Guaiba

Guaíba, berço e leito da Revolução Farroupilha


Comecei a relatar o Caminho Rota Farroupilha fora da ordem. Desde julho tenho escrito toda a semana conforme a inspiração vai surgindo enquanto seleciono as fotos da viagem. Mas com a chegada do tal 20 de setembro – o Dia do Gaúcho e data de início da Revolução Farroupilha – chegou a hora de mostrar onde tudo começou. E por coincidência, Guaíba foi o nosso primeiro passeio.

Leia todos os artigos sobre o Rio Grande do Sul

AGILIZE SUA VIAGEM
Veja opções de excursões, ingressos e transfer na Serra Gaúcha

Guaíba, berço e leito da Revolução Farroupilha

Guaíba e a Revolução Farroupilha

Cipreste Farroupilha é símbolo da cidade
Cipreste Farroupilha é símbolo da cidade

Desde 1833, os chefes Farrapos planejavam a tomada da capital da província de São Pedro na sombra do cipreste em frente a casa de Gomes Jardim. A propriedade típica de fazenda da época continua na parte alta de Guaíba com vista para Porto Alegre e dá pra imaginar como eram esses encontros entre os estancieiros Bento Gonçalves, Onofre Pires, Manoel Vieira da Rocha e o anfitrião. Isto porque o cipreste ainda está firme e forte ao lado da casa restaurada para ficar igual à construção original.

Em 20 de setembro de 1835 os revoltosos tomaram Porto Alegre, comandados por Gomes Jardim (presidente da República Rio-Grandense durante a prisão de Bento Gonçalves), e assim começou oficialmente a Revolução Farroupilha (1835-1845).

Porto Alegre e o lago Guaíba vistos do cipreste
Porto Alegre e o lago Guaíba vistos do cipreste

Mas além de ir atrás das nossas origens, o objetivo desta viagem entre amigos blogueiros é mostrar as possibilidades de fazer turismo nas cidades históricas por onde passaram os guerreiros Farrapos. Neste quesito, bastou uma manhã para colocar Guaíba nos destinos para voltar quando estiver por Porto Alegre. 20 minutos de catamarã ou 31 quilômetros de estrada separam os dois municípios. E se Porto Alegre tem a fama do melhor pôr do sol, na outra margem do lago Guaíba é o nascer do sol quem comanda o espetáculo. Isto segundo os moradores porque se eu me atrasei para pegar o catamarã marcado para nove horas, imagina acordar com as galinhas! Vou me organizar pra isso e prometo uma foto da semana sobre o tema.

O que fazer em Guaíba durante um bate e volta

Jardineira é este ônibus amarelo
Jardineira é este ônibus amarelo

Passeio de Jardineira

Um veículo amarelo parte da estação hidroviária para um city tour por Guaíba com parada no sítio histórico onde está o cipreste de mais de 300 anos. A simpática guia vestida de prenda vai contando as histórias (não se limita só ao tema farroupilha) e mostrando os pontos de interesse por cerca de 50 minutos. E todo mês tem uma decoração diferente, pegamos o clima de festas juninas com direito a altar para fazer pedidos à Santo Antonio.

Nós e a guia no fundo do ônibus
Nós e a guia no fundo do ônibus
  • JARDINEIRA
  • O tour ocorre aos finais de semana e feriados nos horários: 10h45, 11h45, 13h, 14h, 15h, 16h15
 os sábados e 10h45, 12h, 13h30, 14h30, 15h30 nos domingos e feriados. Pode operar durante a semana com agendamento prévio pelos contatos 51.3219 4450 ou 51.99870330  ou   jardineiraguaiba@hotmail.com. Mais detalhes na fanpage.

    Compre o ingresso na hora em frente ao desembarque do catamarã.

     

    O casal Leão é o responsável pela Casa Gomes Jardim ser aberta ao público e conservada
    O casal Leão é o responsável pela Casa Gomes Jardim ser aberta ao público e conservada

    A Casa Gomes Jardim

    Dona Íris Leão espera os visitantes vestida de prenda
    Dona Íris Leão espera os visitantes vestida de prenda

    Construída para ser sede de fazenda Pedras Brancas, tem óleo de baleia e pedras nas paredes levantadas em 1793. Gomes Jardim foi morador no século seguinte, quando abriu suas portas para estancieiros e jovens empolgados com os resultados da Revolução Francesa discutirem um novo rumo para a terra tão explorada pelo Império.

    O tempo a modificou e o passado ficou anos esquecido. Foi escola e mercado até ser adquirida pela família Leão que solicitou o processo de tombamento. Estes novos proprietários restauraram a fachada original e há dois anos abriram as portas para manter vivos os ideias farroupilhas.

    Liberdade, igualdade e humanidade foram repetidos com vontade enquanto Dona Íris Leão nos guiava contando tudo o que havia passado por ali. De certa forma, podemos dizer que a revolução também terminou em Guaíba. Mesmo encerrada no acordo de paz assinado em Dom Pedrito, aquela casa foi o leito de morte de Bento Gonçalves e Gomes Jardim, os líderes mais envolvidos na Guerra dos Farrapos.

