fbpx
Little Venice

Mykonos para balada, fotos, praia e romance


Assim como Santorini, Mykonos deve ser a ilha mais cara e sofisticada da Grécia. No entanto, também é lugar turístico e cada vez mais democrático, ou seja, certamente há alternativas para a viagem caber dentro do orçamento disponível. Passei uma semana navegando no Mar Egeu e conto minhas impressões, além de deixar dicas e a galeria com fotos dos detalhes charmosos.

Acesso rápido: Breve História | As Festas | As Praias | O que Fazer | Quando Ir | Como Chegar e Circular

O texto continua após os serviços recomendados no destino.

AGILIZE SUA VIAGEM
Falta ver hotel? Veja onde nos hospedamos

Precisa de seguro viagem? Pegue o nosso cupom de descontos e saiba como comprar online.

Quer ficar conectado como eu fiquei? Leve o chip de dados desde o Brasil

Compre ingressos, passeios e transfer agora na Get Your Guide, ou saiba como funciona

https://www.instagram.com/p/BjAeqjDBn1r/

Mykonos 

A fama de hoje é dos anos 50, quando celebridades começaram a ter suas casas de verão em Mykonos. Ostentavam um estilo de vida em cenários inspiradores da mesma forma como é visto atualmente em tantos perfis do Instagram, seja de um famoso ou desconhecido. 

Antes disso, a economia era baseada na produção de grãos e rota comercial, por isso a existência de burros soltos e moinhos de vento. Os primeiros foram construídos pelos venezianos em algum momento durante o século XVI. Atualmente a ilha vive do turismo e dezesseis moinhos ainda sobrevivem. 

Mykonos fica nas Cyclades, um grupo de ilhas gregas agrupadas em torno da ilha de Delos (o lugar supostamente criado para ser o berço de Apolo, na antiguidade). As praias calmas e a culinária do mediterrâneo somado às construções brancas contrastando com o granito e o mar são realmente de tirar o fôlego. Mas o que mais me surpreendeu foram as festas e o comportamento das pessoas nessa atmosfera. 

As festas

E não é só vida noturna, as baladas na praia começam 10h da manhã de leve, vão ficando mais animadas perto do pôr do sol e chegam ao êxtase na madrugada. Meu limite foi 5 horas da manhã e ainda havia gente dançando freneticamente na pista, embora a maioria estivesse espalhado pela areia e espreguiçadeiras mais afastadas. Sim, surgem romances de verão, paixões passageiras e muita história para contar. Os turistas se libertam das moralidades e diversão é palavra de ordem na ilha que parece ter as melhores festas do verão europeu, segundo os viajantes mais baladeiros. A pegação pode ser chocante, mas cada um faz o que tem vontade. Quem não gosta do clima, pode escolher praias mais tranquilas ou alugar um barco privativo e aproveitar mais o dia. Principalmente se estiver viajando com namorado (a) e este for ciumento (a).

Estava viajando com mulheres solteiras querendo aproveitar ao máximo tanto o dia quanto a noite. Entrei no clima e passei momentos divertidíssimos com elas. Para manter minha saúde e não extrapolar o orçamento, optei por beber o mínimo de álcool e o máximo de água, além de exercitar o corpo dançando. Assim consegui ter a mão firme para fazer boas fotos e nada de ressaca no dia seguinte. Dica para maiores de 35 e festeiros ocasionais, afinal dá para fazer festa todos os dias. 

Festa da Toga no Guapaloca
Festa da Toga no Guapaloca

Pintura na pele e música eletrônica na madrugada em Mykonos
Pintura na pele e música eletrônica

Os bares do centro são bem movimentados todas as noites. Cavo Paradiso é a melhor e entre as mais caras nas praias, já Paradise Club, Tropicana e Guapaloca são mais populares. Nesta última, um brasileiro comandava as tardes temáticas enquanto um grego servia shots de graça eventualmente e dançarinos puxavam o ritmo. Teve “Toga Party” e “Body Painting” entre as atrações. 

As praias de Mykonos 

Praias de mar azul impressionantes não faltam e as melhores ficam no sul, onde estão mais protegidas do vento. As mais famosas são:

Paradise Beach
Areia com pedras ao redor da ilha

Psarou Beach é frequentada por uma galera jovem. Bom para passar o dia relaxando ou paquerando no beach club Nammos.

Paradise Beach é lotada dos turistas mais animados e poluição sonora vinda dos diferentes beach clubs. É como um complexo pé na areia com restaurantes (para todos os bolsos), lojas e baladas abertos da manhã até o último cliente ir embora. 

Super Paradise Beach semelhante a Paradise com a diferença de ter apenas um beach club com música alta.

