Bali

Transporte em Bali: qual o melhor custo benefício?

A Ilha de Bali é bem maior e mais caótica do que eu pensava, as atrações são distantes e os engarrafamentos são frequentes. Portanto, é importante saber e definir antes as opções de transporte em Bali, principalmente quem vai ficar poucos dias. Neste texto conto qual utilizei e trago informações úteis pra ajudar na escolha.

Ano passado fiz três viagens a Bali sempre tendo que escolher entre diversas opções porque o tempo disponível nunca era suficiente para fazer tudo como eu gostaria. Optei por contratar um MOTORISTA GUIA COM CARRO e achei o melhor custo benefício na época. Se eu tivesse mais tempo livre, com certeza iria explorar o transporte público e alugar uma moto como fez meu irmão. Moto é o transporte mais popular e o melhor custo benefício para quem se anima a dirigir na mão contrária em um transito caótico e tem a PID (Permissão Internacional para Dirigir).

Transporte em Bali: Motos predominam
Motos predominam em Bali

ENCONTRE HOTEL EM BALI | NÃO ESQUEÇA DO SEGURO VIAGEM

Transporte em Bali

Todo mundo fala em Bali como se fosse uma cidade única, mas o território é dividido em municípios e estes não ficam próximos uns dos outros. Uma solução pra ganhar tempo é se hospedar em diferentes regiões considerando os interesses. Desta forma, me hospedei em Nusa Dua por ser perto do aeroporto, litoral e na mesma península de Uluwatu; depois em Ubud pela posição central em relação à maioria das atrações; e na última ida fiquei em Seminyak para conhecer as praias e templos do lado oeste como Tanah Lot.

Em cada um desses lugares contratei um motorista guia para passar o dia comigo. Liguei para um contato recomendado por amigos, que me atendeu um dia enviando um parente por estar ocupado aquela semana, e chamei pessoas recomendadas pelos hotéis onde estava hospedada.

Contratar um motorista

Quase todas as pessoas com um carro pelas ruas de Bali são motoristas oferecendo serviço de transporte. Porém, a maioria faz de forma informal. Uns fazem apenas o translado e outros são guias, estes recomendam lugares e dão uma aula de cultura e história. Uma minoria fala bem inglês e até português, mas estes só com recomendação de amigo que realmente usou o serviço. Tive problemas de comunicação com o motorista contratado em Ubud, ele demostrava me entender, mas não estava e perdemos tempo indo a lugares errados. Foi simpático e tentou agradar, mas foi impossível não comparar com o motorista de Nusa Dua que sabia se comunicar bem e fugia dos engarrafamentos. Já o motorista de Seminyak me deixou com medo pelo jeito agressivo de dirigir.

O motorista I Wayan foi extramente atencioso e educado com minha mãe
O motorista I Wayan foi extramente atencioso e educado com minha mãe

I WAYAN foi recomendo pelo hotel Mantra e me levou nas praias e templos de Uluwatu e Nusa Dua. Contate por +6281 2370 93628 ou wayanmantra146@yahoo.com.

DANU é o motorista recomendado pelo meu irmão que levou a família dele para passar o dia em Ubud. Contate por +62 81 338 327 104.  

UBER ou TÁXI se enquadram no mesmo estilo de transporte e funcionam bem quando não precisa de guia e sabe exatamente onde quer ir. Tentei usar Uber e não consegui pela demora, sempre cancelei e peguei motorista na frente de hotéis por ser mais rápido. O App Bluebird é uma alternativa ao Uber e trabalha com táxis oficiais. Foi recomendado por vários locais, mas acabei não usando. A dica para pegar táxi na rua é verificar se tem taxímetro, nem sempre vai encontrar um. Neste caso, confirme antes o valor da corrida para evitar surpresas.

Alugar moto ou carro

Transportam de tudo em cima da moto
Transportam de tudo em cima da moto

Meu irmão já foi a Indonésia algumas vezes e contou as primeiras impressões por aqui. No início alugava moto por ser mais barato e ter a liberdade de circular se esquivando dos engarrafamentos. Tudo mudou quando ele começou a VIAJAR COM O FILHO e achou muito arriscado levar o pequeno na garupa. Então preferiu chamar um carro com motorista do que alugar um veículo, afinal o custo seria praticamente o mesmo sem se estressar com o trânsito ou se perder pelas estradas. As rodovias não tem acostamento, a direção é na mão inglesa e o PID é obrigatório.

Transporte público e turístico

A opção mais barata não cumpre horários, portanto é mais para passar o tempo conversando e vendo a rotina dos locais do que visitando atrações. Existem linhas de ônibus turístico ligando as principais praias do sul como alternativa, mas também se atrasam em função dos engarrafamentos.

Alugar bicicleta

Quem viu Comer, rezar e amar certamente pensou em alugar uma bicicleta em Bali. Pelo menos eu me imaginei percorrendo os terraços de arroz e vilarejos pedalando como a personagem do filme. Pensei e desisti ao perceber o perigo do trânsito logo ao chegar. Mesmo assim, ainda tinha esperança de Ubud ser mais tranquila. Triste ilusão, mas não impossível. Existem tours organizados mais seguros e eu só me animei a pegar a bicicleta do hotel na primeira hora da manhã. Saí pelas ruas mais vazias sem me afastar muito, os perigos foram cachorros soltos e motos em alta velocidade que surgiam do nada. Andar de bicicleta na Indonésia só foi prazeroso em Gili Island.

Bicicleta pelas ruas de Ubud
De bicicleta pelas ruas de Ubud

Tome nota: transporte em Bali

Transporte em Bali a partir do aeroporto: O movimentado AEROPORTO INTERNACIONAL NGURAH RAI DE DENPASAR é único na ilha. Embora não chegue a ser um hub na Ásia como o aeroporto de Singapura, recebe voos de vários países e conecta com todas as regiões da Indonésia. Esta localizado no sul de Bali com transporte para qualquer lugar na ilha. Na saída será abordado por várias pessoas oferecendo táxi, nem todos são oficiais e confiáveis. Sugiro ir no balcão oficial, perguntar o preço até o endereço desejado e seguir com eles.

Também pode chamar Uber ou Bluebird e encontrar o carro na rua. E o jeito mais barato é dica de um amigo surfista frequentador assíduo de Bali. Ele sai do aeroporto, caminha uma quadra e pega qualquer motorista na rua. Diz pagar metade do valor oferecido dentro do aeroporto e nunca teve problema. Eu ainda não tive esta coragem pelos equipamentos que levo comigo, talvez entre amigos, eu arrisque.

Vocabulário bem básico de Bahasa (idioma local):

  • Bom dia = Selamat Pagi
  • Por favor = Tolong
  • Quanto? = Berapa?
  • Qual o preço? = Berapa harganya

Receba dicas no seu email ao assinar nossa  lista sobre Ásia

 

©Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Se achou útil, Flip it! Se gostou das imagens, Pin it!

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

Deixe uma resposta