fbpx
Flamingos na Lagoa do Peixe

Tavares entre o mar e as lagoas


Quem olha o mapa do Brasil percebe dois grandes volumes de água no leste do Rio Grande do Sul, assim como uma faixa estreita logo abaixo de Porto Alegre. Esta porção de terra é onde termina a BR-101 e ficou remota por anos pelo difícil acesso. O que nunca foi empecilho para aventureiros orgulhosos de terem percorrido a Estrada do Inferno e encontrado diversas belezas pelo caminho. Entre elas, os atrativos naturais do município de Tavares, tema deste artigo. 

Leia todos os artigos sobre o Rio Grande do Sul

Reserve ingressos, tours e transfers na Serra Gaúcha. Saiba como comprar nesse texto.

Tavares entre o mar e as lagoas

Os dois volumes de água são a Laguna dos Patos e a Lagoa Mirim, respectivamente, a maior laguna e maior lagoa do Brasil. Mas elas não estão sozinhas, basta aproximar o mapa para visualizar vários desenhos de canais e lagoas interligados ou desaguando no Oceano Atlântico, entra elas, a Laguna do Peixe. Esta junção da água salgada com a doce deu o nome a uma região turística chamada Costa Doce.

Antes de alguém reclamar de informação equivocada sobre a maior lagoa do Brasil, respondo a pergunta: Por que devemos dizer Laguna dos Patos em vez de Lagoa dos Patos? Quando um volume de água se comunica com qualquer oceano, a denominação correta deixa de ser lagoa e vira laguna. O equivoco foi terem ensinado errado nas escolas até poucos anos atrás e também se refere à Laguna do Peixe. Neste caso é ainda mais difícil de se acostumar porque já existe o Parque Nacional oficialmente chamado Lagoa do Peixe.

A Estrada do Inferno 

Os 321 quilômetros entre os municípios de Osório e São José do Norte foram pavimentados por completo em 2010 (50 anos após o início das obras). Desde então, são apenas 3 horas para percorrer o trecho da da BR-101. Antes levava 3 dias a cavalo, moto ou veículo 4×4, entre areia fofa, lama e muita água. E poderia ser mais rápido se toda a extensão estivesse em bom estado. O melhor trecho é o mais recente entre Tavares e São José do Norte.

O que fazer em Tavares

Embora restrito em tamanho na zona urbana, o território é vasto abrangendo a maior parte do Parque Nacional da Lagoa do Peixe. Há diversos atrativos na natureza e boas opções gastronômicas. Listo 8 atividades possíveis para quem se hospeda dois dias em Tavares.

1. Praticar birdwatching

Flamingos vindos do Chile
Flamingos vindos do Chile

A mistura da água salgada com a doce concentra grande número de aves migratórias no Parque Nacional da Lagoa do Peixe. No outono e primavera recebe flamingos do Atacama (Chile) e maçaricos variados do Alasca (EUA), além dos pássaros regionais.

2. Fotografar a natureza

Cenário de praia isolada no Rio Grande do Sul
Cenário de praia isolada no Rio Grande do Sul

Além das aves, durante todo ano é possível encontrar animais marinhos descansando na praia ou avistar no mar como as baleias-franca e as tartarugas. Os cenários isolados e fauna preservada revelam boas surpresas aos olhares mais atentos.

3. Subir no Farol de Mostardas 

O Farol de Mostardas fica em Tavares
Vista do alto do Farol de Mostardas

Construído em 1940, é administrado pela marinha e não aberto ao público oficialmente. Mas os funcionários permitem a entrada e acompanham a visita quando não estão muito ocupados. Do alto dos seus 168 degraus é possível ver toda a Lagoa do Peixe e o pequeno balneário.

4. Desfrutar dos frutos-do-mar que invadem as lagoas

Camarão da Lagoa do Peixe
Camarão da Lagoa do Peixe

O povo de Tavares fala com orgulho do seu camarão da Lagoa do Peixe. Em determinada época do ano, o mar invade a lagoa trazendo fartura e esta mistura da água doce com a salgada faz o crustáceo ser único, natural e não criado em cativeiro. Experimentei o camarão empanado do restaurante Totta’s e aprovei, bem sequinho e crocante, embora eu seja suspeita porque é um dos meus frutos-do-mar preferidos. Bolinho de peixe (puro de verdade), casquinha de siri e risoto de camarão também valem a pena.

