Embaixada americana em Montevidéu

Onde é mais rápido tirar o visto americano?

Indicado para quem mora no sul do Brasil, solicitar o visto para os Estados Unidos em Montevidéu é muito mais organizado e prático do que em São Paulo. Essa foi a dica fornecida por meus conterrâneos já há algum tempo e resolvi colocar à prova semanas atrás. Sou natural de Pelotas, no extremo sul do país, onde a maioria viaja até o Uruguai quando precisa tirar o visto americano.

Estava em São Paulo e me informei por telefone com o consulado americano, mas este não sabia dizer nada além de preencha o formulário, pague e depois de 2 dias úteis marque entrevista. Expliquei uma situação de emergência e a resposta continuou sendo a mesma como se fosse um disco arranhado. Então fui para internet e achei um site oficial dando previsão de tempo para o agendamento conforme o local: 3 dias para São Paulo contra 1 dia para Montevidéu. E em São Paulo o processo leva 2 dias, um para a coleta dos dados biométricos e outro para entrevista em locais diferentes. Enquanto em Montevidéu é tudo feito em cerca de duas horas na Embaixada Americana.

Página mostra a previsão de agendamento de entrevistas no mundo todo
Página mostra a previsão de agendamento de entrevistas no mundo todo

Previsão de dias de espera até o final da entrevista:

São Paulo 5 x 2 Montevidéu

Como já tinha viagem marcada para Pelotas na semana seguinte, resolvi não arriscar esperar os 5 dias úteis e comecei o processo via Uruguai. Em minutos preenchi o formulário, paguei com cartão de crédito, recebi a confirmação e já tinha a entrevista agendada. Inclusive, se eu não estive quilômetros distante poderia ter marcado para dia seguinte.

Entendeu porque o pessoal do extremo sul do Brasil nem cogita vir a São Paulo? Montevidéu fica 590 km de Pelotas e tem ônibus leito diariamente. Porto Alegre fica a 803 km (Poa-SP 1129 km) e além do ônibus tem voos diários. Conforme a urgência e o custo de viajar para um lugar ou outro, também é uma possibilidade viável para quem for de Santa Catarina ou Paraná. Quem for de qualquer outra cidade e pretende passar uma semana em Montevidéu, já une o útil ao agradável com menos burocracias.

Se decidiu tirar o visto americano em Montevidéu, vou deixar o passo a passo e dicas de documentação abaixo. O procedimento também vale para solicitar o visto no Brasil, exceto para coleta de dados biométricos no CASV, realizada um dia antes da entrevista. Veja detalhes sobre esta etapa no Call Center.

 

Por onde começo?

  1. PREENCHA O FORMULÁRIO DS-160

O primeiro passo para solicitar o visto americano é preencher o formulário DS-160 no U.S. Department of State. No espaço para selecionar a localização, mova a barra de rolagem até o final e marque URUGUAY, MONTEVIDEO. Pode marcar qualquer um daqueles países que vai preencher o mesmo formulário, mas só poderá fazer a entrevista e retirar o passaporte no local indicado neste momento. Se mudar de localização perderá o valor pago e toda a solicitação deverá ser realizada desde o início novamente. Atenção neste momento porque muitos tem errado!

Página para preencher o formulário DS-160
Página para preencher o formulário DS-160

O formulário deve ser preenchido em inglês com informações precisas, se houver divergências nos dados o processo pode ser invalidado. Se não sabe inglês, passe o mouse em cima da pergunta para abrir uma caixa com a tradução. Como escolheu Uruguai, a tradução será em espanhol. Responda as pergunta com atenção e vá salvando a cada página. Se a internet cair utilize o número fornecido no início do processo para recomeçar. Um código de barra confirmando o preenchimento será enviado ao seu e-mail, ele será necessário no dia da entrevista.

 

  1. FAÇA O PAGAMENTO

Para visto de turista não imigrante a taxa única é de U$160, para outras categorias veja a lista no site. É feito com cartão de crédito no site do agendamento. Veja instruções de cadastro no site no próximo item.

 

  1. AGENDE A ENTREVISTA

Com o número recebido por e-mail confirmando a solicitação, faça o cadastro no site (este link se marcou no Brasil) da Embaixada e continue o processo. Primeiro é feito o pagamento com cartão de crédito, para isso, siga as orientações da página até esta opção aparecer. Então um calendário mostra as opções de datas. Clique e aguarde o e-mail de confirmação.

 

  1. PROVIDENCIE OS DOCUMENTOS

Imprescindíveis são passaporte válido, carteira de identidade, foto para o visto (tamanho enviado no e-mail e só vale no Uruguai) e a página de confirmação com o código de barras do formulário DS-160. Podem não pedir nada além desses, mas se tiverem dúvidas, vão solicitar comprovação do que foi preenchido no formulário e isso varia pra cada pessoa. Leve o que for necessário para provar que vai fazer turismo e seus vínculos com o Brasil como:

  • 3 últimos extratos bancários e do cartão de crédito;
  • Comprovante de renda;
  • Se não tiver como comprovar renda, declaração de outra pessoa com respaldo financeiro, bem como os comprovantes de renda desta pessoa;
  • Certidão de registro de imóvel;
  • Contrato de trabalho;
  • Passaportes anteriores com carimbos e vistos;
  • Reserva do bilhete aéreo;
  • Reserva de hotéis;
  • Se houver carta convite;
  1. NA HORA DA ENTREVISTA

Mantenha a calma e fale sempre a verdade confirmando os dados que apresentou no formulário. No meu caso, nenhum documento além do imprescindível citado acima foi solicitado, mas levei uma papelada para não arriscar. Conto como foi:

Cheguei na hora marcada e havia uma pequena fila na porta da Embaixada onde pediram RG, o código de barras e o passaporte. Esperei uns 10 minutos, passei pelo detector de metais e pediram para deixar bolsa com celular, tablet… e levar somente o necessário. Diferente de São Paulo (vai sem bolsa ou tem que pagar o guarda volumes), te dão uma chave do armário sem custo. Aguardei ser chamada sentada em ambiente com ar condicionado por uns 30 minutos e fui para a sala da entrevista.

