Colônia

Volta ao passado em Colônia


Colônia de Sacramento, ou Colonia del Sacramento em espanhol, é outro destino delícia no inverno. Tem doce de leite, confeitarias, parrilladas, vinhos, livrarias, cafés… mas isto tem por todo o Uruguai! A exclusividade é fazer uma viagem no tempo caminhando na cidade fundada pelos portugueses em 1680, disputada por quase cem anos com os espanhóis e desenvolvida para o turismo desde o início do século XX.

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

Leia todos os artigos sobre o país

AGILIZE SUA VIAGEM
Ainda falta reservar hotel? Veja os visitados no Uruguai

Precisa de seguro viagem? Saiba como comprar online

Leve o chip internacional com Internet desde o Brasil

Agende passeios e transfer agora na Get Your Guide ou saiba como funciona

Pegue as dicas para viajar de carro

Volta ao passado em Colônia

Siga @blogterritorios no InstagramSiga no Instagram

O Bairro Historico convida a descobrir seus segredos pelas ruas de pedra, casas centenárias e detalhes charmosos nas janelas, carros e luminárias. Somando a Plaza de Toros, o conjunto arquitetônico preservado rendeu à cidade o título Patrimônio da Humanidade pela Unesco.

propaganda criativa
Estilo em Colônia de Sacramento

Surgiu estrategicamente para defender o território porque foi (e ainda é) lugar de passagem importante por ficar nas margens do Rio da Prata, bem em frente ao porto de Buenos Aires.

  • Curiosidade
 Colônia de Sacramento é a terra natal do viajante e patrono da imprensa brasileira. Hipólito José da Costa fundou o primeiro jornal genuinamente brasileiro em 1808. Impresso em Londres, o Correio Braziliense circulou clandestinamente pelo Brasil por mais de 14 anos defendendo a independência do nosso país.

Nas primeiras quadras é um local como qualquer outro do interior do Uruguai, tem praças, igreja, comércio… Até chegar perto do centro histórico quando aumenta o número de bares e restaurantes com mesas nas ruas. As ruelas, casas conservadas, ruínas e sinalizações vão surgindo e trazendo a tona um passado colonial.

Muitas flores e detalhes nas ruas
Muitas flores e detalhes nas ruas

O que fazer em Colônia de Sacramento

Tomando meu chimas para esquentar enquanto curto caminhar pelas ruas
Tomando meu chimas para esquentar enquanto curto caminhar pelas ruas

São diversos museus, casinos, restaurantes e boa oferta hoteleira o ano todo, no verão ainda tem as praias de água doce e mais opções de esportes aquáticos e terrestres. Tem feirinha vendendo artesanato e produtos típicos como lãs, cuia bomba e erva.

pôr do sol visto no Rio da Prata é atrativo imperdível, quando as nuvens não atrapalham. Circular pelos arredores é outra pedida, vinícolas e estâncias alavancam o turismo rural.

Voltando a estação mais aconchegante do ano, peguei um dia ensolarado e gelado na minha última visita. Foi muito agradável passar horas caminhando por ali vendo o cenário mudar conforme a luz solar. As ruas arborizadas, com poucas folhas secas, predominavam na paisagem e poucos turistas circulavam, para a alegria dos fotógrafos. Uma pena uma falha no hd me fazer perder quase todas as fotos. Preciso voltar ainda neste inverno.

Alguns restaurantes

Receitas tradicionais e cozinha contemporânea internacional dividem o espaço em restaurantes agradáveis:

Todas as comidas típicas uruguaias encontrei em vários ambientes dentro do Mercosur. Tem área para crianças e um milanesa gigante para três pessoas famintas.
Onde: na Av. General Flores, 252.

Já EL Drugstore foi o mais charmoso, começando pelos carros antigos com mesas dentro e os detalhes na decoração descolada e aconchegante. Dica para almoçar ou tomar o café da tarde.
Onde: na rua Gobernador Vasconcellos, 179.

Mesas externas do El Drugstore

Mesas externas do El Drugstore

Tome Nota Colônia de Sacramento

Como chegar: as opções são carro, barco, ônibus ou excursão. A partir de Montevidéu (180 km) ônibus partem do Terminal Três Cruces em vários horários. De Buenos Aires (43 km pelo Rio da Prata) tem o Buquebus onde pode ir com ou sem carro. Também com saídas diárias.

Como circular: pode alugar diversos tipos de transporte como motos, carros de golfe, bicicleta… ou pegar um táxi para percorrer todos os pontos. Mas do porto à cidade histórica não é necessário, é plano e muito agradável de percorrer a pé. Descendo na rodoviária vá direto ao centro de informações ao turista pegar o mapa. Um funcionário simpático explica todos os detalhes para explorar a cidade e por qual caminho seguir. São cerca de 900 metros até o bairro Histórico.

Hotel em Colônia de Sacramento: gostei bastante da Posada del Bosque e conto neste artigo. A opção econômica e bem localizada é Hostel El Español.

Interior do El Drugstore
Interior do El Drugstore

Aproveite que o Uruguai é um excelente destino para viagens de carro e alugue o seu no site da Rental Cars.

Se prefere ter todo o conteúdo para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Uruguai de Carro.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

2 comentários

  1. Adorei conhecer Colônia do Sacramento atraves das tuas fotos, lugares maravilhosos, bjs

    1. Oi Patricia, fico feliz. Este día foi tão lindo e foram várias fotos legais, pena que deu erro no meu hd e perdi a maioria. Mas tinha salvo essas no computador. Quando tiver oportunidade vá pessoalmente sentir o clima da cidade. bjs

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.