Memorial 11 de Setembro (crédito: Daniela Rocha Lima)

Um jeito de ter mais dinheiro para fazer compras em Nova York


Só mesmo quem não coloca o pé para fora de casa pode questionar o valor de uma viagem. Cada centavo gasto nessa experiência vai trazer frutos para o resto de sua vida. Boas ou nem tão espetaculares, elas produzem reflexões e ficam na memória para sempre. São transformadoras. Assim, quando decidir conhecer Nova York, não abra mão de aproveitar essa oportunidade por completo e visitar as atrações que tornaram a cidade o maior alvo de turistas do mundo inteiro. 

É sensacional visitar a Estátua da Liberdade e ter a noção do que a sua visualização significou para tantos que chegaram ao país em busca de melhores condições de vida. Fazer o contraponto do custo imposto por isso ao visitar o Memorial e Museu de 11 de setembro pode ser até um pouco sofrido, mas é uma experiência que vai fazer com que você faça uma avaliação de sua vida.

Os mais sensíveis têm no Museu Guggenheim outra excelente oportunidade para entrar em contato com artistas que são selecionados cuidadosamente. As coleções apresentadas são mudadas constantemente. Uma visita é sempre diferente da outra. 

Porém, ainda que isso possa parecer excessivamente materialista, não deixe de lado outro tipo de lembrança. Aquelas que podem ser compradas e com muito menos dinheiro. Deixar escapar a chance de colocar na mala produtos que no Brasil custam mais que o dobro do preço não exige, necessariamente, ter que cortar gastos com os passeios.

Guggenhein
Museu Guggenhein (crédito Raul Botelho)

Um jeito de ter mais dinheiro para fazer compras em Nova York

Uma das maneiras de fazer isso é aproveitar os meios que a própria cidade oferece para que os turistas gastem menos. Um deles é o CityPass. Ele é uma espécie de carnê que contém ingressos para seis atrações que são consideradas as mais importantes de Nova York e abre a chance de ganhar um grande desconto.

 A compra pode ser feita online através do site https://pt.citypass.com/new-york. Lá dá para comparar o valor que é cobrado pelos ingressos na bilheteria das atrações e quando é pago quando os bilhetes são comprados com o carnê. Realmente vale à pena. Assim, não se perde nada em termos de passeio e ainda se economiza dinheiro para fazer mais algumas comprinhas.

© Todos os direitos reservados. Foto destaque de Daniela Rocha Lima.

Pegue mais dicas de Nova York lendo os artigos:

Intercâmbio em Nova York

Boas compras em Nova York

Primeira vez em Nova York

NYC com as locais Ina e Farrah

Nova York para Crianças

Índice de artigos Estados Unidos

Artigo Patrocinado

Artigo Patrocinado

Informes, dicas ou publieditorial enviado por autores, empresas ou parceiros que patrocinaram o conteúdo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.