4 no deserto da Namíbia
Vista da sacada do meu quarto de hotel
Vista da sacada do meu quarto de hotel

Conclusão: DreamTrips vale a pena? 

Na minha opinião, a formatação desse roteiro na Namíbia foi fraca. Se o hotel fosse um daqueles lodges luxuosos perto dos locais de safari ou desse deserto específico, aí sim teria sido uma viagem de sonhos para brasileiros. Já para os outros membros presentes, acostumados com safaris e desertos por serem africanos, não teria feito tanta diferença assim. Inclusive, fui a única que ampliou o roteiro para outros destinos, todos voltaram para casa depois dos 4 dias de viagem.

Portanto, a referência do que é sonho e o contexto de origem de cada um deve ser considerada na hora de avaliar esses pontos negativos. Para mim, visitar Walvis Bay e Swakopmund no inverno foi igual a passear no quintal de casa, isso porque moro no extremo sul do Brasil a poucas horas da praia do Cassino e Lagoa do Peixe. As únicas diferenças de um cenário para outro foram o tamanho das dunas (as mais altas do mundo) e a quantidade de flamingos morando o ano todo ali.

Mas esse é apenas um dos milhares de pacotes existentes na plataforma e talvez ainda não seja suficiente para afirmar 100% se Dreamtrips vale a pena. Há viagens temáticas para todos os gostos e bolsos e vou seguir pesquisando (agora com maior profundidade sobre o destino) para fazer a próxima a partir de janeiro. Quando terei todo o valor investido em um ano de clube de volta como pontos, a tal da poupança para viajar. Antes disso, vou continuar buscando promoções de hotéis avulsos e aluguel de carro pelo aplicativo porque já encontrei várias boas.

Dunas gigantes no deserto da Namíbia
Dunas gigantes no deserto da Namíbia

Veja todos os stories da Namíbia no destaque do meu perfil @blogterritorios e acompanhe as próximas viagens em tempo real.

View this post on Instagram

Os segredos das Dunas da Namíbia

A post shared by Roberta Martins – Territórios (@blogterritorios) on

Como fazer parte do clube?

DreamTrips é maior clube de viagens VIP sob convite do mundo e não basta querer, é preciso uma chamada e claro, todos os meus leitores estão convidados. Já pensou, a gente viajando juntos pelo mundo? Então clique no botão e deixe suas informações para eu poder enviar o convite.

Outra parte especial de ser membro é fazer amigos com os mesmos objetivos e o aprendizado coletivo. Através dos grupos e eventos virtuais, e presenciais, há oportunidade de conhecer pessoas super interessantes. Aliás, os perfis dos viajantes presentes na Namíbia eram bem diferentes do meu. Em geral, eram exigentes pelo conforto, mas nem tanto pela experiência no destino. Por outro lado, eu era a única usando o clube pela primeira vez, todos haviam feito outras viagens e diziam: DreamTrips vale a pena sim! Inclusive, um casal sul-africano estava comemorando a trigésima Dreamtrips. Ou seja, convivi com 16 viajantes que usufruem o produto e ainda ganham renda por recrutar novos membros. O recrutar é opcional e só para quem entra como representante, como já expliquei no primeiro artigo.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.