Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses

Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses

Era madrugada, 4 horas pra ser exata, quando Caetés Expedições me buscou no hotel de Barreirinhas (MA) para uma experiência nova – ver o nascer do sol nos Lençóis Maranhenses. O parque nacional eu já conhecia, inclusive esta na minha lista de lugares mais bonitos do Brasil e únicos no mundo. Logo, estava ansiosa pra ver aquele cenário com céu estrelado e iluminado pelas cores do amanhecer.

O trajeto no toyoteiro e a trilha noturna

Encontrei o resto do grupo para a travessia da balsa e, do outro lado do rio Preguiças, entramos nos veículos 4×4 chamados de toyoteiros. Sacode o trajeto todo e quem senta nas laterais deve cuidar para não se arranhar com os galhos ou ser atingido por objetos voadores não identificados no meio da escuridão. 

Senti algo batendo no meu colega e indo para os meus pés. Joguei a lanterna e vi marcas de coco de passarinho na minha mochila. Ao lado estava a ave assustada e encolhida me olhando sem se mexer. Outro amigo disse para eu pegá-la e passar para ele para tentar acalmá-la. Assim eu fiz e o bichinho tremia, mas deu certo. As mãos grandes de Altier esquentaram e tranquilizaram até se sentir seguro para voar novamente. Como não havia sangue, apenas merda de passarinho que dizem ser sorte para quem se suja, foi só um susto e história para contar.

Siga @blogterritorios no InstagramVeja os stories deste dia no Instagram
Trilha sob a luz das estrelas
Trilha sob a luz das estrelas

Depois de 12 km, alcançamos as dunas e começamos a trilha de pés descalços até o ponto mais alto. Nem foi preciso lanterna porque nossos olhos já estavam ambientados à falta de luz e rapidamente o negro virou azul escuro com tons de rosa e laranja no céu. Nos acomodamos nas areia e aguardamos. Até tentei registrar o momento, como com os colegas não paravam quietos, fui brincar com o Tesão e o meu chapéu.

Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses
Esperando o nascer do sol
Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses
Reflexo nas águas
Cores antes do sol nascer nos Lençóis Maranhenses
Cores antes do sol nascer nos Lençóis Maranhenses

Nascer do sol nos Lençóis Maranhenses

O sol surgiu tímido entre as nuvens. Portanto, observar o efeito da sua luz no cenário foi a parte mais bonita. Algumas lagoas haviam mudado de localização e formato, outras estavam iguais ao visto anos atrás. Nas primeiras horas a água fica na sombra das dunas em tom azul pálido. Conforme o sol vai subindo, as lagoas vão exibindo suas cores verdes, azuis e transparente quando chegamos perto.

Lagoas ficam na sombra nas primeiras horas do dia
Lagoas ficam na sombra nas primeiras horas do dia

E o café da manhã estava montado na duna ao lado da Lagoa dos Toyoteiros. Ali nos juntamos para comer bolo, tapioca, bolachas e frutas com pitadas de areia porque faz parte da experiência. Falando na destruidora de câmeras, não tem jeito! Pra fazer essas fotos lindas, nosso equipamento é prejudicado e vai precisar de uma boa limpeza depois.  Em toda abertura da bolsa ou mochila, a areia vai entrar em cada costura. Uma dica é levar o mínimo necessário e colocar objetos em sacos separados e fechados. Assim, o que não for aberto no parque, pode permanecer limpo. Mas lembre-se de limpar tudo o mais rápido possível ou aquela areia do bolsinho lateral vai ficar meses arranhando o seu celular e todo o colocado ali. 

Levar câmera é um sacrifício que vale a pena
Levar câmera é um sacrifício que vale a pena
Auto retrato usando aplicativo do celular
Auto retrato usando aplicativo do celular e Wifi da câmera

O Circuito Azul 

Bem alimentados e acordados pelo cafezinho, o guia nos convidou para fazer o Circuito Azul a passos rápidos para dar tempo do banho na Lagoa Esmeralda. Alguns preferiram esperar por ali mesmo e outros começaram a caminhada. Eu fui por último registrando as pessoinhas entre as dunas e foi preciso correr para alcançá-los. O passeio foi semelhante ao já relatado aqui (clique no link) com tempo reduzido, porém, sem nenhum outro grupo pelo horário. Os turistas começam a chegar por volta das 9h da manhã, quando iniciamos o nosso trajeto de volta.

Partiram para o Circuito Azul
Partiram para o Circuito Azul

Circuito Azul

Tome Nota Nascer do sol nos Lençóis

O Parque Nacional Dos Lençóis Maranhenses ocupa uma área de 155 mil hectares com portas de entrada nos municípios de Barreirinhas e Santo Amaro do Maranhão. O nascer do sol nos Lençóis é apenas um dos vários passeios oferecidos como 4×4, travessia com acampamento ou sobrevôo,

Quem leva: o pessoal da Caetês Turismo foi bem bacana e deve ser a única empresa a oferecer o Nascer do Sol nos Lençóis Maranhenses. Organizam roteiros pela Rota das Emoções e atividades de Ecoturismo neste lado do Maranhão.

O que levar no passeio: água, lanterna (pode ser do celular), chapéu, óculos, protetor solar e roupas leves. Os mais friorentos devem levar casaco, embora eu tenha achado a temperatura super agradável o tempo todo.

Hotel em Barreirinhas: neste dia me hospedei na Pousada Buriti. É central, tem recepção 24 horas e um bom restaurante. O quarto amplo tem varanda com rede, frigobar, ar-condicionado, wifi e TV.

RESERVE AQUI  |  COMPARE PREÇOS NOS SITES DE BUSCA

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

A viagem pela Rota das Emoções foi um convite do Sebrae em conjunto com empresários de turismo da Rota. As dicas e opiniões expressas aqui são de livre expressão do autor.

Veja mais fotos do nascer do sol nos Lençóis Maranhenses:

Lagoa Esmeralda
Lagoa Esmeralda

Mergulho na Lagoa EsmeraldaCircuito Azul Circuito Azul

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.