Wadi El Ghuweir

Wadi El Ghuweir: a trilha mais bonita da Jordânia


A trilha mais bonita feita por mim na Jordânia foi uma escolha de última hora e acabou sendo a mais longa da viagem. Foram 19 km seguindo o curso de um rio que brinca de se esconder no subsolo e nas rochas do cânion Wadi El Ghuweir, na Reserva da Biosfera Dana.

A trilha mais bonita da Jordânia

A ideia inicial era entrar em outro cânion começando no entorno do hotel onde estava hospedada e percorrê-lo até chegar ao ecolodge onde iria passar a próxima noite. Mas a previsão era de temperaturas passando dos 45 graus no interior da fenda e os guias locais não recomendavam no verão. Então Fouad, da agência Treks, sugeriu Wadi El Ghuweir pela certeza de ter água no subsolo e, conforme as últimas chuvas, teriam poços e cachoeiras pra se refrescar.

Acontece que o período das chuvas havia terminado há pouco e Wadi El Ghuweir poderia ter áreas inundadas. O nível do rio chega a subir 10 metros nos mês de abril e todos os anos os guias precisam fazer um reconhecimento da trilha porque a força das águas pode mudar tudo. Ou seja, pode repetir uma vez por ano e tanto a paisagem quanto a dificuldade serão sempre diferentes.

Aceitei o desafio de fazer este reconhecimento junto com os escaladores experientes Hana e Fouad com um certo frio na barriga. Mas lembrei de como foi incrível percorrer a Quebrada de Kari, no Chile, onde o rio surge em determinada época e muda tudo. Enfim, no máximo teria que escalar ou nadar cuidando para não molhar a câmera. Ainda bem, levava saco estanque e mochila resistente para minimizar o possível estrago. De resto, confiei estar segura com a companhia dos dois.

Reserva da Biosfera Dana

Reserva da Biosfera Dana são mais de 300 km2 de belezas naturais cheias de vida. Talvez a região mais verde em um dos países mais carentes de água no mundo. É uma área protegida formada por vales e montanhas desde a parte alta da Jordan Rift Valley até zonas mais baixas do Wadi Araba. E por curiosidade, a palavra Wadi significa região montanhosa com cânions e vales. É usada para denominar boa parte dos atrativos naturais da Jordânia.

Estrada em curva em as montanhas de Dana
Estrada em curva em as montanhas de Dana

Wadi El Ghuweir está localizado no sudeste de Dana. Para entrar no cânion é preciso subir e então descer as montanhas em dezenas de curvas. Um trajeto lindo onde o grande movimento eram das cabras e seus pastores beduínos. Literalmente, fomos até o fim da estrada. Uma árvore solitária demarcava o fim do asfalto e um caminho de flores era a única sinalização da direção a seguir. Não existem placas, mas em zona desértica, flores significam água por perto. O motorista nos deixou ali e combinou de nos buscar no outro lado no fim do dia.

Fim da estrada, início da trilha Wadi El Ghuweir
Fim da estrada, início da trilha Wadi El Ghuweir

Trilha Wadi El Ghuweir

Então as rochas amareladas começam a moldar a trilha estreitando a passagem. A medida que vão crescendo em altura, mais fresco e impressionante fica o ambiente. Assim como as formas arredondas e desenhos em tons avermelhados são verdadeiras obras de arte deixadas pelo rio em milhares de anos. Aos poucos o leito começa a aparecer entre uma curva e outra. Um rio verde esmeralda por causa de um tipo de alga dançando no ritmo da correnteza.

