5 dias em sydney

5 dias em Sydney


Roteiros para aproveitar o melhor de 5 dias em Sydney. Escolha primeiro o que esta mais perto do seu hotel para se familiarizar com a cidade e aproveite!

sydney aquarium
Crianças adoram o aquário

5 dias em Sydney

Siga @blogterritorios no InstagramSiga @blogterritorios no Instagram    Leia todos os artigos sobre o país

Ainda falta reservar hotel? Saiba onde me hospedei na Austrália

Precisa de seguro? Saiba como comprar online

Saia do Brasil conectado com chip internacional

Dia 1

Bem perto dos tubarões
Bem perto dos tubarões

Para quem fica no bairro Surry, o melhor é começar com CHINATOWN e o Paddy’s Market. Se gosta de ciência ou esta com crianças, vale passar no Powerhouse Museum e depois caminhar pela George Street até o centro. Circule por ali, pegue a Pitti Street, veja o antigo Queen Victoria Building contrastando com os prédios modernos. Tente fazer tudo isso até o início da tarde e vá para DARLING HARBOUR. Entre no Sydney Aquarium e no Maritme Museum (free). Ao lado também tem o Wildlife, se sobrar tempo, pois todas as atrações fecham às 17 horas. Saindo à direita do Maritme Museum, é gostoso se perder no bairro PYRMOUNT só para ver a arquitetura e a rotina das pessoas saindo do trabalho.

Maritme Museum
Maritme Museum
  • Onde comer
O fish and chips estilo fast food
O fish and chips estilo fast food

Chinatown e o Paddy’s Market tem as refeições e souvenirs mais baratos da cidade. Confirme os dias de funcionamento do Paddy antes de ir, acho que só abre nas quartas, sextas e sábados.

Dentro do Aquarium tem um fast food com frutos do mar onde comi o primeiro fish and chips, o prato que vem com calamari e pranw(lula e camarão) foi bem bom, e o melhor foi usar o cupom com desconto que peguei no Sydney Guide no aeroporto.

Vista da City em Pyrmount
Vista da City em Pyrmount

Dia 2

Pegue o trem até Wynyard e veja a cidade do alto no Sydney Obervatory. Na frente tem a igreja anglicana mais antiga da Austrália – The Garrison Church. Siga caminhando pela Argyle Street, passe o túnel e suba as escadas do lado esquerdo para a Gloucester Walk, na parte mais alta procure placas para Gloucester Street e visite o Susannah Place Museum. Este é o bairro THE ROCKS, o mais antigo de Sydney, onde é bom se perder pelas ruas, observar a arquitetura e entrar num pub.

The Rocks Market e George Street
The Rocks Market e George Street

Se for no final de semana tem a The Rocks Market que termina embaixo da Harbour Bridge. Depois caminhe pela rua mais antiga da cidade – a George Street, logo no início tem o Museum of Contemporary Art, saia pela outra rua e aprecie a paisagem da Opera House bem na frente. Mas o melhor ângulo para as fotos é no Royal Botanical Garden. Para chegar lá siga caminhando pelo Circular Quay, passe pela entrada Opera House e entre no parque à direita. O pôr do sol deve ser lindo ali, quando fui estava nublado.

Rua Argyle
Rua Argyle
Susannah Place
Susannah Place
  • Onde comer
Almoce nas bancas do The Rocks Markets, sugiro crepes ou wraps que custam entre A$9 e A$10. Ou o Hungry Jack na Circular Quay Station tem combos a partir de A$5.
Crepes no The Rocks Market
Crepes no The Rocks Market
Opções de refeições baratas no The Rocks
Opções de refeições baratas no The Rocks
Igreja mais antiga da Austrália
Igreja mais antiga da Austrália

Dia 3

Bondi Beach
Bondi Beach

Momento de conhecer as praias do leste e a mais famosa – BONDI BEACH. No centro pegue o ônibus para Bondi ou Coogee faça a Coastwalk entre essas praias. São 6 km passando por praias, paisagens lindas e até o cemitério Waverley. O caminho é fácil, pavimentado e bem sinalizado. Eu peguei o ônibus que apareceu primeiro, para Coogee, e foi bom assim, comecei a trilha direto, almocei quando cheguei em Bondi e peguei um pouco de praia. Nos domingos tem a Bondi Market com brechó e roupas novas, tudo com muito estilo. Para voltar pegue o ônibus para Sydney.