    A Casa Gomes Jardim quer se consolidar como museu expondo os objetos encontrados nas escavações realizadas no pátio e mostrando como era o cotidiano da fazenda através da mobília. E no final, chá com bolinhos de chuva especialmente preparados para nós, mas pode ser para qualquer um que agende a visita previamente.

    Casa de Gomes Jardim em Guaíba Casa de Gomes Jardim em Guaíba Casa de Gomes Jardim em Guaíba Roberta Martins no cipreste farroupilha

     

    • CASA DE GOMES JARDIM
    Aberta aos finais de semana e feriados entre 10h30 e 17h. Para visitar durante a semana ou provar os bolinhos, ligue para 51. 24801159 ou 51.99717796.

    É cobrado uma taxa simbólica de visitação.

     

    Fachada da Vitrine Cultural
    Fachada da Vitrine Cultural
    Primeira prenda mirim de Guaíba declamando poesias
    Primeira prenda mirim de Guaíba declamando poesias

     

     

     

     

    Vitrine Cultural

    Como o nome diz, é um espaço cultural para mostrar arte local e resgatar a história de Guaíba. Uma prenda e um gaúcho mirim proclamaram poemas e nos contaram sobre a indumentária folclórica ao som do violão.

     

    • VITRINE CULTURAL
    Localizada também no sítio histórico, abre de terça a domingo das 10h30 às 17h30. Visite o site da PREFEITURA.

     

    Mirante tem vista para o lago Guaíba e Porto Alegre
    Mirante tem vista para o lago Guaíba e Porto Alegre

    Mirante

    Painel descendo as escadarias do mirante
    Painel descendo as escadarias do mirante

    Parada obrigatória para ver Porto Alegre por outro ângulo em terra firme. Já tinha visto o mesmo cenário em passeios de barco e assim tem uma amplitude maior com menos vento e sem o movimento das águas. Fica em frente a Vitrine Cultural, mas vale descer as escadas e olhar pra trás para ver o painel ilustrando o berço da Revolução Farroupilha.

     

    Visão de quem almoça no Caisinho
    Visão de quem almoça no Caisinho

    Restaurante Caisinho

    Restaurante Caisinho
    Restaurante Caisinho

    Antes de pegarmos a estrada rumo a Camaquã, um almoço com vista, frutos do mar e excelente atendimento. Então me perguntei como morei dez anos em Porto Alegre e nunca pensei em atravessar o lago Guaíba para um almoço diferente na cidade vizinha. Vale para mudar os ares, pela paisagem e paladar.

    Caisinho em Guaíba Caisinho em Guaíba Caisinho em Guaíba Caisinho em Guaíba

    • RESTAURANTE CAISINHO
    Aberto diariamente para almoço e jantar menos aos domingos no endereço Avenida João Pessoa, 1240. Veja o cardápio no site.

    É bom chegar cedo porque o local é pequeno e concorrido como vimos no domingo.

    Esta foi a ordem do nosso roteiro inicial da viagem #RotaFarroupilha. Próximo destino: Camaquã

    Galpão Crioulo fica ao lado do cipreste e tem atividades agora na Semana Farroupilha
    Galpão Crioulo fica ao lado do cipreste e tem atividades agora na Semana Farroupilha

    Leia todos os artigos postados aqui sobre a Rota Farroupilha

    Aproveite que o Rio Grande do Sul é um excelente destino para viagens de carro e alugue o seu no site da Rental Cars.

    Fotos de Roberta Martins, Alexandra Aranovich e Paula Brum. Todas as atividades e alimentação foram cortesias para o projeto #RotaFarroupilha.

    Tome Nota Guaíba

    Como chegar a Guaíba: o jeito mais prático é pegar o catamarã em Porto Alegre. Só não posso contar como é a viagem porque perdi a hora e pra chegar a tempo de entrar na Jardineira fui de carro pela BR-116. Leva mais tempo conforme o trânsito ou se a ponte levantar para barcos passarem e ainda tem pedágio.

    Alexandra chegou na hora e fez a travessia sozinha, ela conta no Café Viagem.

    Guia RS pra levar na viagem e ler em qualquer aparelho

    Esta cidade é um dos destinos da Rota Farroupilha. Se prefere ter todo o conteúdo sobre este itinerário para consultar durante a viagem e ainda ter sugestão de roteiros com mapa interativo detalhado, adquira o guia Guia RS Rota Farroupilha >>

    A viagem #RotaFarroupilha é um projeto do Territórios em parceria com As Peripécias de uma FlorCafé ViagemMochilinha Gaúcha e participações especiais de Andarilhos do Mundo e da jornalista Criz Azevedo. O roteiro teve o apoio de empresas regionais como BC&M Advogados e Agropecuária Sallaberry, além do suporte do Sebrae Costa Doce e de algumas secretarias de turismo. A ideia surgiu ao saber da Rota Caminho Farroupilha elaborada pelo Sebrae RS e oferecida como pacote turístico pela Tchê Fronteira Turismo.

    © Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

    Roberta Martins

    Roberta Martins

    Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 12 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

    1 comentário

    Deixe uma resposta

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Chame via WhatsApp