queenstown

Queenstown, a cidade dos esportes radicais

Localizada na ilha sul da Nova Zelândia, Queenstown é montanhosa, arborizada e com clima gelado. Mesmo no mês de março, ainda no verão, as temperaturas eram de inverno!

Muito curioso são os significados da palavra Kiwi para os Neozelandeses: é uma fruta muito cultivada na região, um animal parecido com uma galinha que está em extinção e também o nome como as pessoas que nasceram na região são chamadas, excluindo os aborígines que são os Maoris.

Voo de paraglider
Voo de paraglider

Fiquei encantada com facilidade de viajar pelo país. Em todos os lugares por onde passei, a começar pelo aeroporto, existem casas de informações nas quais é possível comprar todos os tipos de passeios, passagens aéreas e terrestres, escolher hotel da faixa de preço que couber no bolso em qualquer cidade do país, pagando tudo no mesmo lugar com cartão de crédito e saindo com todos os vouchers.

Pulo de Bungy Jump
Pulo de Bungy Jump
Preparando para pular
Preparando para pular

Especialmente em Queenstown há um imenso cardápio de esportes radicais, podendo escolher de acordo com aquele que mais agrada ou o que tenha coragem de se aventurar. O mais famoso é o Bungee Jump, aliás suas origens são de lá! Há várias tipos, o mais alto é o Nevis com 134 metros de altura, o problema é ser longe da cidade. Eduardo, meu companheiro de viagem, escolheu um mais próximo de 43 metros, na ponte do rio Kawarau. Eu não quis arriscar, apesar de parecer bem seguro passando por uma pesagem na hora e as cordas elásticas sendo escolhidas conforme o peso da pessoa.

Com o kiwi gigante
Com o kiwi gigante
Margens do lago Wakatipu
Margens do lago Wakatipu

Queenstown é uma cidade interiorana, mas não faltam opções de restaurantes, passeios e lojas legais. É agradável ficar a beira do LAGO WAKATIPU, passear no parque às suas margens, andar de teleférico e olhar a paisagem lá de cima.

Arredores de Queenstown

Montanhas banhadas pelo oceano
Montanhas banhadas pelo oceano

Também indico um  passeio legal  que fizemos – Mildford Sound, onde andamos numa espécie de cruzeiro nos fiordes que são montanhas banhadas pelo oceano com paisagens bem diferentes.

  • TOME NOTA
O dólar Neozelandês estava barato, na faixa de R$ 1,30, o que tornou a viagem bem em conta.
As casas de informação fecham às 17h, portanto se ainda não tiver hospedagem tente chegar antes desse horário.

Veja mais fotos da Nova Zelândia:

Queenstown, a cidade dos esportes radicais
Vanessa em Mildford Sound

Queenstown, a cidade dos esportes radicaisQueenstown, a cidade dos esportes radicais

 

©Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Vanessa Brentano

Vanessa Brentano

Vanessa Brentano é farmacêutica, aventureira e insaciável por conhecer novas culturas e lugares.

2 comentários

  1. Oi Guilherme

    Obrigada pelo elogio! Ainda não conheço a Nova Zelândia, mas esta na lista quando eu voltar na Austrália.

  2. Queenstown é uma de minhas cidades favoritas no mundo. Tanta coisa pra fazer, os esportes, baladas ou um simples passeio. Tudo é fantástico!!!

    Parabéns pelo blog!!!

    Até + !!!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

WhatsApp us