A temporada para comer camarões frescos vai de dezembro a abril com alguma variação, pois, depende da entrada do mar na lagoa e da safra. Além disso, a pesca só é permitida após a medição do crustáceo para ser sustentável. Mesmo assim, é possível encontrar pratos feitos a partir do camarão congelado o ano todo.

Onde comer em Tavares:
Totta’s Café e Mistura é a melhor opção pelo cardápio e animação no jantar. Estava lotado em um domingo de novembro. Serve drinks elaborados e cervejas uruguaias. Aberto da tarde até a noite, de terça a quinta, na Avenida 11 de Abril, 218, a rua principal da cidade.

Padaria do Primo é a opção de lanche e almoço com variedade de doces e salgados em ambiente agradável e bom atendimento. Abre de segunda a sábado a partir do café da manhã até o fim da tarde na Avenida 11 de Abril, 207.

5. Observar estrelas

Via Lactea
Via Láctea por Rodolpho Reis

Lugares afastados das grandes cidades tem a vantagem do céu estupidamente estrelado, ainda mais espremidos entre a imensidões do mar e das lagoas. Inclusive, a região já foi tema de dois posts Fotos da Semana enviados por amigos fotógrafos (veja aqui e aqui).

6. Apreciar o pôr do sol na Laguna dos Patos

Lagoa dos Patos em Tavares
Lagoa dos Patos

Uma das perguntas que sempre faço ao visitar um novo destino é sobre bons lugares para ver o nascer ou pôr do sol. Em Tavares pode fazer os dois, um no mar e outro na Laguna dos Patos. Optei pelo segundo e foi lindo. Silêncio, praia deserta, revoada de pássaros e cuidado para não atolar o carro ao chegar. 

7. Fazer trilha de jipe

Trilha de jipe para observar aves
Trilha de jipe para observar aves com Lagoas Expedições

O acesso continua difícil e selvagem saindo da estrada asfaltada, o que é ótimo para quem gosta de trilha 4×4. Explorar o Parque Nacional da Lagoa do Peixe e a Laguna dos Patos preenche fácil os dos dias. Além de ser o transporte indicado para todas as atividades sugeridas.

8. Viva o conceito pós-luxo

Mata nativa e o barco esperando inundado a próxima safra de camarão
Mata nativa e o barco esperando inundado a próxima safra de camarão

Por fim, uma novidade na região da Costa Doce é a Rota dos Patrimônios 100% Natureza. Um roteiro turístico de cunho socioambiental e histórico-cultural composto por quatro Unidades de Conservação: Parque Nacional da Lagoa do Peixe, Refúgio de Vida Silvestre do Molhe Leste, Área de Proteção Ambiental dos Botos da Lagoa dos Patos e Estação Ecológica do Taim. 

O conceito pós-luxo é uma tendência global para diminuir os efeitos nocivos do turismo de massa (overtourism). Busca valorizar produtos e serviços locais que sejam únicos, genuínos e especiais. 

Tome Nota Tavares

Onde ficar em Tavares: Hotel Parque da Lagoa oferece a melhor estrutura da região, além opções de passeios com guias especializados em ecoturismo que fazem um roteiro personalizado para os hóspedes. Os ambientes são limpos e novos, a cama é confortável, o atendimento cuidadoso e o buffet de café da manhã bem apresentado com produtos regionais. Ainda tem piscina, estacionamento, bom sinal de WiFi e localização central.
RESERVE AQUI  COMPARE VALORES NOS SITES DE RESERVA

Como chegar: existe transporte público pinga-pinga entre Porto Alegre e São José do Norte, e vice e versa, três vezes por dia. O meu caminho foi a partir de Rio Grande, lá peguei a balsa até São José do Norte e segui pela BR 101 de carro. Chegando a Tavares recomendo o receptivo Lagoas Expedições para transporte 4×4, mesma empresa do hotel acima.

Suíte do Hotel Parque da Lagoa, em Tavares
Suíte do Hotel Parque da Lagoa

Gostou do destino? Vem comigo! Agora que sou guia de turismo, penso em levar um grupo em 2019. Se ficou interessado, entre em contato pelo formulário para ser avisado das próximas saídas.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Hospedagem e refeições foram cortesia de empresários locais.

Guia RS pra levar na viagem e ler em qualquer aparelho

Os heróis da Revolução Farroupilha também passaram por Tavares. Tenha todo o conteúdo sobre este itinerário para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Guia RS Rota Farroupilha >>

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Chame via WhatsApp