paso de los libres

Paso de Los Libres x Uruguaiana

Quem viaja por via terrestre entre a Argentina e o Brasil provavelmente passará por Paso de Los Libres. É o principal posto de fronteira entre ambos países e é por ele que passam todas as companhias de ônibus que fazem os longuíssimos trajetos entre Buenos Aires, Córdoba, Santiago do Chile e as capitais brasileiras do sul e do sudeste. A fronteira fica em uma região pouco habitada e bem longe de grandes centros. De Santa Fé até aqui são 9 horas de viagem e a próxima grande capital é Porto Alegre, que está a 10 horas de viagem. Na estrada, quase nem há restaurantes ou paradas do lado argentino.

A fronteira Paso de los Libres

Automóvil Club Argentino
Automóvil Club Argentino

Para quem tem curiosidade em saber como é o trâmite, é tudo bem simples, graças ao Mercosul. Antigamente, faziam-se longos controles. Os passageiros tinham que descer com a documentação e todas suas malas, as quais eram revistadas. Perdiam-se horas de viagem, mas hoje é tudo feito pelo motorista da viação.

Agora, quando se embarca no Brasil ou na Argentina, a própria viação já recolhe todos os documentos e, quando chega a fronteira, eles apresentam tudo ao departamento de imigração que é feito de um lado só. Se você esta na Argentina, tem um escritório da imigração brasileira onde já faz a saída da Argentina e a entrada no Brasil de uma vez. Antes tinha que parar de um lado para sair e depois parar, de novo, do outro lado para entrar. O processo demora 1 hora aproximadamente, mas pode ocorrer de chegar a diversas horas, principalmente na época de muito movimento como fim de ano e durante as férias de janeiro. O calor é intenso no verão. Nesta região dos Pampas, é comum dar 40 graus no verão e o pior é a umidade que te deixa todo pegajoso.

Estação Paso de los Libres
Estação Paso de los Libres
Posto de fronteira
Posto de fronteira

O ônibus, curiosamente, pára antes da fronteira em um estacionamento para dar oportunidade aos doleiros de vender Real aos argentinos mais barato do que a casa de câmbio que está na fronteira. De qualquer forma, o Real continua caro. Foram exatos $2,56 pesos por Real e R$1,65 por dólar em janeiro. O Brasil está bem caro para os argentinos, tanto que a fronteira está bem tranquila e só há uma empresa de ônibus fazendo o serviço (Flechabus) mesmo em plena alta temporada.

Tentei tirar algumas fotos, mas fui abordado por um militar que me mandou deletar algumas. Não tem placa nenhuma informando, mas é proibido fotografar por ali apesar de estarmos em PASO DE LOS LIBRES (Passagem dos Livres).
© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Descubra outras cidades na Argentina:

Buenos Aires

Puerto Iguazu

Ushuaia

El Calafate

El Chaltén

Rosário

Mendoza

Córdoba

Augustin Tomas o'Brien Caceres

Augustin Tomas o'Brien Caceres

Criado em uma família onde se falava espanhol, português, portunhol, italiolo e algo de inglês. Sempre se interessou por outros idiomas e hoje mora nos Estados Unidos e trabalha com comércio internacional na LE Group Industries.

3 comentários

  1. oi Anibal! obrigado pelos elogios.
    oi Jeferson, ve com a roberta de voce postar teus posts por aqui, nao? faz um blog dentro do outro blog.

    Greetings from the USA

  2. Moro em Uruguaiana, fronteira com a Argentina e quando eles querem são bem chatos, por isso prefiro viajar para o Uruguai, os uruguaios são mais cordiais e camaradas. Tenho um blog amador, de viagens de férias, para dar informações a alguns amigos que gostam do Uruguai como eu, nada comparado com o profissionalismo da Roberta, mas quem quiser acessar, pode ser útil, o endereço é: http://www.jefersonadelar.blogspot.com.br

  3. muito obrigodo estou aprendendo muuito com suas informaçoes
    estou pesquisando porqu no dia 1 de julho eu viajo para uruguiana e paso dos libres
    muito grato
    abraços

Deixe uma resposta