Antes de voltar para o hostel, vá para WOOLLOOMOOLOO, onde tem um antigo armazém restaurado que virou um complexo com hotel e restaurantes chiques – o W. Subindo o morro atrás das docas passe pelo bairro King Cross e chegue em DARLING HURST, cheio de bares e restaurantes legais.

Vista do Botanical Garden
Vista do Botanical Garden
Almoce no Bondi Pavillion Center, o Calamari and Chips é melhor que o fish e o preço foi bom para almoçar com vista para o mar, além do suco natural.

Transporte: Bondi fica 30 minutos de Sydney pegando o ônibus 380 no centro. Ou, menos tempo, pegando os ônibus 373 ou 372 para Coogee. Também pode optar pelo ônibus turístico hop-on hop-off com guia e várias opções de parada.

Trilha Costal para Bondi
Trilha Costal para Bondi
coala em sydney
Coala

Dia 4

Hora de conhecer os animais típicos da Austrália. Pode ser no Featherale Park ou no Tarongo Zoo. Fui no segundo e adorei. Pegue o ferry no Circular Quay e vá direto para a área dos animais australianos. Depois, e se der tempo, caminhe pelas áreas da Ásia e África.

Quando voltar para o Circular Quay, pegue o trem para a Central Station e outro para MILSPOINT para ter a melhor vista dos cartões postais de Sydney. Bem atrás do Luna Park é possível ver a ponte de perto com a Opera House e City ao fundo.

Verifique os horários de shows e alimentação dos bichinhos para garantir que eles não estarão escondidos.

Use o cupom de 20% desconto para o Taronga Zoo, encontrei num mapa de Sydney que peguei no hostel.

Ópera House agitada no final de semana
Ópera House agitada no final de semana
Surfista em Manly
Surfista em Manly

Dia 5

Conheça as praias do norte — MANLY e Shelly. Pegue o ferry no Circular Quay, caminhe pela praia e veja os surfistas pegando ondas perfeitas. No calçadão tem lojas com preços acessíveis, pelo menos em maio. Se o dia estiver nublado, vá assim mesmo (peguei até chuva). Mas antes aproveite para conhecer as outras atrações de Sydney como o Hide Park e The Domain, neste tem ao Art Gallery.

 

  • Onde comer
Chocolate quente maravilhoso
Chocolate quente maravilhoso

 

Ainda em Manly, antes de pegar o ferry para o centro passa no Max Brenner que fica na estação do ferry mesmo. O chocolate quente com bolinhas de waffles e chocolate é divino.

Cacatoas no Botanical Gardens
Cacatoas no Botanical Gardens

Leia as dicas aos viajantes para Sydney

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

7 comentários

  1. Ei, Roberta. Lembro que antes de viajar passei por aqui e peguei várias dicas. Adorei o The Rocks Market e Manly. Sydney é demais! Fiz um vídeo da minha viagem, espero que goste:

    http://vimeo.com/58066730

  2. Olá Diogo

    No Tarongo Zoo entrei num espaço onde os cangurus estavam soltos, mas não sei se pode alimentá-los. Sei que no wild life e no Featherale Park pode. Tirar fotos de perto, com certeza. Sobre jogos de rugbi não faço idéia, só vi crianças jogando quando percorri esta trilha.

    Abraço

  3. Olá Roberta,

    Estou com viagem marcada para lá e gostaria de saber se você tem duas informações:

    1- Existe algum park ou zoo em Sydney onde é possível interagir com cangurus? Tipo alimentar e tirar fotos mais de perto?

    2- Onde consigo comprar ingressos para jogos de rugbi?

    Parabéns pelo post.

    Abraço.

  4. Parabéns pelo post

  5. Olá! Adorei as dicas de Sydney! Vou passar 5 dias em agosto e já imprimi seu roteiro para levar!! Arrasou!!

    Se quiser trocar links de blogs, ficarei superfeliz! Falamos por email!!

    Bjos e sucesso!

    Marina

  6. Oi Roberta !

    Que super roteiro, muito legal. As fotos também estão nota 10 !

    Parabéns pelo blog.

    Abraço,
    Cristiana

  7. As fotos estao otimas! Me apaixonei pela segunda foto do aquario!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.