Floresta dos Macacos Sangeh

Floresta dos Macacos em Bali


Quem pesquisa o que fazer em Bali, certamente vai encontrar a Floresta dos Macacos de Ubud em destaque. Na verdade, existem vários outros lugares para ver a mesma espécie de animais e três incluem Monkey Forest no nome. Visitei duas e deixo minhas impressões e como visitar a seguir.

As florestas, os macacos e o sagrado

Essas florestas são santuários para os macacos e eles são tão sagrados quantos os templos para os balineses. Nós turistas podemos visitá-las e assim colaborar financeiramente com a manutenção do lugar, seja pagando ingresso ou fazendo doações.

Acredita-se que os macacos são sagrados* e se aproximam apenas das pessoas de bem e respeitosas com o seu ambiente. Mas devemos estar cientes do quanto esses animais são atraídos por objetos brilhantes (nossas câmeras e adereços) com a intenção de roubá-los ou zoar da nossa cara mesmo. 

Família na Sagrada Floresta de Macacos de Ubud
Família na Sagrada Floresta de Macacos de Ubud

Portanto, o ideal é somente observar e interagir com cautela. Eles são fofos, brincalhões e bem espertinhos. Guarde qualquer objeto que possa chamar a atenção deles. Isto inclui celular, óculos, bateria e cartão de memória. Estava com uma câmera Canon grande com a alça amarrada no braço e foi tranquilo até precisar trocar o cartão de memória em Ubud. Abri a bolsa e troquei o mais rápido possível, mas uma mãe carregando seu filhote percebeu e fez de tudo para abrir a minha mão onde estava o cartão lotado com as fotos tiradas no dia. Foi preciso a distração do guia para eu escapar. 

Em outro momento um filhote se agradou da minha saia longa e entrou para baixo fazendo cosquinhas nas minhas pernas. Ainda bem eu estar sentada ou ele teria me deixado pelada de tanto puxar. Às vezes, colocava a cabeça para fora para expiar e quando ficou confiante na amizade entre nós, sentou ao meu lado e apoiou o braço. Ou seja, momentos fofos, aterrorizantes e de paz ditam o ritmo do passeio. 

Filhote apoiado em mim
Filhote apoiado em mim
Oferendas diárias na Floresta dos Macacos de Ubud
Oferendas diárias

Tri-Hita Karana Doctrine

*Conforme a doutrina hindu local, paz e liberdade são obtidas somente quando se praticas as 3 relações de forma harmoniosas:
1. os Deuses abençoaram a vida e criaram a natureza e tudo o que a pertence;
2. a natureza oferece suporte e sustento para as atividades humanas;
3. os humanos têm obrigação de construir templos, fazer oferendas diárias e preservar a natureza entre outros deveres.

Floresta dos Macacos Sangeh

É o santuário com maior quantidade de macacos em Bali. São 1000 da espécie long-tailed maquaques espalhados em 6 hectares de floresta e o templo Butik Sari (século XVII). A área é repleta de nogueiras gigantes trazidas de outro lugar, pois, não são nativas nem existem em outro ponto da ilha. 

Floresta dos Macacos Sangeh
Floresta dos Macacos Sangeh

Inclusive, Juliana relatou por aqui como foi visitar a floresta em 2012, agora é minha vez de deixar impressões mais atuais. A maior atração é se divertir com os macacos, comprar artesanato e conversar com os locais que te recebem ao chegar. Eles se oferecem voluntariamente como guia em uma caminhada e ao final levam a sua loja onde fiquei sem graça de não comprar algo. Mas valeu a pena por encontrar objetos interessantes e sem a muvuca dos comércios mais turísticos.

Neste dia, do mês de outubro, estava sozinha com um motorista me levando em alguns pontos interessantes do lado oeste de Bali. A sugestão do local foi dele e a fotos de paisagem não ficaram boas porque clima foi sempre nublado com chuvas esparsas. Bom para aliviar o calor, mas a umidade era densa e os bichos encharcados.

No pátio central há uma grande estátua de Garuda e dali partem os caminhos pavimentados para turistas explorarem a floresta. Apenas a exibição de morcegos gigantes para selfies em plena luz do dia foi desagradável como relatei no texto Vida selvagem nem sempre é entretenimento.

A Floresta dos Macacos Sangeh está localizada 20 km ao norte de Denpassar, próxima à vila de Sangeh. Na Jalan Brahmana Sangeh.

Horário: aberta diariamente das 8h às 17h.

Saiba qual o melhor transporte para circular em Bali no link.

Sagrada Floresta dos Macacos de Ubud

Já a mais visitada, abriga 600 long-tailed maquaques, mata nativa e templos, provavelmente do século XIV, durante a Pejeng Dynasty. O templo de Dalem Agung é o principal para os rituais diários. O Prajapati funciona nas cerimônias de cremação e o Templo do Banho Sagrado é usado para rituais de purificação.

Templo fechado para turistas em dias de cerimônia pode ser observado
Templo fechado para turistas em dias de cerimônia pode ser observado
Noiva em Bali
Noiva em Bali deve ter sofrido com todo esse brilho na frente dos macacos
Passarelas por caminhos refrescantes na floresta
Passarelas por caminhos refrescantes na floresta

Observar os locais nesta floresta é uma atração à parte. Além de trazerem oferendas para os macacos e limparem a bagunça feita por eles, alguns usam o cenário para fotos de casamentos bem típicos e rituais religiosos com elementos da natureza como as figueiras-de-bengala.

A Sagrada Floresta dos Macacos de Ubud tem fácil acesso a pé para quem se hospeda na região de Padangtegal. Fica na Jalan Monkey Forest e oferece estacionamento gratuito.

Horário: aberta diariamente das 8h às 18h.

Veja quais excursões incluem a floresta no roteiro em Bali.

Ao lado da praça principal, há uma ponte de pedra arqueada que leva à estátua de Lord Ganesh com vista para uma pequena piscina onde os macacos se divertem mergulhando.
Ao lado da praça principal, há uma ponte de pedra arqueada que leva à estátua de Lord Ganesh com vista para uma pequena piscina onde os macacos se divertem mergulhando

Tome Nota

Se ficou curioso para conhecer todas, a terceira Floresta dos Macacos de Bali é a menos conhecida. Fica ao norte de Denpassar, em Pancasari, próximo ao templo Ulun Dani Beratan. 

O templo em Uluwatu é outro santuário macacos em Bali.

Lembre de colocar a bateria 100% carregada na câmera e cartão de memória com espaço antes de entrar na floresta. E deixe o celular fora disso, os macacos tiram da sua mão com a maior facilidade e você vai ficar sem o aparelho e as fotos.

Atente as regras para visitar os templos de Bali no link, especialmente as mulheres.

Dicas para evitar problemas com os macacos

  • não os alimente, somente com as bananas vendidas na entrada, nem leve qualquer comida na bolsa porque eles sentem o cheiro;
  • guarde qualquer objeto brilhante, pequeno ou fácil de ser levado por eles;
  • não deixe a bolsa aberta ou use algo fácil de abrir, ou puxar;
  • se o bicho parecer agressivo, se afaste; se pular em você, jogue algo de comer no chão ou peça para alguém fazer isso chamando a atenção do animal.

Veja mais foto da Floresta dos Macacos de Ubud

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.