fbpx

Dicas aos viajantes Amsterdam


O que ver e fazer durante o inverno trago hoje no dicas aos viajantes em Amsterdam.

Dicas aos viajantes Amsterdam

Caminhar no centro passando pela DAM (praça central), ver o PALÁCIO REAL, a CENTRAAL STATION e DAMRAK – a agitada rua cheia de lojas e está época com liquidações de inverno e preços atraentes. LEIDSEPLEIN é uma praça com vários restaurantes e pessoas caminhando. Me chamou a atenção a quantidade de restaurantes de carnes argentinas. Carne boa e com preço bom.

Voldenpark
Voldenpark

VONDELPARK é o maior parque e mesmo com toda a neve estava cheio de gente passeando com cachorros, filhos, pedalando e até praticando um esporte que era desconhecido pra mim, caminhadas com ski como se fossem máquinas que vemos nas academias do Brasil. Os lagos quase todos congelados e os patos amontoados no restinho de água. JORDAAN é um bairro típico onde passam os famosos canais rodeados pelas casas tradicionais e tem a  casa de Anne Frank.

Jordaan
Bairro Jordaan

ENCONTRE HOTEL NA HOLANDA

RED LIGHT DISTRICT onde tem muitas coffee shops, sexy shops e as famosas vitrines com prostitutas, bom ir de noite para sentir melhor o clima do lugar. Achei seguro, tem gente de todo o tipo que vai só olhar.Mercados de rua da FLINKSTRAAT e CUYPSTRAAT tem comidas típicas, roupas e coisas legais novas e usadas. Souvenirs aqui custam bem menos que as lojas do centro. O mercado de rua da WATERLOOPLEIN  é o mesmo estilo mais perto do centro. No RIJKSMUSEUM conheci novos artistas como Arcamp e no Van Gogh foi possível entender visualmente a trajetória do mais famoso pintor holandês, vi quadros de todos os seus períodos artísticos. FOAM FOTOGRAFIEMUSEUM tem coisas bem modernas do mundo da fotografia.

Casas barco
Casas barco

Tome Nota

Hospedagem – HOSTEL STAYOKAY VONDELPARK – 28 euros por dia por pessoa, tem desconto com carteira de hostel. Ficamos num quarto com 2 beliches e banheiro, mas era só para nós 2. O café da manhã foi o melhor, variado com delicias como nutella. O astral das áreas comuns é muito bom, cheio de brasileiros e tinha promoção de Heineken pint de barbada. Ruim foi não ter cozinha comunitária, não poder comer nos quartos e ter que pagar para usar a Internet. RESERVE AQUI 

Outra opção são as “casas barco”. Casas completas sobre os canais com infraestrutura completa de água, esgoto, gás e telefonia. Tem várias para alugar, são mais caras que hostel, mas meus amigos que ficaram ali adoraram e nem sentiram o frio dos canais.

I AM AMSTERDAM CARD é ótimo para quem quer visitar alguns museus, principalmente o de 3 dias. Ganha transporte livre, descontos em restaurantes, passeio de barco e entrada liberada na maioria dos museus da cidade e são muitos. O ideal é ver os preços dos locais a serem visitados e ver se vale a pena o cartão. Tem de 1, 2 ou 3 dias. Procure as letras gigantes, são itinerantes. Encontrei na MUSEUMPLEIN.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

2 comentários

  1. Site muito bom, est’a nos meus favoritos.
    critica: moro em Amsterdam e quiz ler a respeito neste site. Gostaria de fazer uma pequena correcao. A ultima palavra do texto ‘e MUSEUMPLATZ que nao esta correto, o nome ‘e MUSEUMPLEIN. PLATZ ‘e Alemao e nao holandes.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.