Raja Ampat

Raja Ampat: quatro reinos preservados no Triângulo dos Corais

Desde outubro venho publicando fotos e escrevendo sobre Raja Ampat completamente deslumbrada com o vivido por lá. Mas quem não é mergulhador ou biólogo ou ativista, provavelmente nunca ouviu falar neste lugar. Eu mesma, embora soubesse da existência de ilhas intocadas e primitivas do outro lado do mundo, apenas tomei conhecimento desta região específica ao ler no itinerário da viagem pela Indonésia. Então este artigo é para explicar e mostrar como não é impossível passar uns dias em praias de sonho no Pacífico.

 

O que é Raja Ampat?

Raja Ampat é um arquipélago paradisíaco considerado o epicentro da diversidade marinha por abrigar 75% das espécies* existentes no planeta. São mais de 1.500 ilhas e ilhotas espalhadas por quase 10 milhões de acres dentro do Triângulo dos Corais. Região famosa por concentrar barreiras de corais nos oceanos Índico e Pacífico. A zona triangular engloba os países mais desejados por mergulhadores profissionais como Filipinas, Papua Nova Guiné, Malásia, Solomon, Timor Leste, Austrália e Indonésia.

A palavra Raja Ampat significa quatro reinos no idioma Bahasa (oficial da Indonésia) e dá nome ao conjunto das quatro ilhas maiores: Misool, Salawait, Batanta e Waigeo. Destas, conheci apenas um pedaço de Waigeo, e foi suficiente para considerar Raja Ampat como o destino praia mais incrível de todos os já visitados.

Peixe não identificado em Arborek
Peixe não identificado em Arborek. Alguém sabe? Os olhos pareciam de camaleão

* 75% das espécies conforme relatório da The Nature Conservancy and Conservation International.

 

Onde fica Raja Ampat?

O arquipélago pertence a província West Papua* e está ao norte da península Bird’s Head, uma ponta da ilha Nova Guiné. Porção de terra, dividida entre os países Indonésia e Papua Nova Guiné, localizada a cima da Austrália e praticamente na Linha do Equador. Além das ilhas Misool, Salawait, Batanta e Waigeo, Raja Ampat também abriga Kofiau a oeste.

By The Coral Triangle Initiative on Coral Reefs, Fisheries, and Food Security (CTI-CFF) – http://www.uscti.org/, Public Domain, https://commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=33278878

*West Papua. Ademais de ser o parque marinho mais remoto da Indonésia, Papua também é conhecida por ter a floresta mais impenetrável do mundo. Onde subgrupos vivem em tribos nas montanhas.

 

Como chegar a Waigeo?

Prepare-se para uma longa viagem de avião, ferry e lancha, afinal, se fosse fácil, não seria mais um paraíso natural preservado. Garanto que o esforço será recompensado. O primeiro objetivo é chegar ao porto de Sorong.

  1. Sorong recebe voos domésticos provenientes de Jakarta e outras ilhas semanalmente, mas não diariamente. Voei pela EXPRESS AIR (levou 4 horas) em avião pequeno com refeição à bordo, porém, só deu para comer o pão de tão apimentada que estava a comida. Leve um lanche!
  2. Em Sorong, deve pegar um táxi do aeroporto para porto (cerca de 15 minutos).
  3. Janela do ferry. A viagem é tranquilo e tem área V.I.P
    Janela do ferry. A viagem é tranquilo e tem área V.I.P

    Neste momento, pode escolher alugar uma lancha, contratar um pacote com transporte incluso ou pegar o ferry, sendo o último mais econômico. Fiz a travessia até Waisai (capital de Waigeo) com a BAHARI EXPRESS FERRY (em 2 horas).

  4. Em Waisai pode alugar uma lancha ou organizar o translado final com a hospedagem contratada. Mesmo se ficar em casa de locais, muitos oferecem o serviço. Fiquei no RAJA AMPAT DIVE LODGE e uma lancha do hotel me esperava no porto como faz para todos os hóspedes.
Lancha do Raja Ampat Dive Lodge
Lancha do Raja Ampat Dive Lodge

 

Onde ficar em Waigeo?

Embora existam resorts e bons serviços, as acomodações serão simples e rústicas em meio a natureza. A opção mais comum, econômica e autêntica é ficar em casa de locais, as chamadas HOMESTAY. Mas prepare-se para refeições terrivelmente apimentadas e raros mercados para comprar e fazer a própria comida.

Eu adorei a experiência no RAJA AMPAT DIVE LODGE, em Mansuar Island e conto neste artigo. Como alternativa, encontrei alguns hotéis no Booking.