Estava lotada, mas todos sentados sendo chamados nos guichês. Eram cinco e cada um tinha uma função realizando um rápido atendimento. Nos dois primeiros entrega a confirmação, foto e passaporte; no terceiro coleta os dados biométricos e aguarda ser chamado pelo nome (foram uns 50 minutos de espera); e no quarto ou quinto acontece a entrevista em pé. Ele me perguntou para onde eu iria e as datas da viagem, viu que tenho alguns carimbos no passaporte e perguntou um detalhe de uma viagem específica. Sorriu com a minha resposta e aprovou meu visto para 10 anos. Acho que não durou 5 minutos.

 

  1. RETIRE O PASSAPORTE

No final da entrevista o atendente dirá em quantos dias poderá buscar o seu passaporte com o visto aprovado e pedirá para aguardar a confirmação da data por e-mail. No momento do agendamento havia a opção de locais para retirar e eu escolhi no bairro Ciudad Vieja, escolha onde for mais conveniente. Os locais são lojas da DHL (tipo Correios) e, se tem amigos de confiança na cidade, pode escrever uma autorização de próprio punho permitindo que esta pessoa retire o seu passaporte em seu nome. No mesmo momento a pessoa já pode enviar via DHL para seu endereço no Brasil. O custo de envio fica em torno de R$ 170 (1569 pesos uruguaios).

Agora uma dica que se eu não estivesse antenada ficaria mais tempo esperando o e-mail. Na verdade não chegou até hoje, mas deve ter sido porque eu busquei o passaporte antes deles pensarem em me avisar. Na entrevista passaram o prazo de 4 a 5 dias corridos, era uma quarta-feira e na tarde de sexta já estava disponível para retirada, ou seja, levou 2 dias! Como eu descobri? Entrei no site onde me cadastrei para a entrevista e com o número do passaporte apareceu o status da solicitação. Se ainda não está liberado, pode entrar no site da DHL com o número exibido no status para ver por onde anda seu passaporte, é como acompanhar envio de Sedex no site dos Correios.

 

O placar final com a resposta de onde é mais rápido tirar o visto americano ficou assim (em dias úteis):

São Paulo 9 x 4 Montevidéu

(no mínimo)                           (se eu tivesse agendado para o dia seguinte)

Se ainda tem dúvidas, a Embaixada disponibiliza um contato via Skype (usvisauruguay). Cheguei a adicionar, mas consegui as respostas antes deles me aceitarem. Era final de semana, talvez fossem mais rápidos em horário comercial.

  • TOME NOTA

Algumas pessoas me perguntam sobre a vacina da Febre Amarela, é sempre bom ter e vale por 10 anos, mas para os Estados Unidos não é necessária.

Para tirar o passaporte pela primeira vez ou renovar, veja os detalhes neste post.

Aproveite os dias de espera pra viajar pelo Uruguai ou explore Montevideo. Eu passei uns dias em Colônia de Sacramento

Atração turística em Pocitos
Atração turística em Pocitos

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. A foto destaque é da Embaixada Americana em Montevidéu.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

233 comments

  1. Olá Roberta, sou de Santa Catarina, tentei meu visto em 2015 no Rio de Janeiro, mas foi negado, então fiz uma viagem para Espanha. Agora estou pensando em tentar novamente, mas agora em Montevideu, porém não tenho dinheiro guardado na conta. Será que devo levar meus extratos bancários com mais ou menos R$ 2500, ou nem levo os extratos.

    1. Olá, sou de Santa Catarina, e queria tirar meu visto no uruguai, mas como está abrindo um consulado em porto alegre, será que eles podem encrencrar por isso?
      E para tirar no Uruguai também é preciso Imposto de Renda?

      1. Oi Luana, não vão encrencar por isso, pode tirar o visto em qualquer lugar do mundo. Sim precisa de Imposto de Renda ou tudo o que comprove o seu vinculo com o Brasil. Precisa levar os mesmos documentos que levaria no Brasil.

      2. Oi Luana, não vão encrencar por isso, pode tirar o visto em qualquer lugar do mundo. Sim precisa de Imposto de Renda ou tudo o que comprove o seu vinculo com o Brasil. Precisa levar os mesmos documentos que levaria no Brasil.

    2. Oi Joice melhor deixar pra fazer quando tiver mais dinheiro na conta e levar os extratos. Uma saída é pegar emprestado só pra comprovar o dinheiro na conta ou pedir uma declaração, de alguém que tenha como comprovar que pode bancar uma viagem pra lá, dizendo que se compromete com as despesas da sua viagem. Deve ser registrada em cartório.

Deixe uma resposta