lagunas escondidas

Lagunas Escondidas para se surpreender no Atacama


Um dos lugares mais diferentes do Atacama surpreende pela beleza e por ser uma das raras vezes que a interferência do homem na natureza foi pra melhor. O local era um salar raso quando começaram a perfurar para retirar lítio, o tempo passou e lagoas se formaram dando origem a um novo atrativo: as Lagunas Escondidas.

Lagunas Escondidas de Baltinache

Quando desci da van fiquei encantada com o contraste do cenário, um tom de azul incrível delimitado pelo branco do salar era rodeado pelos tons pálidos do deserto. Montanha de um lado e um infinito de pedras escuras moldavam caminhos de sal para o outro lado. Iria ficar a manhã toda fotografando a primeira lagoa se Valentina não insistisse na beleza das outras. O normal seria eu ter vontade de seguir o caminho para descobrir além, mas o azul havia me hipnotizado e foi difícil sair dali.

Eu hipnotizada pelo azul das Lagunas Escondidas
Eu hipnotizada pelo azul das Lagunas Escondidas

E assim foram em todas as sete lagoas cristalinas com seus diferentes formatos e tons de azul. Uma parece verde, outras tem a cor do céu e tem aquelas que enganam por mostrarem o reflexo marrom da montanha. E a perfeição segue no percurso lembrando o formato yin yang (símbolo do equilíbrio) em algumas curvas. No meio as demarcações somem e cada um segue o seu passo tentando se equilibrar na crosta seca de sal escuro (achava ser pedra a parte escura e é sal com terra).

O caminho de sal
O caminho de sal
Equilíbrio para caminhar com cuidado na crosta de sal
Equilíbrio para caminhar com cuidado na crosta de sal

Então escutei uns barulhos estranhos como se o chão estivesse ruindo, pedi silêncio aos quatro amigos e eles se assustaram no primeiro momento. Contudo, era apenas o sal se expandindo com o calor do sol e talvez fosse imperceptível se houvessem mais turistas presentes. Como a atração é relativamente nova e o acesso é restrito a algumas agências de turismo, não havia outro grupo além do nosso.

Após o encantamento, vem o relaxamento. Depois de quase uma hora de caminhada pode escolher mergulhar na água congelante, porém, com propriedades excelentes para saúde da pele; degustar um coquetel e fazer shiatsu com sino responsável por te leva pra outra dimensão. Dispensei o banho por ser inverno e delirei nas demais opções exclusivas da FlaviaBia Expediciones.

Shiatsu com Valentina neste visual
Shiatsu com Valentina neste visual e temperatura agradável

E o clima estava tão perfeito que nem foi necessário armar a barraca para se proteger do vento. Tanto a mesa com os quitutes quanto a cama da massagem ficaram totalmente ao ar livre tornando a experiência ainda mais especial. Enquanto o corajoso Alan entrou na água (apenas a primeira e a última tem banho), nós fomos vestir os roupões e aguardar a vez de sermos atendidas pelas mãos da Valentina.

O trio amigas viajantes: Thaís, eu e Gardênia
O trio amigas viajantes: Thaís, eu e Gardênia

As sete pequenas lagoas são todas salgadas e cheias de lítio, entre outros minerais, semelhante a famosa Laguna Cejar. Apenas formato e profundidade são diferentes, mas ainda sem confirmação porque ninguém conseguiu alcançar o fundo. Afinal o corpo não afunda devido ao grande volume de sal.

As 7 Lagunas Escondidas

Última lagoa onde o banho é permitido
Última lagoa onde o banho é permitido

 

Escada de sal para entrar na primeira lagoa
Escada de sal para entrar na primeira lagoa

 

A lagoa verde
A lagoa verde

 

Textura de sal imerso
Textura de sal imerso

 

O reflexo das montanhas
O reflexo das montanhas

 

A lagoa mais rasa
A lagoa mais rasa

 

Editar post ‹ Territorios | Por Roberta Martins e Viajantes — WordPress.webarchive
Salar e a lagoa mais estreita

 

A menor das lagoas
A menor das lagoas

Este foi o passeio com as paisagens mais belas e inusitadas da viagem ao Deserto do Atacama, mas os outros não ficam muito atrás nos quesitos experiências e belezas naturais. Aos poucos vou contado como foram agitados meus oito dias em San Pedro de Atacama.

Tome Nota Tour no Atacama

LAGUNAS ESCONDIDAS DE BALTINACHE está localizada entre a Cordilheira do Sal e a Cordilheira de Domeyko, distantes poucos minutos de San Pedro de Atacama, e tem acesso permitido via agência de turismo. Como estrutura ao viajante tem duchas geladas para tirar o sal e toalete na entrada.

Para mais informações e contratar o passeio com  FLAVIABIA EXPEDICIONES escreva para elalembrando de mencionar que leu aqui no Territórios para ganhar 10% de desconto em qualquer passeio da agência. O tour dura 5 horas com saídas pela manhã ou tarde (dizem ser mais movimentado para ver o pôr do sol), buscam no hotel e o lanche com vinhos, doces e salgados está incluso no pacote.

O que levar no passeio: água, óculos, boné, casaco corta-vento, tênis de caminhada e roupa de banho. Mesmo quem não se anima entrar na água, deve levar biquíni/bermuda para a hora da massagem. Vá vestida, tire o excesso de roupa na van e coloque o roupão que também serve de toalha. E se for inverno acrescente luva, manta, gorro, roupa térmica e casaco grosso. Eu dei muita sorte em pegar um dia quente sem vento em pleno junho. Leia o texto completa e saiba como se vestir no Atacama.

Vinho chileno, sobremesa e aperitivos no coquetel

Reflexos no caminho

Reflexos no caminho

Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama Lagunas Escondidas no Deserto do Atacama

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça os outros tours no Atacama com FlaviaBia Expediciones:

Relaxamento profundo em Termas de Puritama

Expedição Salar Uyuni

Salar de Atacama

Laguna Cejar, Salar de Ojos e Laguna Tebinquiche

Lagunas Altiplânicas

Valle de la Luna

Piedras Rojas

#JustFunChile é um projeto de Territórios e As Peripécias de uma Flor. Contamos com o apoio de hotéis e empresas locais, inclusive este passeio.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

2 comentários

  1. Quanto a Fláviabia te pagou para a propaganda?

    1. Nada André, eu realmente gostei do serviço e citei da mesma forma que cito vários outros em 10 anos de Territórios. Como diz no texto acima, foi um projeto e os passeios foram cortesia. Eu relato como foi de verdade. Se gostei, ou não

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.