barato do Caribe é San Andrés

O barato do Caribe

Quando conheci San Andrés, era a opção mais em conta para voltar ao Caribe. E continua sendo até hoje. A ilha é um barato nos dois sentidos da palavra, pelo baixo custo e pelas experiências tanto com os isleños quanto com a natureza ao redor.

Precisa de seguro viagem? Pegue o cupom de desconto

Falta reservar hotel? Veja onde nos hospedamos

Siga @blogterritorios no Instagram

Siga no Instagram   Leia todos os artigos sobre a Colômbia

Praia linda e comida maravilhosa em Haynes Cay
Praia linda e comida maravilhosa em Haynes Cay

O barato do Caribe

Os motivos para ser barato são claros e insignificantes se o desejo maior for aproveitar o mar do Caribe. Afinal o arquipélago abriga a terceira maior barreira de corais do mundo, tem praias paradisíacas e foi declarado reserva da biosfera pela UNESCO. Mesmo assim, listo alguns detalhes percebidos para você decidir se vale a pena comprar passagem aérea para San Andrés:

  1. A ilha de San Andrés tem deficiências na infraestrutura quando se trata de serviços e hospedagem de luxo. Não existem mansões de milionários ou celebridades levando o interesse da imprensa para lá. Em geral, as ruas são feias e os bairros são simples.
  2. Todo o território é livre de impostos e cheio de free shops vendendo, principalmente, perfumaria, pedras preciosas e bebidas com preços excelentes. Isto se reflete nos bons preços encontrados nos restaurantes e custo de vida da população. E para os consumistas, aviso que as lojas se concentram no centro e em North End.
  3. E por fim, a ilha pertence à Colômbia, país aqui na América do Sul com moeda desvalorizada perante o Real (mais ou menos 1 para 1000). É terceiro mundo, é bagunçado e tem problemas sociais, ou seja, brasileiros se identificam e sabem aproveitar o que há de melhor. Com a vantagem de ser bem mais seguro que viajar pelo Brasil.
Johnny Cay
Johnny Cay

Ilhas do Caribe como Dominica, Bonaire e Martinica e países da América Central como Costa Rica e Panamá também tem praias incríveis e preços atraentes. Mas ainda não consegui ver com meus próprios olhos para poder comparar. Portanto, San Andrés é o destino mais barato entre todos os já visitados e não perde em belezas naturais.

Dicas para economizar no Caribe Colombiano

APROVEITE AS PROMOÇÕES PARA SAN ANDRÉS

Na época, encontrei uma promoção e parti de Porto Alegre gastando apenas 24 mil milhas ida e volta pela Tam. Ou seja, quase o mesmo que viajar com milhas para qualquer lugar no Brasil na tarifa normal. Comprei só pra mim na empolgação e contei para as amigas. Elas adoraram a ideia e encontraram preços acessíveis partindo de São Paulo.

Eu sigo acompanhando e frequentemente vejo promoções em aéreo para Colômbia, assim como pacotes para o Caribe. San Andrés está entre os destinos mais procurados no país e pode ser uma excelente oportunidade de experimentar um all inclusive com todas as suas opções de lazer. Não é a hospedagem mais barata da ilha, mas o custo benefício compensa para quem gosta de conforto e acha muito trabalho ficar economizando em tudo durante as férias. Explico como foi se hospedar na rede Decameron nesse link.

Piscina salgada natural dentro do Resort All Inclusive Decameron Aquarium
Piscina salgada natural dentro do Resort All Inclusive Decameron Aquarium

DURMA EM POSADA NATIVA, CULTURAL OU HOSTEL

Quem viaja sozinho ou prefere economizar em tudo para aproveitar ao máximo, deve reservar uma Posada Nativa ou Hostel. E quem não admite dividir banheiro ou quarto, recomendo a Posada Cultural onde passei duas noites.

Posada Nativa foi uma solução criada pelo governo de San Andrés para sanar a falta de leitos na cidade. Moradores foram capacitados para receber turistas em suas casas e isto movimentou a economia local, assim como agregou personalidade a estadia. Ficar amigo e contar com a ajuda dos isleños é uma ótima forma de economizar, eles dizem onde encontrar serviços com melhor custo benefício e nos mostram a essência do lugar. Passei dois dias na POSADA NATIVA WHITE CHALET e conto nesse link.

RESERVE AQUI

POSADA CULTURA BAÍA SONORA tem astral de hostel com cozinha compartilhada e atividades alternativas, mas as acomodações são suítes com banheiro privativo. O preço é justo, tem supermercado ao lado e restaurantes populares por perto. A localização é boa por ser tranquila, mas fica longe do centro e pontos turísticos. Sugiro para quem aluga moto ou gosta de caminhar.

RESERVE AQUI  |  COMPARE VALORES NOS BUSCADORES

Amigos se hospedaram no EL VIAJERO SAN ANDRES HOSTEL e aprovaram. É mais perto do centro e tem opção de suíte com banheiro privativo. Mas a maioria dos quartos são compartilhados.

RESERVE AQUI  |  COMPARE VALORES NOS BUSCADORES

Minha amiga encantada com as nossas férias
Minha amiga encantada com as nossas férias

ABUSE DOS PASSEIOS E SAIBA COMO CIRCULAR

O valor dos passeios e entradas são bem em conta em relação as outras ilhas do Caribe. É fácil alugar equipamento de mergulho e pegar um barco para as ilhotas na Cooperativa de Barqueiros. E ficar de boa na beira da praia, é de graça.

Quem se hospeda na ponta norte de San Andrés pode fazer quase tudo a pé. Ali fica o aeroporto, a marina, a praia Spratt Bight e o calçadão. Para outros pontos da ilha tem ônibus, moto-táxi e aluguel de moto ou carrinho de golfe. O carrinho acaba sendo o mais econômico se estiver em grupo de até quatro pessoas. Custa quase o mesmo que a moto, mas é obrigado devolvê-lo até o pôr do sol por não ter farol para andar a noite.

Tome Nota

Se os vários zeros do peso colombiano dificultam entender os valores cobrados, dividir tudo por mil ajuda. O valor será aproximado com o preço em real. Mas isto pode mudar conforme a economia dos dois países e ficar convertendo tudo para real atrapalha a viagem. Relaxe e aproveite.

Lembre-se de separar 99.000 COP, em espécie, para pagar a taxa de turista antes de pegar o último voo para San Andrés. Encontre esta e outras recomendações no Dicas aos Viajantes Caribe Colombiano.

E a dica para quem adorou saber sobre a barreira de corais é pagar bem barato do curso de mergulho. Eu fiz o básico, gostei bastante e paguei metade do preço cobrado em Santa Catarina. 

Meu primeiro mergulho com cilindro foi em San Andrés
Meu primeiro mergulho com cilindro foi em San Andrés

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.