fbpx
lobos marinhos

Meu mergulho com lobos marinhos


Foi uma alegria mergulhar e descobrir a simpatia dos lobos marinhos em seu habitat natural. Talvez a experiência mais emocionante em Cape Town.

Sem serem treinados ou esperarem comida em troca, os lobos marinhos foram se aproximando e interagindo durante o mergulho ao redor da Duiker Island, uma ilha colônia de animais marinhos na belíssima Hout Bay. No dia do passeio estava nublado, contudo, tenho fotos para mostrar como é uma das baías mais bonitas da península de Cape Town. Ali os oceanos Índico e Atlântico se misturam, mas é oficialmente considerado o gelado oceano Atlântico.

Siga @blogterritorios no InstagramSiga no Instagram
Vista de uma das pontas de Hout Bay em dia de sol sem nuvens. O porto fica bem ali na frente e o mergulho foi no lado esquerdo
Vista de uma das pontas de Hout Bay em dia de sol sem nuvens. O porto fica bem ali na frente e o mergulho foi no lado esquerdo

Neste ponto da África as águas são congelantes e pioram no verão, em outubro (primavera) peguei a “agradável” temperatura de onze graus dentro d’água, dizem que chega a quinze com sol. Foi preciso toda uma preparação antes e depois de entrar para evitar hipotermia, mas valeu a pena o esforço. E se eu tivesse aguentado o frio por mais alguns minutos, provavelmente teria nadado abraçada com eles. Nessas horas a emoção fala mais alto e, as vezes, esqueço que são animais selvagens.

Lobos marinhos no seu habitat natural
Lobos marinhos no seu habitat natural

Bem, vou contar como foi o passeio SEAL SNORKELING do início ao fim e mostrar em vídeo o que vi embaixo d’água.

O mergulho com lobos marinhos

Steve e mais dois funcionários, da Animal Ocean, nos aguardavam no porto e logo começou a função da roupa de mergulho. Fiquei só de biquíni e vesti uma camisa de Lycra manga longa, um long John grosso, luva, bota e gorro, todos de neoprane para tentar manter a temperatura do corpo.

A lancha partiu para ilha e fez uma rápida parada entre os barcos de pescadores para um primeiro contato com os lobos marinhos, eles sabem que ali tem comida em determinadas horas do dia e nem se importam com a nossa presença. Seguimos por mais alguns minutos pelas margens da baía até alcançar a colônia.

Lobo descansando no porto
Lobo descansando no porto

Lobos Marinhos Hout Bay Lobos Marinhos em Hout Bay Lobos Marinhos em Hout Bay

 

Na chegada os lobos já começaram a se exibir, gritos e saltos acrobáticos bem perto do barco, que por sinal era a única embarcação por ali. Steve deu as instruções, avisou que ele e outro iriam mergulhar conosco e quando não aguentássemos mais o frio, deveríamos voltar para o barco. Segundo ele, com aquela temperatura as pessoas costumam ficar até trinta minutos na água.

Congelando no mar de Cape Town
Congelando no mar de Cape Town

Me joguei e deu vontade de voltar na hora, aquele gelo foi um choque! Mas os bichos curiosos já estavam por ali e me motivaram a não ficar parada. Circulavam ao meu redor passando muito rápido e sempre de olho em mim, como provam as imagens. Eram muitos e não paravam quietos, parecia que estavam confusos e não sabiam perto de quem chegar primeiro. Éramos cinco pessoas na água.

Praticamente o momento exato...
Praticamente o momento exato…
.. em que tirei esta foto
.. em que tirei esta foto

Foi difícil segurar a câmera com os dedos congelados. Eu trocava de mão, fazia exercícios com os dedos e esquecia o sofrimento totalmente quando eles se aproximavam. A medida que sentiam confiança começavam a chegar cada vez mais perto. No final, uma dupla começou a brincar na minha frente e esqueceu da minha presença, levei até uma rabada! Ou seria uma nadada? Para exemplificar, me bateram com as nadadeiras inferiores sem querer.

Perdi a noção do tempo enquanto mergulhava, pareceram horas, no entanto, aguentei apenas 25 minutos! Com a cara pálida, boca roxa e tremendo voltei para o barco e tive um rápido e perfeito atendimento. Jogaram água quente dentro da minha roupa de mergulho e me serviram chocolate quente e bolachas. Foi uma alívio! Veja no vídeo.