RESERVE O LODGE AQUI

Homestay em Sawinggrai
Homestay em Sawinggrai
Entrada do Raja Ampat Dive Lodge
Entrada do Raja Ampat Dive Lodge

 

Onde ficar em Sorong?

SWISS-BEL HOTEL SORONG fica no meio do caminho entre o porto e o aeroporto. Como tínhamos mais de oito horas de espera até pegar o ferry e ainda era de madrugada, fomos tomar café da manhã e descansar no hotel. O que foi uma ótima escolha para tornar a viagem menos cansativa, afinal, foram cerca de 30 horas desde Yogyakarta até o hotel em Waigo.

RESERVE AQUI

Quando visitar?

De outubro a abril é época de seca com mais dias de sol. Mas vale o ano todo pelo clima tropical. Apenas nos meses de junho e julho tempestades ocorrem diariamente.

Arborek em outubro tinha sol com nuvens e teve uma madrugada de chuva
Arborek em outubro tinha sol com nuvens e teve uma madrugada de chuva

Quanto custa viajar para o paraíso?

Não costumo falar preço no Territórios porque muda muito e a informação fica velha, além da nossa moeda ser muito inconstante. Contudo, vou dar uma ideia porque vale a pena se planejar. Sim, é caro quando se pensa em Indonésia ou Ásia, porém, nada impossível e até mais barato do que viajar para alguns destinos no Brasil. O transporte ida e volta desde Jakarta custa cerca de 400 dólares; a taxa anual para entrar no parque marinho vale 100 dólares (cálculos de 2016); logo vem hotel, comida e passeios os quais dependem do seu estilo de viagem. Sendo o transporte entre as ilhas o mais custoso. O ideal é viajar em grupo para dividir as despesas.

 

O que fazer em Raja Ampat?

Encantada em Waigo Island
Encantada em Waigo Island por Juan Jerez (@juanjerez)

Fazer absolutamente nada é uma opção bastante interessante se estiver hospedado na beira da praia. Embora a melhor atividade seja explorar a vida marinha com máscara de mergulho, ficar só boiando também é incrível.

Leia sobre Mansuar

 

Visite as ilhas, converse com os locais, brinque com as crianças e aproveite os cenários para fotografar. Cada ilha é única com suas crenças e lendas.

Leia sobre Sawinggrai e Arborek

 

Faça uma trilha para ver a vista ou encontrar o exótico Pássaro do Paraíso. Só é preciso acordar cedo para evitar o calor e ter mais chances de chegar perto da ave. São vistos com frequência próximo às comunidades Sawinggrai e Yenwapnor .

Leia sobre Pianemo

 

Encante-se diariamente com o pôr do sol e, se tiver um caiaque por perto, recomendo esquecer as fotos e apenas curtir o momento em cima dele.

Caiaque em Raja Ampat
Caiaque na ilha de Waigo por Lina Stock (@divergenttravelers)

 

Quanto tempo ficar?

Três dias como o mínimo, mas vale ficar quanto tempo puder pagar para explorar o máximo de ilhas.

 

Se está convencido a conhecer Papua, é importante saber:

  • Leve dinheiro em espécie. O último local para sacar em caixa eletrônico (ATM) é Sorong.
  • Brasileiros não precisam mais de visto para circular no país por até 90 dias desde março de 2016.
  • A taxa para visitar Raja Ampat deve ser paga no Escritório de Turismo em Sorong ou organizado previamente com a agência de turismo contratada.
  • Lembre de fazer o SEGURO VIAGEM. As pequenas ilhas não tem estrutura médico hospitalar, mas as maiores tem.
  • Cuidado ao mergulhar, as correntes marítimas são perigosas por lá e só recomendam cilindro para quem tem experiência e certificação PADI. Na dúvida, aproveite o snorkel.
  • Vista roupas apropriadas quando for visitar as ilhas. Não há problemas em usar roupa de banho na beira da praia, mas placas pedem respeito ao entrar nas comunidades.
  • Respeite as crenças locais. Por exemplo, em determinadas ilhas é proibido pular na água porque o movimento traz azar e afasta os cardumes.
Regras para entrar em Arborek
Regras para entrar em Arborek

Trip of Wonders foi o roteiro organizado pelo Ministério do Turismo da Indonésia para influenciadores digitais promoverem o destino em seus países e Territórios foi um dos convidados.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Fotos de Roberta Martins, Juan Jerez e Lina Stock.

Se achou útil, Flip it! Se gostou das imagens, Pin it!

Guia Raja Ampat

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

Deixe uma resposta