AirBnb em São Paulo

Usei o Airbnb e gostei

Decidi experimentar o Airbnb em recente passagem por São Paulo e conto o que é, se achei seguro, dicas de como usar, onde fiquei e se gostei.

Airbnb é a maior plataforma de hospedagem alternativa do mundo. Uma espécie de imobiliária que funciona como rede social conectando quem tem disponibilidade em sua casa a quem procura um lugar pra ficar e se sentir em casa. Baseado em confiança mútua, é possível alugar um local, com ou sem a presença do proprietário, que pode variar de uma barraca no quintal a um quarto com banheiro compartilhado, de uma casarão inteiro a um van ou ainda, de uma casa na árvore até onde a criatividade deixar.

Página inicial para escolher o destino, datas e número de hóspedes
Página inicial para escolher o destino, datas e número de hóspedes

Presente em 190 países e milhares de cidades é um sistema seguro, desde que o hóspede se atente à detalhes antes de confirmar a reserva:

> Observe se as informações do local e regras da casa servem aos seus interesses;

> Leia as resenhas deixadas por quem se hospedou no local;

> Verifique se um amigo, ou amigo de amigo, conhece o anfitrião ou já se hospedou no lugar;

> Entre no perfil do anfitrião para ver os comentários e se possui identificação verificada pelo Airbnb;

> Converse com os anfitriões por mensagem e tire todas as dúvida com eles;

E precisa ser seguro também para quem está entregando as chaves da sua casa a um estranho. Por isso é importante cada um criar o seu perfil o mais completo possível e sempre deixar o feedback da experiência. Quem aluga tem a propriedade assegurada com o Airbnb, mas também precisa tomar alguns cuidados antes de confirmar a reserva e pode não te aceitar como hóspede.

Clique aqui para se cadastrar no site do Airbnb e ganhar 25 dólares de desconto

O banheiro exibido no site compartilhada pelos hóspedes de dois quartos
O banheiro exibido no site é compartilhada pelos hóspedes de dois quartos

Como funciona o Airbnb ou como pesquisei

Quando decidi pelo Airbnb já tinha em mente um preço limite e uma região em São Paulo, então comecei usando os filtros porque as opções eram muitas.

Selecionei quarto inteiro e eliminei todos os que não tinham resenha. Tem como salvar os favoritos para fazer a pesquisa com calma e assim fui lendo os comentários, avaliando as fotografias e restringindo os quartos.

Acabei escolhendo o QUARTO CONFORTÁVEL EM ÓTIMA REGIÃO, da anfitriã Celina. Primeiro trocamos mensagens, então ela me aceitou e passou as informações de como chegar a casa. Localizada no bairro Indianópolis, zona sul de São Paulo.

Lugar estiloso para trabalhar no quarto
Lugar estiloso para trabalhar no quarto
A cama de solteiro
A cama de solteiro

 

Como foi a estadia

A bandeja onde deixei minhas comezinhas e o chimarrão
A bandeja onde deixei minhas comezinhas e o chimarrão

Celina estava me esperando no horário combinado, me entregou as chaves e apresentou as instalações. Na cozinha eu tinha uma bandeja, uma prateleira na geladeira e podia usar todos os utensílios. O quarto era uma graça, arejado e limpíssimo, e o banheiro (todo branco) compartilhado com os hóspedes do quarto ao lado. Também disponível no Airbnb. Ela mora lá e permite circular por todas as áreas comuns.

Eu me senti em casa e adorei nossas conversas. Foram cinco dias em ambiente silencioso para dormir e trabalhar e surpreendente perceber como o astral do momento deixou a hospedagem melhor do que as fotos do site mostram.

Enfim, foi mais confortável e tranquilo do que ficar em hostel, no entanto, tem menos mordomias do que um hotel. Eu, acostumada a ficar na casa de amigos e parentes com frequência, achei as experiências muito semelhantes. Apenas a sútil diferença de estar pagando pela hospedagem, o que pode diminuir a possível sensação de que o anfitrião está te fazendo um favor. Na verdade ambos se ajudam seja pelo financeiro, seja pela companhia.

Área externa da casa
Área externa da casa

Tome Nota

Depois de usar o sistema, avalie e seja avaliado para a rede de confiança aumentar e ajudar um número maior de viajantes.

Identificação verificada é quando o Airbnb legitima dados do usuário como documentos e telefones para evitar perfis falsos.

O pagamento é feito na hora da reserva, mas fica retido pelo Airbnb até a confirmação da hospedagem, podendo ser estornado conforme a situação (exceto pela taxa de serviço).

Minha única reclamação era o pagamento em dólares, mas isto foi resolvido e agora é direto em reais sem conversões ou impostos. Pode ser pago via Paypal, boleto bancário ou cartão de crédito nacional com opção de parcelamento.

O custo é relativo e nem sempre é mais barato que hotel. Alguns anfitriões elevam os preços como forma de selecionar os interessados e podem oferecer oportunidades tão interessantes quanto os mais exclusivos hotéis.

Em determinadas jurisdições existe um imposto para usar o serviço, o que pode encarecer o valor da diária.  

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Fotos de Roberta Martins e Airbnb.

Conheça 6 hostels em São Paulo

8
8
Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 10 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

2 comments

  1. Oi,Roberta
    adorei saber do Brasil tb,em outubro vou usar essa rede pela 1ª vez e estava bastante insegura inicialmente.
    achei ótimo poder parcelar o pagamento.
    foi bom saber da sua experiência.
    beijocas

    1. Que bom ajudar Lilian. Eu certamente vou usar nas próximas viagens. beijos

Deixe uma resposta