Paraga Beach é uma opção em conta para curtir o astral descolado com conforto e sem gastar muito. Paraga Hostel oferece uma estrutura para hóspedes e day use com piscina cobrando um valor por consumação. Os preços para comer e beber são justos. 

Ornos Beach é uma das melhores opções para família pela estrutura e ser uma baía. 

ESCOLHA ENTRE MAIS DE 1000 HOSPEDAGENS NA ILHA

Mar azul contrasta com as casas e rochas de granito
Mar azul contrasta com as casas e rochas de granito

Mykonos: o que fazer além das festas e praias

Há outros atrativos como aproveitar a culinária do mediterrâneo, se perder pelo labirinto de Chora até encontrar os moinhos ou os melhores cenários para as fotos da viagem. No fim da tarde, a sugestão é Little Venice (foto destaque) para ver o pôr do sol.

Mykonos é cara quando comparada às outras ilhas gregas, mas não diferente das cidades turísticas europeias onde sempre é possível encontrar lugares com preços acessíveis. Por exemplo, meu almoço com vista e taça de vinho na baía de Mykonos foi razoável porque dividimos entre amigas e avaliamos os cardápios antes de escolher o restaurante. 

Baía de Mykonos
Baía de Mykonos

Para ver a paisagem por outro ângulo e fugir das multidões, suba! A altura máxima será 364 metros e talvez nem seja tudo isso em Chora, a zona com melhor estrutura e maior movimento da ilha. Ali, as casas brancas com portas, janelas e varandas de madeira em outra cor se concentram entre ruas de pedra e formam um labirinto. O ponto mais alto será o moinho Boni’s e fica fácil identificar as cúpulas vermelhas, brancas e azuis das igrejas. Outros cinco moinhos estão concentrados em uma faixa reta de terra próxima ao bairro Little Venice. Os 5 juntos são conhecidos coletivamente como Kato Myloi.

Observar a rotina da cidade a pé é de graça, para quem dispõem de pouco tempo ou prefere se aprofundar na história do lugar, há passeios guiados e autoguiados no site da Get Your Guide. 

Vista do moinho Boni's
Vista do moinho Boni’s

Como chegar e circular em Mykonos

Por ar: Mykonos tem aeroporto internacional na temporada de verão e o voo leva 40 minutos partindo de Atenas

Por mar: são seis horas de ferry boat ou três de barco rápido do Porto de Piraeus. De onde partem as embarcações próximo à Atenas, elas variam de preço conforme o conforto e velocidade. No verão há conexões diárias para as ilhas de Paros, Naxos, Ios, Santorini e Creta. 

Por terra: para circular pela ilha, o ideal é alugar um carro ou um quadriciclo para distâncias mais curtas. Lembrando que a PID é obrigatória para os dois transportes. 

Os ônibus são executivos com ar-condicionado e partem do centro de Chora para quase todos os pontos da ilha. Minha base foi Paradise Beach e foi tranquilo pegar o ônibus até o centro e praias do sul.

Outra alternativa por mar é uma boat trip partindo do porto antigo de Mykonos para Paradise Beach. Só não experimentei porque já estava hospedada em um barco da Sail in Greece.

Avião chegando com turistas
Avião chegando com turistas sobrevoa Paradise Beach

Melhor época

Clima agradável na primavera


Verão na Grécia é alta temporada, com muito movimento e preços mais caros em julho e setembro. Fui em maio e deu para aproveitar as praias e ter um gostinho do astral do verão europeu.  A primavera, de março a junho, apresenta temperaturas mais amenas e preços mais acessíveis.

Acesso rápido:Breve História | As Festas | As Praias | O que Fazer | Quando Ir | Como Chegar e Circular

Por fim, deixo uma galeria de fotos para inspirar o seu roteiro:

Cenário cheio de flores na primavera
Cenário cheio de flores na primavera
Fila de moinhos, construídos pelos venezianos, são do século XVI
Fila de moinhos são do século XVI
Rua de Mykonos
Telhados de Mykonos
Barco navegando ao redor de Mykonos
Nosso grupo em frente aos  moinhos Kato Mili
Nosso grupo em frente aos moinhos Kato Mili
Cúpulas vermelhas, brancas e azuis são das igrejas em Mykonos
Cúpulas vermelhas, brancas e azuis são das igrejas
Igreja no centro de Mykonos
Igreja
Igreja
Enfeites de Mesa em Mykonos
Casas brancas com portas, janelas e varandas de madeira em outra cor é o estilo arquitetônico em Myconos
Casas brancas com portas, janelas e varandas de madeira em outra cor é o estilo arquitetônico
Chora têm ruas enfeitadas
Chora têm ruas enfeitadas
Cotidiano de Mykonos

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.