Estância Vik

Estancia Vik, um hotel fazenda galeria de arte no Uruguai

Visitar uma estância está entre os passeios mais essenciais para entrar no clima do Uruguai. Ouvir o canto do quero-quero, ver o gado pastando naquele horizonte verde e sentir o calor indo embora junto com o sol ao anoitecer podem até ser vividos da estrada. No entanto, a experiência só será autêntica se for feita sem pressa e com uma boa noite de sono no campo.

A vida no Uruguai é simples e sem rodeios, mas luxo, glamour e arte podem vir agregados a estadia se a escolha for o Estancia Vik, em José Ignacio. O meu final de semana por lá incluiu dormir dentro de uma obra de arte, cavalgadas pela mata nativa, vinho com lareira e um pôr do sol iluminado pela lua cheia. Tudo isto a poucos quilômetros das praias mais chiques e badaladas do país: Punta del Este, La Barra, Manantiales e José Ignacio.

Vista para o campo da piscina
Vista para o campo da piscina

Estancia Vik

O estilo colonial espanhol foi desenhado pelo arquiteto Marcelo Daglio para ser a casa de campo da família Vik. E em 2009 abriu as portas aos visitantes com a proposta diferenciada de ter cada quarto decorado por um artista uruguaio renomado. O Estancia Vik abriga 12 luxuosas suítes divididas em duas alas usando cores quentes para o leste e neutras para o oeste. Os demais ambientes tiveram a curadoria de arte de Alexander e Carrie Vik trazendo a sua coleção particular para serem apreciadas pelos hóspedes. As peças estão espalhadas pelas salas, corredores, pátios e jardins.

Entre os destaques, a sala principal com forro pintado por Clever Lara, inspirada em imagens do Uruguai geradas por Google Earth. De novo abusando das cores quentes e frias conforme a posição no amanhecer e anoitecer. E fica ainda mais bonita com a iluminação noturna e o calor da lareira acessa. No centro, a escultura de mármore do também uruguaio Pablo Atchugarry chama a atenção assim como as pedras semipreciosas encontradas no país dispostas nas paredes.

Sala principal tem arte por todos os lados
Sala principal tem arte por todos os lados

A propriedade foi projetada para ser sustentável trocando o ar condicionado pela ventilação natural e sistemas de aquecimento solar. Reutilização da água da chuva e reciclagem complementam o cuidado com o meio ambiente. E a beleza dos 4 mil hectares de campo é visualizada de qualquer janela ou arco do hotel.

 

Suíte Eduardo Cardoso
Suíte Eduardo Cardoso

A suíte Eduardo Cardozo

Dormi na ala oeste, literalmente dentro de uma obra de arte, com vista para o pôr do sol. O arquiteto e artista Eduardo Cardozo fez das divisões, teto e piso, o suporte para a sua composição. As paredes tem relevos, texturas e pedaços de madeira misturados com pedras e móveis antigos ou rústicos. Toda a obra do artista nascido em Montevidéu é inspirada no passado remoto dos seus ancestrais e sua infância no campo. Ou seja, um espaço perfeito para descansar e se conectar com a criação do artista.

Estância VikEstância VikEstância VikEstância VikEstância VikEstância VikEstância Vik

Banheiro

  • Qual a suíte mais interessante?
Depende da sua preferencia e astral do momento, algumas abusam das cores vibrantes, outras das neutras. Um exibe nu artístico, enquanto os outros variam entre pinturas de paisagem e arte abstrata.

Estância Vik Estância Vik Estância Vik Estância Vik

Uma das suítes coloridas da ala leste
Uma das suítes coloridas da ala leste (arquivo Estancia Vik)

O comedor, a adega e a parrilla

O café da manhã e as refeições diárias são servidos no comedor com vista para o campo. Móveis e louças em diferentes padrões trazem um toque vintage para as delícias uruguaias. Iogurte caseiro, media luna, bolos orgânicos e variedades em sucos, chás e cafés seriam suficientes para o dia começar perfeito. Como uma cavalgada me esperava após o café, pedi ovos mexidos com bacon e queijo que me dá água na boca só de lembrar. E aqui deixo uma dica: pães, carnes e derivados do leite no Uruguai devem ser degustados como experiência de viagem.