Foto da Animal Ocean com equipamento perfeito para mergulhar
Foto da Animal Ocean com equipamento perfeito para mergulhar

A estrutura de filmagem da equipe era ótima e mostra os lobos com mais detalhes do que nas minhas fotos. Inclusive, Steve ajudou a deixar o vídeo mais legal. Ele colocou minha câmera em um tipo de foguete e jogou na água sendo puxado pela lancha, os bichos seguiram quase na mesma velocidade e do barco não percebíamos nada.

Trocamos de roupa ali mesmo no estacionamento usando o modelito toalha especial criado pela Animal Ocean.

Eu, Guilherme, Cris e Steve trocando de roupa no estacionamento do porto
Eu, Guilherme, Cris e Steve trocando de roupa no estacionamento do porto

Diferenças entre lobo marinho, leão marinho e foca

A princípio achei que eram focas porque os instrutores chamavam de seals (palavra em inglês genérica para os três), mas um leitor atento alertou o equivoco quando publiquei as primeiras fotos nas redes sociais. Busquei a informação e aprendi, basicamente, focas não tem orelhas visíveis, lobos marinhos não tem barba e o nariz dos leões marinhos é mais achatado enquanto nos outros dois é mais fino e pontudo. Os três são parentes próximos, assim como a morsa, mas esta é inconfundível por causa dos dois dentes enormes. Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos Lobos marinhos

Tome Nota

ANIMAL OCEAN é a empresa que faz os passeios entre setembro e abril, imagino que nem os instrutores se animam a mergulhar no inverno. Eles combinam um ponto de encontro no porto de Hout Bay e levam todo o equipamento de mergulho e sacos estanque para guardar o que não pode molhar. Pode só passear na lancha e ver os lobos e tem a opção de mergulhar com cilindro.

Mergulhe com bebês lobos marinhos entre março e abril ou aviste baleias em novembro. Hout Bay é um dos pontos de observação de baleias na África do Sul.

Apesar de Cape Town ser famosa pelo mergulho com tubarão branco e lobo marinho estar no topo da cadeia alimentar dos temidos predadores, os instrutores garantiram que Hout Bay está livre deles. Tubarões nunca foram vistos nos últimos trinta anos e a desculpa é que existem outras colônias maiores na região. Druiker Island abriga somente 10 mil animais. Não confiei totalmente, mas resolvi arriscar.

No andar de cima do Blue Mini Peninsula Tour
No andar de cima do Blue Mini Peninsula Tour

Como chegar: Hout Bay fica uns 20 km do centro de Cape Town, do outro lado da Table Mountain. Dá para chegar de transporte público (ônibus 108), mas nos aconselharam usar o ônibus turístico azul – Blue Mini Peninsula Tour, que passa a cada 20 minutos e pode descer e subir quantas vezes quiser durante um dia. Ele passa em vários pontos turísticos da cidade e tem áudio guia. O ponto de parada é Mariner’s Wharf, um porto com mercados de peixes e artesanato.

Clique para adquirir o pacote com duas rotas do ônibus turístico

Guilherme, eu e Cris congelados. Por Andre Motta
Guilherme, eu e Cris congelados. Por Andre Motta

O projeto Blogueiros na África do Sul (#DescubraAfricadoSul) foi uma realização do Travel Concept Solution e apoio da Pangea TrailsSouth African AirwaysDetecta Hotel e incentivo da agência nacional de turismo (South African Tourism), da cidade de Joanesburgo (Joburg Tourism) e também de Cape Town (Cape Town Tourism). A viagem foi patrocinada, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor. Veja também os blogs que participaram da viagem: 

arget=”_blank” rel=”noopener”>Dentro de Mochilão, TerritóriosViajando com Eles e Viagem Criativa.

Se gostou da experiência com esses animais, sugiro a leitura do mergulho com TARTARUGAS em Barbados e a trilha com PINGUINS na Patagônia.

Para saber tudo o que eu fiz durante esta viagem, veja o vídeo e os links para os artigos no post O que fazer na África do Sul – 33 dias em 5 minutos.

Fotos de Roberta Martins, Andre Motta e Animal Ocean.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

5 comentários

  1. Olá.
    Gostaria de saber o valor deste passeio.

    1. Oi Bianca, não coloco valores porque eles ficam desatualizados. Este passeio foi feito em 2014. Por favor entre em contato pelo site da empresa, tem link no tome nota.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.