Washington

No coração do poder

No artigo anterior, apresentei um lado menos conhecido de Washington D.C. quando se pensa em fazer turismo pela capital norte-americana. Mas o fato é que ir a Washington e não visitar os pontos tradicionais de lá é o mesmo que ir a Paris e deixar de ir na Torre Eiffel, certo? Então, anote aí os lugares imperdíveis no coração do poder americano. Ah, separe três dias para conseguir percorrer todos eles.

Precisa de seguro? Saiba como comprar online 

Leia todos os artigos sobre o país

Leve o chip de dados desde o Brasil para chegar conectado

Roteiro pelo coração do poder

Casa Branca no coração do poder
Casa Branca

CASA BRANCA

Interior do Capitólio
Interior do Capitólio

Há alguns tipos de visitas a determinados espaços da residência oficial do presidente norte-americano, mas elas estão canceladas desde março do ano passado. Para estrangeiros, tours somente com solicitação via embaixada.

Informações no site.

CAPITÓLIO

A casa do legislativo norte-americano oferece visita guiada por suas instalações e ela pode contemplar, inclusive, uma parada nas sessões de votação da câmara dos deputados. A atividade inclui também a projeção de um filme e termina na rotunda, onde residem estátuas de personagens célebres da história norte-americana, como Martin Luther King, Abrahm Lincoln, além de obras de arte e lindos afrescos.

Informações no site.

Lincoln Memorial
Lincoln Memorial
Obelisco
Obelisco

LINCOLN MEMORIAL e OBELISCO

Localizados em lados opostos, com um lago entre eles, os monumentos podem ser alcançados por meio de uma bela caminhada e cenário de diversos momentos históricos, como o discurso proferido por Martin Luther King, em 1963. No Memorial, além de uma estátua dedicada ao próprio Luther King, as atenções ficam soberanamente voltadas para a estátua do presidente Abrahm Lincoln.

Afrescos na Biblioteca do Congresso
Afrescos na Biblioteca do Congresso

BIBLIOTECA DO CONGRESSO

Quase ao lado do Capitólio (a estrutura pode ser alcançada internamente por um túnel), a biblioteca traz um rico acervo bibliográfico, que inclui um exemplar da bíblia impressa por Gutemberg, além de exposições permanentes e outras especiais. Os afrescos e as estátuas internas por si só já justificam a visita.

Informações no site.

ENCONTRE HOTÉIS EM WASHINGTON

Tome Nota Washington

O caminho entre os principais pontos turísticos de Washington D.C. podem e devem ser percorridos a pé. Afinal, os parques e estátuas na trajetória são um convite à contemplação.

Além desses monumentos, Washington conta com um conjunto arquitetônico que mistura vanguarda – prédios mais modernos localizados no centro – com os antigos, que são cuidadosamente preservados. Muitos deles são sedes de organizações reconhecidas mundialmente, como a Organização Panamericana de Saúde (Opas) e inúmeras embaixadas.

Faça também um passeio por esses pontos durante a noite. Os monumentos iluminados tornam a cidade mais bonita.  

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Carol Leal

Carol Leal

Jornalista, doutora em Ciências Sociais pela PUC-RS. Não se considera uma mochileira, mas nem tão pouco uma "piriguete dos embarques"... podemos dizer que planejamento e pechincha em viagens é com ela mesmo. Seis meses antes já tem tudo programado: da passagem reservada ao mergulho cultural para não fazer feio nas interações. Claro que isso não evitou uma série de "pagações de mico" e outras histórias hilárias, o que deu um tempero extra às diversas aventuras. Para Carol, viajar é como uma terapia... é um encontro com o auto-conhecimento, de vislumbrar novas sensações, experiências e amizades para toda a vida.

1 comentário

  1. Concordo contigo, tem que conhecer DC à pé, principalmente o National Mall e os mais de 20 museus! Aliás, os museus foram a melhor parte da minha viagem a capital. São simplesmente incríveis. <3

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.