Palmas, a capital mais jovem do Brasil » Territórios | Por Ro Martins e Viajantes

Palmas: bem no meio do Brasil


Palmas, a capital do Tocantins, costuma ser local de passagem dos turistas rumo ao Jalapão. No entanto, amigos que moram ou moraram lá insistem que vale reservar um tempo maior para conhecer as atrações do umbigo do Brasil e seus arredores. É chamada de umbigo porque o marco zero da cidade também é o centro geográfico do Brasil, o ponto mais central do país.

Infelizmente, a minha passagem foi apenas uma tarde e duas noites, mas os meu companheiros de viagem chegaram um dia antes e contaram empolgados suas experiências nas cachoeiras de Taquaruçu. Deixo agora algumas curiosidades e as dicas do que eu fiz ou fiquei com vontade de fazer.

Marco zero de Palmas é o ponto mais central do Brasil
Marco zero de Palmas é o ponto mais central do Brasil

Palmas, a capital mais jovem do Brasil

A Constituição de 1988 dividiu o Estado de Goiás criando o Tocantins ao norte. A totalmente planejada Palmas já nasceu capital em maio de 1989, semelhante ao ocorrido em Brasília anos antes. O terreno era um descampado rodeado por águas no meio do cerrado. De um lado o Lago de Palmas e do outro a Serra do Lajeado, repleta de cachoeiras. No meio da cidade as nascentes são protegidas por matas ciliares e destacadas no simétrico mapa da capital.

Ali o trânsito flui sem contratempos pelas avenidas largas e a várias rotatórias ajardinadas, as chamadas queijinhos, mas o pedestre foi deixado de lado e o resultado é pouca gente na rua. Talvez seja o calor intenso ou justamente a falta de estrutura para quem anda a pé ou de bicicleta.

ENCONTRE HOTEL NA CAPITAL

Árvore florida na Praça dos Girassóis
Árvore florida na Praça dos Girassóis

Ponto turístico de Palmas

As praias de Palmas

Os 54 km de praias são de água doce provenientes do Rio Tocantins. Especificamente do Lago de Palmas que surgiu com a construção da Usina Hidrelétrica Luiz Eduardo Magalhães. O lago é cortado pela ponte FHC, uma das maiores do Brasil, e convida os moradores a aproveitarem suas praias, ilhas e muito espaço para a prática de esportes náuticos.

As praias da Graciosa, do Prata, do Caju, dos Buritis, das Arnos e a Ilha Canela são permanentes, mas nem todas com infraestrutura para atender moradores e turistas o ano todo. Bares, barracas, banheiros, aluguel de equipamentos e oferta de passeios são encontrados na Praia da Graciosa, enquanto as outras são mais rústicas e naturais.

Ilha da Canela
Vista na Ilha da Canela

Visitei apenas a Graciosa e, no píer ao lado, peguei um barco para ver o pôr do sol na Ilha da Canela. Lugar silencioso e tranquilo nem parece ser tão perto de um centro urbano. O calor dá vontade de entrar na água, mas as redes de proteção contra piranhas acendem o alerta na minha mente. Será que é seguro mesmo? Na dúvida, optei por apreciar o visual sem experimentar.

A Praça dos Girassóis

Com 570 mil metros quadrados é a segunda maior praça pública do mundo, atrás apenas de Tiananmen, na China. A praça central abriga prédios públicos, monumentos, jardins e o centro geodésico do país em frente ao Palácio Araguaia, sede do poder executivo Estadual.

Memorial Coluna Prestes é um projeto de Oscar Niemeyer para homenagear o revolucionário Luís Carlos Prestes. Exibe documentos e objetos sobre a sua vida
Memorial Coluna Prestes é um projeto de Oscar Niemeyer para homenagear o revolucionário Luís Carlos Prestes. Exibe documentos e objetos sobre a sua vida
Monumento aos 18 do Forte tem expressões marcantes nas esculturas de Maurício Bentes. Retrata um momento de luta no Rio de Janeiro de 1922
Monumento aos 18 do Forte tem expressões marcantes nas esculturas de Maurício Bentes. Retrata um momento de luta no Rio de Janeiro de 1922

O parque Cesamar

O pulmão verde é para descanso e lazer dos moradores com muito espaço para diversas atividades. Um lugar que eu gostaria de ter conhecido e faltou tempo.

As cachoeiras

Taquaruçu fica apenas 35 km de Palmas e tem mais de 80 cachoeiras catalogadas. A mais visitada é a Cachoeira do Roncador com 70 metros de altura. A prática de rapel e tirolesa são os destaques junto com atividades culturais promovidas pelos moradores. O distrito é uma boa alternativa para fugir do calor com suas temperaturas alcançando 25 graus e jamais chegando perto dos 40 como é o normal de Palmas.

Tome Nota Palmas

Como chegar: distante 842 km de Brasília, é acessível por estradas pavimentadas ou via aérea. O aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues é o principal ponto de chegada de quem visita o Jalapão. Recebe voos diários de várias capitais brasileiras.

Hotel em Palmas: passei duas noites no HOTEL GIRASSOL onde todas as suítes são equipadas com ar-condicionado, frigobar, mesa de trabalho e TV. As maiores tem uma sala e banheira de hidromassagem e as opções acomodam até 3 pessoas. O café da manhã é um buffet farto com tapioca e outras delícias do cerrado. Estacionamento e WiFi são gratuitos. Localizado no centro, tem fácil acesso a pé aos principais pontos turísticos urbanos e piscina, indispensável pra se refrescar no calor constante.

RESERVE AQUI | CONSULTE VALORES NOS SITES DE BUSCA

Quando ir: outubro é o mês mais quente. Para as cachoeiras, melhor entre maio e outubro para evitar as chuvas e a alta temporada de praias vai de junho a agosto.

Tucunaré assado
Tucunaré assado

Quanto tempo ficar em Palmas: 2 dias inteiros é o recomendado por moradores.

Suco de cajá com couve
Suco de cajá com couve
Acompanhamentos na Casa do Lago
Acompanhamentos na Casa do Lago

Onde comer: CABANA DO LAGO tem como prato típico o Tucunaré Tocantinense. O peixe pescado ali vem servido com farofa, pirão, arroz e vinagrete. Abre diariamente no almoço e jantar na 103 Sul rua SO 09 Lote 5.

Se achou útil, Flip it! Se gostou das imagens, Pin it!

Veja mais fotos de Palmas:

Palácio Araguaia
Palácio Araguaia
Memorial Coluna Prestes
Memorial Coluna Prestes

Palácio Araguaia Monumento aos 18 do Forte Monumento aos 18 do Forte Pôr do sol na Ilha da Canela, em Palmas

 

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.