fbpx
Orfanato de elefantes

Emoção e informação em orfanato de elefantes


No dia 12 de agosto foi comemorado o Dia Mundial do Elefante, data criada para proteger e obter apoio para a conservação dos maiores e mais cativantes, na minha opinião, mamíferos do planeta.

Cabana identificada para cada filhote
Cabana identificada para cada filhote

Quando me perguntam qual bicho eu mais gostei de ver nos safaris pelo Quênia, respondo elefantes de cara. Nem tive aproximação de contato, mas só observar eles no seu habitat natural, interagindo com os outros ou apenas complementando a paisagem deixou essa certeza.

Agora eu pergunto, precisa chegar nessa ponto de ter que criar uma data para protege-los? Não deveria ser natural não matar esses bichinhos só pelo dinheiro ganho com o marfim? Como pode esses caçadores observarem uma manada com os filhotes e atirarem nas mães sem dó?!!! Apesar de ainda existirem cerca de 600 mil elefantes-africanos, esta realidade é alarmante porque os órfãos não conseguem sobreviver sozinhos, eles nem tentam, morrem de depressão em menos de um dia!

Hora de brincar na lama no orfanato de elefantes
Hora de brincar na lama no orfanato de elefantes

Orfanato de elefantes em Nairobi

Felizmente, algumas tribos tem a consciência da importância de preservar e avisam o David Sheldrick Wildlife Trust – o orfanato de maior sucesso no resgate e reabilitação de elefantes no mundo, assim que o assassinato acontece. Os veterinários voam até o local o mais rápido possível para trazer o animal até Nairobi, onde cada elefantinho tem um responsável (literalmente uma babá) que fica com ele 24h por dia até reduzir o perigo de morte. Inclusive na hora de dormir eles precisam de companhia no quarto, no local tem a cama do tratador e ele acorda na madrugada como uma mãe cuidando do seu bebê. Depois os filhotes vivem ali até completarem sete anos, quando são reintegrados à savana e o ciclo da vida continua.

Funcionários da organização servem uma mamadeira reforçada aos bicinhos
Funcionários da organização servem uma mamadeira reforçada aos bicinhos

Tive a oportunidade de visitar o DAVID SHELDRICK WILDLIFE TRUST e foi uma atrações mais interessantes e informativas de Nairóbi. O horário é restrito a uma hora por dia para ver os elefantes tomando mamadeira e brincando na lama. Eles vêm em dois ou três grupos, um de cada vez, são alimentados pelos tratadores que depois incentivam os bichinhos a se aproximarem da corda de proteção. Os mais calminhos se deixam tocar, outros brincam e dão banho de lama nos visitantes. Eu, grudada na corda, claro que fiquei marrom, toda respingada. Mas quem se importa, os elefantinhos encantam a todos: adultos, crianças e os funcionários.

Tome Nota

DAVID SHELDRICK WILDLIFE TRUST abre para visitas diariamente das 11h às 12h.

A organização também cuida de rinocerontes e precisa constantemente de doações e voluntários. É possível doar dinheiro, trabalhar lá ou adotar um elefante específico. Neste link explica como ajudar.

No dia havia uma mesa com cartões exibindo foto, nome e informações de cada elefante. Poderia ter adotado um na hora, bastava escolher uma foto, pagar U$50 por ano e receberia informações atualizadas sobre a vida do elefantinho por e-mail. O site é atualizado com informações dos novos órfãos, todos com nome, e explica detalhadamente como funciona a instituição.

A dica para quem vai a Londres em junho é participar ou acompanhar a RUN FOR ELEPHANTS, onde os participantes ganham os trajes para correr vestidos de elefantes e o valor arrecadado vai para David Sheldrick Wildlife Trust. Álvaro, do Correr pelo Mundo, foi no passeio comigo e contou, clique no site para ler a notícia.

A cor alaranjada dos animais é por causa do barro, eles se embarram para manter a pele resfriada e aguentar o calor. Veja mais fotos da hora do recreio dos elefantes no orfanato:

 

 

Veja todos os posts sobre os 10 dias no Quênia:

Brunch na savana africana

Luxo e vista no Hemingway’s Nairóbi

Meu encontro com os Masais

Lewa, o verdadeiro Safari Camp

Sea Safari e meus dias em Diani Beach (vídeo)

Acampamento luxuoso e selvagem no Olare Mara Kempinski

Dois dias na capital do Quênia

Um dia no Kisite Marine Reserve

O paraíso no Quênia (vídeo)

Babies africanos

Voo de balão

Safari a cavalo

17 coisas pra fazer antes de morrer

10 dias em 1 minuto (vídeo)

Fotos da Semana : CamaleãoLeopardoContador de rinocerontesBaobáDia Mundial do LeãoEstrela do mar e Girafa.

Esta viagem foi patrocinada pelo Kenya Tourism Board.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.