Marrakech com a bagagem

Como chegar em Marrakech com a bagagem


Marrakech? Mas que diabos vou fazer em Marrakech?  Não pensem que sou fã de novela da Globo ou coisa parecida…a escolha de incluir Marrakech em nosso “roteiro europeu” (ah roteiro meu e do Lorea) não foi em vão. Mesmo sabendo que fugiríamos totalmente da organização dos países europeus, o que sinceramente não me incomoda em nada, mas o fato de estarmos muito perto de um país que nos traria algumas lembranças familiares valia  arriscarmos e colocarmos no roteiro. E hoje digo que foi a melhor escolha que fizemos.

Vista aérea de Marrakech
Vista aérea de Marrakech

O voo de Casablanca para Marrakech demora cerca de 30 minutos. Este voo é cheio de particularidades que só ao final você vai entender, por exemplo, porque as pessoas “brigam” para levarem suas malas na parte de cima da aeronave? Vou tentar ser breve para explicar este fato: o avião era minúsculo e, muito provável, não cabem todas as malas, ou seja, no seu voo só vão algumas malas. Isso quer dizer que você chegará ao seu destino mas a sua mala não. Mas podem ficar tranquilos (é vai ver que eu sou tranquila acima da média) que se a sua mala não vier no próximo avião, vem no outro, ou no outro, mas vem. E como os caras do aeroporto já estão acostumados, o procedimento é automático, eles imediatamente lhe encaminham para uma sala onde você aponta as características de sua mala, assina um documento com cópia do seu ticket de viagem e, depois aguarda ela chegar.

No aeroporto
No aeroporto

Como a informação era de que as malas poderiam chegar no próximo voo, resolvemos esperar mais uma hora no aeroporto. De qualquer forma ter ficado no aeroporto de Marrakech por mais um tempinho não foi tão ruim assim. O aeroporto é uma obra de arte e tem, ao estilo marroquino, ótimas acomodações. Já aproveitamos para fazer o cambio. A moeda marroquina é DIHAM, onde 1 euro equivalia a 11,20 diham, mas em toda a cidade nunca tivemos problemas de não aceitarem euro.

Interior do Riad
Interior do Riad

Depois de uma hora e pouco chegou o outro voo da Royal Air Maroc e adivinhem: só a mala do Lorea… bom como não queríamos perder um dia no aeroporto por causa de mala e, como todo o procedimento com relação as bagagens foi muito bem colocado: “elas vem mas não sei quando, ou hoje ou amanhã”, então resolvemos “esquecer” a minha mochila e ir para o nosso hotel (Riad) que fica na Medina.

Agora a preocupação era: como chegarmos ao nosso hotel (Riad)? Assim que você sai na porta do aeroporto os taxistas se aglomeram para saber para onde você vai e te oferecem todo o tipo de transporte. E todos eles falavam árabe, inglês, francês, italiano, a língua para se comunicar nunca será problema em Marrakech, inclusive no nosso Riad fomos atendidos, especialmente, por uma pessoa que falava espanhol – gentileza na casa!

Antes de entramos no táxi o Lorea já tinha combinado um preço, e como em toda a viagem negociar preço é o que mais se fez em Marrakech. O nosso táxi, e todos os outros, só vão até um determinado ponto da Medina, depois só a pé pelos labirintos. Assim que descemos do táxi já tinham vários meninos querendo nos guiar.

Conheça outros destinos no Marrocos: ChefchaouenFezVolubilis e acampamento no Sahara

Tome Nota Marrakech com a bagagem

De onde partimos: saímos de Lisboa – via aérea – com destino a Marrakech.  Com uma conexão em Casablanca. Optamos pelo avião por uma questão de tempo. Compramos a passagem através do site Edreams e escolhemos a empresa aérea – Royal Air Maroc.

A melhor opção é chegar de dia na Medina e sempre negociar antes um valor fixo com os guias. Eles nunca ficarão satisfeitos com o que você vai oferecer (se for só guiar até seu Riad 10 diham é suficiente). Nós chegamos à noite na Medina e confesso que é uma aventura indescritível.

Visto: não precisa para entrar no Marrocos. Precisamos só preencher um ficha com nossos dados, onde ficaríamos hospedados e outra informações. A entrada no país foi super tranquila. E você ainda terá a ultima página do seu passaporte carimbada. Veja outros posts e leia tudo o que precisa saber para planejar essa viagem em Destino Marrakech.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Ane Damasceno

Ane Damasceno

Anelise Damasceno, advogada, fascinada por viagens e apreciadora de novas culturas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.