compras no fim do mundo

Compras no fim do mundo


Ushuaia, a cidade mais austral do mundo, é mais um lugar para se passar bem. Bons hotéis e restaurantes, ótima infraestrutura para receber o turista e uma rua principal cheia de free shops para fazer compras no fim do mundo. O melhor é poder intercalar isso com aventuras na natureza.

Read in English

Ushuaia é a cidade mais austral do mundo
Ushuaia é a cidade mais austral do mundo

ENCONTRE HOTEL EM USHUAIA | LEMBRE DO SEGURO VIAGEM

Coisas pra fazer não faltam e três dias foi pouquíssimo tempo em Ushuaia. Foi preciso escolher e roteiro acabou assim: um dia no Parque Nacional Tierra del Fuego, uma manhã na Pinguineira e o resto para às compras. Outros passeios desejados foram contornar o Cabo Horn, passear de barco visitando outras ilhas com animais e esquiar no inverno. Ano passado dizem que a neve chegou a 1,5 metros de altura na cidade. Também tem alguns museus e o passeio de trem do fim do mundo, porém, achei as outras atrações mais interessantes.

Vitrine nas ruas de Ushuaia para acompras no fim do mundo
Vitrine nas ruas de Ushuaia

Compras no fim do mundo

Centolla viva
Centolla viva

As imagens deste texto não representam a quantidade de lojas e marcas encontradas na rua principal de Ushuaia. Um paraíso para praticantes de atividades ao ar livre pelas boas promoções quando o real não está tão valorizando. Uma pena ter sido o último destino da viagem ou teria deixado para comprar todos os equipamentos de trilha por aqui. Recomendo as lojas da Columbia, Timberland, entre várias outras de roupas e eletrônicos.

Aproveitei mesmo, provando as delícias da culinária local e fazendo uma dieta sem carne, afinal, os peixes são a melhor pedida. Os mais saborosos foram a truta e a centolla, este último o caranguejo gigante que aparece vivo na vitrine de muitos restaurantes.

Jantando no Tante Nina
Jantando no Tante Nina

Leia mais sobre a Patagonia argentina:

Campo de gelo sul

Laguna Nimez

O impressionante Perito Moreno

Trilhando a Patagônia

Él Chalten, a capital do trekking

Parque Nacional de los Glaciares

Trekking em Perito Moreno

Tome Nota

Não deixe de passar na OFICINA DE TURISMO para carimbar o passaporte, é a prova que estivemos no fim do mundo, dizem que pedindo te dão um certificado tipo diploma que comprova também, mas só fiquei sabendo disso depois. Encontrei duas oficinas, a que fica perto do mar tem um tipo a mais de carimbo. Pegue os folhetos e mapa da cidade.

Restaurantes:

BAR IDEAL – pub irlandês com ótimas refeições e dono simpático. Provei uma sopa de centolla e a típica merluza negra das profundezas do oceano.

TANTE NINA – gostei tanto que fui duas vezes, almoçar e jantar. Tem vista para o mar e os enormes navios de luxo que ficam ancorados. Comi a famosa centolla ao natural e a maravilhosa trucha almedrada das águas frias de Ushuaia. Sempre com um bom vinho argentino.

LOLA – lugar super agradável, fica no alto com vista para a cidade. A delícia aqui foi a salada de frutos do mar e salmão.

HospedagemHOTEL VILLA BRESCIA – o mais confortável de toda a viagem. Bem central e com ótimo café da manhã.

O centro de Ushuaia tem LOJAS com preços ótimos para comprar equipamentos esportivo e para camping, roupas e tênis de marcas como Timberland, Columbia, Salomon, entre outras. Infelizmente, já era o final da viagem, eu tinha pouco dinheiro e sem previsões para usar novos equipamentos.

Onde fica o Ushuaia? A cidade do fim do mundo fica na região mais ao sul da América do Sul. O último município da Argentina antes de chegar a Antártida.

Centolla no Tante Nina

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site, fotógrafa e guia de turismo. Há 13 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo. Saiba mais na página da autora.

2 comentários

  1. Oi, não consegui achar seu nome! Estou indo para Ushuaia amanhã à noite e farei poucas trilhas, mas não tenho bota, apenas um tênis Timberland. Pensei em comprar a bota lá mesmo porque a que gostei aqui custa mais de 400 reais. Você acha que será tranquilo e mais barato ou melhor já levar a bota? Se puder responder para meu email, agradeço! Abraços, Lina (lina_eco@yahoo.com.br)

    1. OI Lina

      Deixe para comprar lá, é muito mais barato e tem todas as boas marcas para trilha. Em ushuaia as trilhas são leves, dá pra fazer com tênis. Mas se for fazer outras trilhas pela Patagônia, indico uma bota impermeável e confortável.

      Boa Viagem, abraço

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.