Creme de alho poró no jantar Massa folhada com queijo e tomate Ovos mexidos com bacon Café da manhã

No subsolo do comedor fica a adega com os vinhos Vik e outras marcas produzidas por eles no Chile. Em ocasiões especiais pode até virar a sala de jantar como ocorreu quando estava lá, pena ser um evento fechado porque parecia muito animado.

Do outro lado fica a tradicional parrilla uruguaia onde os assados típicos são servidos todas as noites de sábado. A colorida e caótica criação é do artista Marcelo Legrand.

Parrilla contemporânea
Parrilla contemporânea

O que fazer na Estância Vik

Além de apreciar os sons e o visual mencionados no início, o Concierge sugere e organiza atividades dentro e fora da propriedade. Entre elas canoagem e pesca na lagoa; trilhas de bicicletas; observação da fauna silvestre na companhia de um expert naturalista; e esportes como pólo, tênis em quadras de grama e golfe. Quem prefere cuidar do corpo pode utilizar a sala de ginástica, sauna ou massagem. E ainda tem a sala de jogos com televisão, dardos, bilhar e tênis de mesa. As paredes também são obras de arte, desta vez reaproveitando todas as sobras utilizadas na construção da casa.

Caiaque no rio José Ignacio
Caiaque no rio José Ignacio
Montada na Morena, égua linda e famosa por ter aparecido em filmes internacionais. Até Katy Perry já andou nela
Montada na Morena, égua famosa por ter aparecido em filmes internacionais. Até Katy Perry já andou

Optei por dois momentos de cavalgada enquanto minha amiga foi pedalar por não ter afinidades com cavalos. Tomei chimarrão na varanda aguardando o pôr do sol e aproveitei o sol na piscina. A noite tomamos vinho na lareira da sala principal e vimos a lua bem de perto na nova luneta adquirida pelo hotel. A piscina feita em granito tem o fundo pontilhado com luzes ópticas que reproduzem as constelações e convidam a olhar as estrelas no alto.

Luneta para ver os detalhes da lua bem de perto
Luneta para ver os detalhes da lua bem de perto
Sala de jogos
Sala de jogos
Pôr do sol
Pôr do sol

A atenção e cuidado impecáveis dos funcionários deixaram a experiência memorável e uma vontade enorme de voltar.

Tome Nota

ESTANCIA VIK é uma das propriedades do VIK RETREATS distante 12 km do centro de José Ignacio pelo Camino Eugenio Saiz Martines (entre ruta 9 e ruta 10), entrada no quilômetro 8.

RESERVE NO BOOKING

Quando ir: o hotel abre de novembro a abril sendo concorrido na alta temporada (entre Natal e Carnaval e a semana anterior à Páscoa). Dezembro é o mês recomendado para aproveitar o calor do verão com mais tranquilidade.

O que levar: as atividades no campo exigem roupas confortáveis e sapatos adequados para pisar em barro e fezes de animais. Use repelente e prefira roupas claras nas atividades ao ar livre durante o dia. Errei feio usando roupa preta para cavalgar mesmo passando repelente. E a noite faz frio mesmo no verão.

©Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. A hospedagem foi uma cortesia do Vik Retreats.

Se achou útil, Flip it! Se gostou das imagens, Pin it!

Estância Vik, hotel fazenda no Uruguay Estância VikEstância VikEstância Vik Estância Vik

Estância Vik Estância Vik Estância Vik

9
9
Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

2 comments

  1. Olá Roberta!! Delícia de dicas… to adorando cada comentário. Sabes se essa estadia no Estancia Vik é legal no mês de Agosto??

    1. Oi Ana, acho que seria bem legal, mas fecha agora em abril e só volta a abrir em novembro.

Deixe uma resposta