Sitges

Descubra Sitges


Imagine uma cidade com praias lindas e ecléticas, uma atmosfera que mescla animação e tranquilidade com uma herança medieval arquitetônica notória. Imaginou? Essa cidade existe, se chama Sitges e fica a 30 minutos de Barcelona.

Sitges é um balneário encantador às margens do Mediterrâneo, repleto de casinhas brancas em contraste com mansões que vão do neoclassicismo ao modernismo. Cheia de bares e restaurantes bacanas e cosmopolitas, é conhecida como “Ibiza em miniatura”.

Leia todos os artigos sobre a Espanha

Leve o chip de dados desde o Brasil para chegar conectado.

Seguro viagem é obrigatório na Europa: saiba como comprar online

Playa de Terramar
Playa de Terramar

A cidadezinha está localizada entre o maciço Garraf e o mar, constituindo uma barreira natural que a beneficia com microclima de ótimas temperaturas médias e “somente” uns 300 dias ensolarados por ano. Quando chove em Barcelona, pode estar um sol de rachar em Sitges.

O vilarejo começou a ganhar status entre os intelectuais na década de 30, quando Rusiñol, famoso pintor catalão, resolveu instalar seu estúdio-casa no museu Cau Ferrat, transformando a cidade num centro de propagação do modernismo. Em meados dos anos 60, tornou-se um centro de resistência à ditadura franquista.

Nos anos após a ditadura, a cidadezinha com ar grego e clima favorecedor foi “invadida” pela juventude boêmia e artística, transformando-se numa cidade completamente gay-friendly e autêntica.

Porto de Aiguadolç
Porto de Aiguadolç

 

Atrativos em Sitges

Playa Barra
Playa Barra

As praias são belas e muito mais bacanas do que as da capital da Catalunha. Motivo? Limpeza, menos turistas, naturais em todos os sentidos, e mais aconchegantes. O destaque das praias vai para SAUSALITO, que conta com um chiringuito – como se chamam as barracas de praia por aqui – cheio de catalães legais e um menu barato e gostoso. Outra praia bem bacana que promove música ao vivo é a TERRAMAR, com um público mais familiar e mais reservado.

No centro da cidade, é bom desfrutar das várias galerias de arte, ateliês, palacetes medievais e feiras de artesanato. Outro símbolo desta pérola é a igreja Sant Bartolomé e Santa Tecla, com uma arquitetura do século XVII. Há alguns museus interessantes, como o Romântico, o Palau Maricel e o Cau Ferrat.

Escultura em homenagem à Santiago Rusiñol y Ramon Casas
Escultura em homenagem à Santiago Rusiñol y Ramon Casas
Detalhe do La Caleta
Detalhe do La Caleta

 

Ruela no centrinho de Sitges
Ruela no centrinho de Sitges

Muita gente não sabe, mas o fundador do famoso rum Bacardi nasceu aqui e há um museu que conta a história da família, da criação da marca e que nos faz ter uma experiência com demonstrações de cocktail e também como bartender. Ah! Também podemos beber os drinks feitos por nós ou pelo especialista, no final.

Noite e gastronomia em Sitges

Mesmo pequenina, Sitges tem uma vasta alternativa para todos os gostos: de bares gays agitadíssimos a pequenos achados entre as ruas estreitas; de restaurantes abarrotados no passeio marítimo a outros escondidos na beira de uma praia deserta, com todas as opções gastronômicas. Tem Sitges para tudo e todos.

Onde comer e beber em Sitges

Aberto todos os dias do ano e o dia todo, é um lugar que só quem conhece bem a cidade o frequenta. Entre a famosa praia de San Sebastià e o porto, o LA CALETA é aquele típico restaurante pitoresco catalão que ainda tem garçons espanhóis. A vista é incrível, a música é boa e a comida nem se fala.

La Caleta
La Caleta

Recém-aberto e único na cidade. Parece que o hotel AVENIA SOFIA não quer inovar somente na opção LEED de energia, que é o primeiro da Europa a possuir. Eles abriram a primeira cobertura de hotel da cidade e oferecem um menu diversificado e saboroso, que vai do sushi a cozinha mediterrânea. Aproveite para chegar antes do pôr-do-sol.

O PORTO DE AIGUADOLÇ possui vários restaurantes de opções gastronômicas diversificadas, barzinhos, hotéis e uma praia legal. Um lugar bem animado no verão e no inverno, frequentado por turistas ou por locais, o porto é sempre uma das melhores opções porque reúne tudo num lugar só. Do bife de chorizo até a “plancha de mariscos”.

Port
Port de Aiguadolç

A primeira PACHA foi aberta em Sitges, no ano de 1966. De lá pra cá, sucesso total no mundo todo, não é? A Pacha inaugural fica fechada durante o ano e abre para eventos pra lá de especiais durante o verão. Enquanto isso, no Porto de Aiguadolç, está a segunda Pacha, que funciona todos os dias do ano. E eles sabem bem como fazer festa.

Turistas aproveitando o porto (a dos drinks) - Está foi um detalhe dessas duas moças no porto, nãos ei exatamente se queres uma legenda mais detalhada ou só turistas no porto
Turistas aproveitando o porto
 

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Mayra Jinkings

Mayra Jinkings

Mayra Jinkings, em algum lugar entre a turista e a turismóloga, uniu o amor ao desbravamento de cidades ao amor pela escrita. Sente paixão pelo desconhecido e viaja sempre que pode, ainda que seja para a cidade mais próxima. Autora do O seu guia amigo de Barcelona.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.