Bruhl

Dicas da Alemanha para viajantes


Durante os últimos dois meses de 2009 tive a oportunidade de morar na pacata cidadezinha de Brühl, no Estado de Renânia do Norte-Vestfália (Nordrhein-Westfalen). Antes disso vivia e cursava alemão no Instituto Goethe em Bonn, quando na época havia sido contemplado com uma bolsa de estudos da Fundação Heinz-Kühn. Essas duas experiências me permitem repassar uma série de hábitos e dicas da Alemanha.

Planejamento pré viagem

Quando viajar

Qualquer época do ano é agradável viajar para a Alemanha. Julho e agosto é o período de férias dos alemães e muitos viajam para outros países, então algumas cidades ficam menos movimentadas e neste caso é uma boa opção fazer aquele turismo com calma e poder apreciar os monumentos históricos, museus, relaxar nos parques e até mesmo ir à praia. As temperaturas nessa época do ano variam entre 18C e 25C. Em dezembro a atenção fica voltada para as feiras de Natal, que realmente são lindas, pois, dependendo da localidade costuma nevar bastante. Já as temperaturas despencam neste período e as mínimas podem chegar à casa dos -15C, dependendo da região. 

Dicas da Alemanha: em dezembro a atenção fica voltada para as feiras de Natal.
Em dezembro a atenção fica voltada para as feiras de Natal

Vistos

Cidadão brasileiro não necessita de visto para a Alemanha se o motivo da viagem for turismo ou negócios e o tempo de permanência no país for menos de 90 dias. Geralmente é concedido ao desembarcar no aeroporto da Alemanha o visto “Schengen”, que permite ao turista viajar pelos países do Tratado de Schengen. No total, são quase 30 países, incluindo todos os integrantes da União Europeia (exceto a Irlanda e o Reino Unido) e quatro países que não são membros da UE como a Islândia, Noruega, Listenstaine e Suíça, assinaram o acordo de Schengen.

Importância de comprar seguro de viagem

Somente os cidadãos da Comunidade Europeia podem usufruir do atendimento médico gratuito na Alemanha. Então, se você for viajar para o país, não esqueça de fazer um seguro de viagem para Europa antes de deixar o Brasil para evitar futuros problemas e gastos extras.  O Tratado de Schengen, conforme citado no texto acima, estabelece a obrigatoriedade da contratação de um seguro no valor mínimo de 30.000 EUR para todos os turistas. Esta norma é imposta para garantir que o turista possa pagar as possíveis despesas médicas surgidas durante a viagem, inclusive em caso de morte.

Encontre hospedagem na Alemanha

10 Hábitos e dicas da Alemanha 

Viver na Alemanha, mesmo que seja por um período curto, é uma experiência incrível. De lá trouxe alguns costumes que até hoje carrego comigo, já outros prefiro deixar na bagagem. A pedido da editora Roberta Martins, deixo aqui uma pequena lista que pude observar sobre os hábitos alemães. Afinal, qual deles você carregaria consigo?

1. Tirar os sapatos ao entrar em casa

Um costume típico alemão é não entrar em casa com os “sapatos da rua” (Straßenschuhe). É normal na casa de um alemão ele pedir para você tirar os sapatos/tênis e deixar na entrada, ao lado da porta. Para seu conforto, o anfitrião irá lhe oferecer uma pantufa extra bem quentinha, caso for inverno, ou um chinelo de dedos, se for verão.

2. Café sem açúcar

Os alemães são bem conscientes com o uso do açúcar (e o mal que faz) e não exageram nas medidas. No geral, bebem café sem açúcar e até os doces por lá, na minha impressão, são menos doces.

3. Pontualidade sempre

Jamais se atrase. Se atrasar, ligue e avise. Independente do que for, seja um encontro, uma reunião, um compromisso qualquer, seja pontual. O alemão gosta e se orgulha disso.

4. Ir direto ao assunto

Nada de “rodeios”, de ficar dando voltas para falar o que realmente quer. O brasileiro é campeão disso. Dá 500 voltas e não vai direto ao assunto, pois, tem medo de ofender o próximo. O alemão é curto e direto.

5. Paixão por carros

Os alemães são apaixonados por automóveis e adoram dirigir em alta velocidade. Claro, o país tem estradas (Autobahn) perfeitas para isso onde não há limite de velocidade (exceto em curvas acentuadas e proximidades de zonas urbanas).

6. Andar de bicicleta

Bicicleta também é um meio de transporte muito utilizado pelos alemães. Usam para ir à escola, ao trabalho ou mesmo para lazer. Quase todas as cidades têm ciclovias e existem regras de trânsito para os ciclistas. Diferente do Brasil, a maioria dos motoristas respeita os ciclistas na Alemanha.

7. Domingo é sagrado

Supermercados entre outros estabelecimentos comerciais não abrem no domingo, ou seja, este dia é “sagrado” para os alemães. É o dia de descansar com a família, dormir até mais tarde, passear, ou simplesmente relaxar. Se você precisar ir às compras, se antecipe durante a semana.

8. Cerveja na temperatura ambiente

Ao pedir uma cerveja em um pub, não estranhe se a bebida for entregue na temperatura “ambiente”. Cerveja estupidamente gelada, só vai encontrar mesmo no Brasil.

9. Água da torneira

A água da torneira em toda a Alemanha é potável. Pode beber sem medo algum, no entanto, há muito cálcio, o que pode ser prejudicial para quem tem cálculo renal, por exemplo.

10. Somente dinheiro

Carregue sempre dinheiro em espécie. Na Alemanha ainda é muito comum, principalmente nas pequenas cidades, os estabelecimentos comerciais aceitarem somente dinheiro.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Este artigo foi patrocinado, mas as opiniões aqui expressas são de livre expressão do autor.

Luciano Nagel

Luciano Nagel

Jornalista, gaúcho, 42 anos e casado com uma chilena. Atualmente trabalha como correspondente para alguns jornais de grande circulação do Brasil e exterior.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.