De carro pelo interior da França

De carro pelo interior da França

Read in English

Alsacia
Alsacia

Viajar de trem a partir de Paris estava bem mais caro que nos outros países, por isso e pela praticidade optamos por viajar de carro pelo interior da França. Foi ótimo ver as estradas, passar por cidades, tirar fotos de dentro do carro e ter autonomia para circular em lugares que seria complicado depender de transporte.

A caminho do Vale du Loire
A caminho do Vale du Loire

ENCONTRE HOTEL NA FRANÇA | LEMBRE DO SEGURO VIAGEM

Sempre tem dois caminhos, a auto estrada e as estradas nacionais. A primeira chega mais rápido (velocidade 130km/h) mas o pedágio é por kilometro rodado. A segunda tem paisagens mais bonitos, sem pedágios, mas com velocidade controlada. Ficamos intercalando entre as estradas, tudo dependia do destino e do tempo que tínhamos.

Estrada para os topo do Alpes
Estrada para os topo do Alpes

Gastamos menos do que o previsto com gasolina, pedágio e estacionamento. Foi uma boa escolha. Existe um site que calcula os gastos de pedágio e gasolina: Mappy, fiz o trajeto e defini os custos usando ele. O google maps também foi super útil, ele mostra os trajetos com fotos atuais dos cruzamentos e estradas. Foram 1900km rodados em 1 semana entre Paris, Vale do Loire, Lorraine, Alsacia e Alpes.

Estradas Suíças
Estradas Suíças

O único momento ruim foi o engarrafamento nas estradas suíças, achamos que o caminho seria mais rápido, mas perdemos três horas. Isto porque era época de férias, muita gente e muitos carros nas estradas. Quase todos os veículos levavam equipamentos de ski, todos íamos para o mesmo lugar. A auto estrada deste lado da Suíça é super bonita, as paisagens são cidadezinhas e cadeias de montanhas gigantes e brancas de neve. Perto da Alsacia toda a sinalização era em alemão, perto dos Alpes mudava para francês e dizem que mais para baixo tudo é em italiano. Para passar nestas estradas é preciso pagar um pedágio único.

 

  • TOME NOTA

O valor do pedágio para atravessar a Suíça era 30 euros em 2010 e vale pelo ano em que foi comprado.

Procure hotéis no interior da França pelo Booking e alugue carro na Rental Cars.

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Alugar veículos ou reservar hotéis nos links indicados é uma forma de colaborar com as despesas do Territórios, pois gera uma comissão.

Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

6 comments

  1. Bom dia ! Muito bom seu site ! Dicas realmente valiasos até mesmo para quem não é marinheiro de primeira viagem…

    Tenho uma dúvida. Estou planejando fazer uma viagem para Chamonix em Abril de 2014. Chegaremos em Paris, algugaremos um carro e descemos para os Alpes.

    – O preço do pedágio é 30 Euros no total ? Para rodar em qualquer estrada ou por trecho ?
    – Abril é começo de primavera e os hoteis estão até dia 20 nos pacotes de temporada de inverno. Será que veremos neve por lá ?

    Obrigado mais uma vez e parabéns !

    Andre

    1. Boa tarde André, obrigada pelos elogios e sua visita.

      30 euros é o pedágio obrigatório para quem passa pela Suíça e vale por todas as estradas. Vou melhorar essa informação no texto. Se andar somente pela França pode escolher estradas com ou sem pedágio. Escolhemos estradas suíças, pois era dezembro e a estrada parecia melhor para tanta neve.

      Geralmente a neve vai até março, mas como o clima anda meio louco, quem sabe…

  2. Adorei seu site, estou indo à Itália dia 23 de dezembro, vamos para Milão e de lá seguimos para um dos dois destino, França ou Suiça, não sabemos ainda, minha dúvida é, indo pela estrada normal, que geralmente é a mais bela, e custa menos, é perigoso? Tenho medo das áreas congeladas, fiz isso na Itália, mas era final de verão e fazia calor ainda, não corria esse risco, o que vc acha? Outra coisa, quais cidades vc percorreu nesse periodo?

    Bjs

    1. Olá Flávia

      Que bom que gostou, eu acabei de voltar da Itália (Milão, Veneto e Emilia Romagna), mas ainda tenho que escrever os posts.

      Sobre ser perigoso dirigir no inverno nessas estradas, acho que vale se informar sobre as condições climáticas dia-a-dia. Nós andamos pelos dois tipos de estrada e sempre foi tranquilo, mas o motorista era local e tinha os ferros para colocar nas rodas. Sem ter uma pessoa experiente em neve dirigindo, eu aconselharia pegar a outra estrada onde pareceu fácil pedir ajuda.

      Meu roteiro foi Paris > Tours > Blois > Chambord > Epinal > Nancy > Colmar > Eguishein > aqui entramos pela Suiça até Chamonix > Grenoble > Chamrousse e Lyon

  3. Nossa, que site legal!!!
    Parabéns!!!
    Não li, ainda, tudo, mas os artigos sobre a França, são ótimos. A França, realmente é incomparável, vivi lá por 10 anos, a conheço inteira, do sul ao norte e doleste ao oeste, tem pequenos vilarejos lindos, tudo é incrível. Tenho muito material sobre a França. Gostaría de saber de que é este site?
    Beijo grande,
    Maria do Carmo

Deixe uma resposta