Pedras imensas deslocadas com a força das águas
Pedras imensas deslocadas com a força das águas

 

Caminhos coloridos no curso do rio
Caminhos coloridos no curso do rio

Não encontramos nenhum poço fundo ou cachoeira no caminho, porém, as marcas úmidas e verdes estavam ali mostrando o nível provável na semana anterior. Alcançava no máximo um metro de profundidade em locais onde era possível contornar ou era preciso escalar pedras enormes bloqueando a passagem. Alguns trechos pareciam bem difíceis, mas eles atravessavam com uma facilidade e me encorajavam que eu já me sentia experiente em escalada. Isto porque não envolvia nenhuma altura muito elevada e a minha estratégia de descer usando o quinto apoio (a bunda) foi bastante utilizada.

Paramos para almoçar no trecho mais bonito e colorido. Um tipo de oásis com palmeiras e árvores floridas entre os paredões alaranjados já não tão altos. Plantas e rio verde, pedras cinzas e amarelas e flores rosas compõem o cenário deslumbrante de Wadi El Ghuweir. O cânion acaba quando o rio fica mais largo, as cabras aparecem e as rochas ficam mais escuras.

Do outro lado do cânion Wadi El Ghuweir
Do outro lado do cânion Wadi El Ghuweir

 

Bebês recém nascidos
Bebês recém nascidos

Ao total foram oito horas sem encontrar nenhuma outra pessoa. Somente no final da trilha cruzamos por um beduíno cuidando de dois bebês cabras recém nascidos, os bichinhos nem ficavam em pé. Em seguida avistamos o nosso motorista próximo ao grupo fazendo piquenique. Eram hóspedes do Feyan Ecolodge aproveitando só um pedacinho da trilha incrível que acabara de fazer.

Descanso no fim da trilha com Hana e Fouad, da Treks
Descanso no fim da trilha com Hana e Fouad, da Treks

Constatação

Confesso, nem tinha grandes expectativas sobre esta trilha depois de ter conhecido Petra e Wadi Rum. Felizmente me surpreendi de novo e adorei ter explorado Wadi El Ghuweir com os jordanianos Hana e Fouad.

Tome Nota

Quando ir: maio é um mês ideal por ser depois das chuvas com tempo para o nível baixar. Mas a quantidade de água é sempre uma incógnita, assim como o caminho que muda todos os anos. El Ghuweir é um dos poucos lugares refrescantes e verdes do país pra fazer trilhas no verão.

Quem leva: Treks é um receptivo recomendado para atividades de aventura ao ar livre. Seu diferencial é valorizar as comunidades locais e a hospedagem familiar. Foi pioneira no turismo de aventura na Jordânia por instigar a população a explorar seu próprio país.

Hotel em Dana: Dana Tower Hotel é bem peculiar e familiar. Os proprietários utilizaram as ruínas de uma comunidade de 500 anos como base para os quartos e estrutura da propriedade. É tudo enjambrado com mescla de vários estilos e alguns têm uma baita vista. As refeições são inclusas e são uma atração pela diversidade de pratos típicos.

Hotel no final da trilha: Feynan Ecolodge é um hotel 100% auto sustentável no meio do deserto. Produzem ali mesmo tudo o que consomem, as suítes são a luz de velas e os funcionários são todos beduínos vivendo na região. Existe energia solar, mas é limitada.

Feynan Ecolodge
Feynan Ecolodge

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Veja mais fotos da trilha Wadi El Ghuweir:

Início da trilha Wadi El Ghuweir Paredões vão ficando mais altos Prova de onde chegou a água recentemente Túneis de pedra Roberta Martins prestes a entrar em zona estreita e escura Desenhos, cores e formas da natureza Erosão feita pela água Somos pequenos dentro do cânion Jogo de luzes dentro do cânion O rio depois da curva Caminhos interrompidos pelas pedras Surgem as palmeiras no caminho Trechos mais coloridos Fouad prepara o nosso almoço na fogueira. Pão árabe com molho de tomate saboroso e chá Oásis no deserto da Jordânia Pedras enormes barram o caminho Vegetação nasce da pedra Pedras enormes barram o caminho Parte seca Cabra no caminho Pedras enormes barram o caminho Sapinho vive em Wadi El Ghuweir Cabras no fim da trilha

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.