Pousada do Sobrado em Bagé

Pousada do Sobrado em Bagé, um hotel fazenda pra voltar no tempo

Em pleno pampa gaúcho, a Pousada do Sobrado ocupa um casarão de 1820 dentro das terras que já estão na quarta geração da mesma família. E a proprietária estava lá quando me hospedei para confirmar como o atendimento no interior do Rio Grande do Sul é mais caloroso do que se imagina. Beth e Cátia estavam disponíveis para longos papos sobre os mais diversos assuntos e, claro, sobre as histórias da fazenda.

A hospedagem ganhou fama ao sair em revistas como o local de descanso escolhido por artistas durante as regravações do filme O Tempo e o Vento. Galãs como Tiago Lacerda e o diretor Jaime Monjardim adoram dormir por lá.

Parte da casa colonial onde ficam os quartos mais interessantes
Parte da casa colonial onde ficam os quartos mais interessantes
Penteadeira em um dos quartos com objetos antigos
Penteadeira em um dos quartos com objetos antigos

O barulho de caminhar no piso de madeira centenário, ouvir as batidas do relógio de corda e se perder em pensamentos observando a vista através das enormes janelas, remetem ao aconchego de se sentir em casa quando se visita os avós ou parentes no interior. Talvez esta seja uma referencia muito pessoal porque a minha família é de Bagé e frequentei muitas fazendas quando criança, mas foi como me senti e certamente muitos irão compartilhar esta mesma sensação. Para os outros será a novidade de experimentar um passado tão bem preservado.

O interior da casa principal abriga quatro quartos decorados com objetos e móveis da época, assim como todos os ambientes comuns aos hóspedes. Apenas os banheiros são contemporâneos, os colchões são novos e a sala da família é preenchida por fotos e mobiliário de décadas mais recentes.

 

Conjunto de móveis antigos combinados
Conjunto de móveis antigos combinados

A minha Suíte na Pousada do Sobrado

Com vista para o quintal e bastante espaço no quarto, é dividida em três ambientes para até três pessoas em camas e duas no sofá cama da sala. Em duas pessoas, ficamos bastante confortáveis e acabamos dormindo além da hora desejada devido ao silêncio e a escuridão do ambiente. Achei que ainda era madrugada e já passavam das oito da manhã. Na sala ainda tem lareira, televisão e frigobar. E o wifi funciona bem por toda a casa.

Móveis antigos conservados no quarto
Móveis antigos conservados no quarto

Na cômoda, combinando com o conjunto: roupeiro, bidê, cabide e cama, encontrei roupão, toalhas, amenidades, lençol térmico e até um tipo de cofre antigo. Era uma gaveta com chave escondida dentro da gaveta maior. Um charme!

A sala com televisão e lareira
A sala com televisão e lareira
Mesa e frigobar dentro da suíte
Mesa e frigobar dentro da suíte

 

O Café da Manhã

Diferentes pães, cucas, chimias, frios, iogurte, frutas da estação e suco natural são servidos na sala de jantar, conforme a quantidade de hóspedes. No primeiro dia éramos duas ocupando apenas uma ponta da mesa e no segundo haviam mais dois casais, motivo da mesa cheia e das horas batendo papo com os viajantes.

A mesa de jantar onde é servido o café da manhã
Na mesa de jantar onde é servido o café da manhã até a toalha é centenária
Salamandra esquenta a sala de jantar
Salamandra esquenta a sala de jantar

Eram argentinos que todos os anos viajam de carro ao Brasil e a cada nova ida escolhem parar em um local diferente. Assim como eles, milhares de brasileiros viajam de carro direto ao Uruguai e não percebem a oportunidade de conhecer lugares pitorescos como este no meio do caminho. Bagé fica distante apenas 62 quilômetros da fronteira mais próxima, em Aceguá.

Mesa farta com delícias caseiras
Mesa farta com delícias caseiras
O relógio e a cristaleira complementam o ambiente
O relógio e a cristaleira complementam o ambiente

 

A fazenda

Nos arredores tem um vasto terreno para fazer trilhas, observar aves e andar a cavalo. Sem precisar se afastar muito, tem o lago com pedalinhos, um caminho entre bambus e um jardim escondido com direito a sentar na cadeira petrificada que há séculos emana uma energia especial aos que ali se acomodam.

Vista para o lago
Vista para o lago

Se destacando no lago, um chafariz de pedra de 180 anos é igual a outro construído pelo mesmo arquiteto no interior da França (desculpe não lembrar o nome). Na época, a família encomendou o projeto e como ninguém em Bagé tinha capacidade de construir aquela obra, trouxeram o arquiteto francês para concluir pessoalmente. Só para ter uma ideia do poder das famílias gaúchas no século XVIII.

O chafariz franco brasileiro
O chafariz franco brasileiro

E por fim, além do conforto é um privilégio estar no meio da natureza a qualquer hora do dia ou da noite. Ao redor da casa vivem e interagem com os hóspedes pavões, marrecos, pássaros e o chamativo galo chamado Ney Matogrosso.

O galo Ney Matogrosso
O galo Ney Matogrosso
O peru falante
O peru falante

 

 

 

 

 

 

O ganso invocado
O ganso invocado
O pássaro bonitão
O pássaro bonitão

 

 

 

 

 

 

 

  • TOME NOTA

POUSADA DO SOBRADO acomoda até 30 pessoas em 8 suítes e pode fechar para eventos nos finais de semana. Por isso é bom reservar com antecedência se a data escolhida for entre sexta e domingo.

A propriedade possui cenário perfeito e parece oferecer ótimos serviços para celebrar casamentos, aniversários e reuniões empresariais. São duas áreas reservadas a eventos com piscina, churrasqueira e salão de festas. Uma delas agrega o jardim escondido e banheira de hidromassagem.

Área de eventos com piscina vista do jardim
Área de eventos com piscina vista do jardim

Para quem viaja com crianças ou animais de estimação, existe a opção de quatro suítes externas. São rústicas e confortáveis com móveis atuais, cozinha e até um forno de barro no pátio. Por motivo de preservação, crianças não são permitidas na casa principal.

Como chegar: a localização é afastada do centro da cidade, porém próximo ao pórtico de entrada e a poucos metros da rua pavimentada. Fica na Estrada dos Terras s/n, no bairro Getúlio Vargas. Quem vem pelo pórtico, deve entrar na rua do posto de gasolina à esquerda, na segunda rotatória, e seguir até o final quando, à direita, surge um caminho de terra que metros depois passa por um pequeno túnel (caminho do trem) e logo se vê a casa em estilo colonial.

VER VALORES

O poço do quintal no final do verão
O poço do quintal no final do verão
Belos cenários mesmo em dia nublado
Belos cenários mesmo em dia nublado
A cadeira petrificada presenciou séculos de histórias
A cadeira petrificada presenciou séculos de histórias

A hospedagem foi cortesia.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais.

Esta é um dica de hospedagem para quem deseja conhecer os Vinhos da Campanha, veja o roteiro completo

 

9
9
Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 10 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

4 comments

  1. Muito bom esse texto.
    Conheço a pousada e aprendi mais um pouco com ela.
    Mas a mágica do lugar é inexplicável.
    Conheça. Você não vai se arrepender.

  2. Que lugar top hein Roberts, lindo demais e com esse frio deve estar demais, muito bom o texto.

  3. Já nos hospedamos lá. Um lugar maravilhoso, pessoas acolhedoras e atenciosas.

  4. Maravilhoso lugar!! Tenho lembranças linda deste lugar!!!

Deixe uma resposta