Roberta Martins em Lapostolle Residence

A casa Lapostolle no Vale do Colchagua

Trazer o conceito Relais & Châteaux para o extraordinário mundo dos vinhos chilenos encontra a perfeição no Lapostolle Residence. A experiência na hospedagem nos envolve, ensina e conquista nos pequenos detalhes. A sensação é como visitar amigos que moram no campo, ou melhor, em um vinícola em pleno Vale do Colchagua. E para ser mais específica, dentro da região conhecida pela produção de vinhos finos existe o Vale de Apalta, local exato da vinícola Clos Apalta e hotel tema deste artigo.

relais_chateauxRELAIS & CHÂTEAUX é uma associação de hotéis e restaurantes únicos e cheios de paixões espalhados pelo mundo. Há 60 anos tem como objetivo manter a essência de cada lugar através da culinária regional, conservação dos recursos naturais e relações humanas sempre priorizando o bem estar dos visitantes.

 

Vinho e lareira dentro do quarto
Vinho e lareira dentro da minha suíte Cabernet
Frente da cabana Cabernet
Frente da cabana Cabernet

Cabernet, a minha casa no Vale do Colchagua

Uma cabana com total privacidade no meio da natureza e vista para os vinhedos foi minha casa por dois dias no Lapostolle Residence. Muito espaço, conforto e mimos em cinco ambientes decorados com seda, couro e madeira nativa.

IPod com variada seleção musical na cômoda, excelente sinal de wifi, lindo cobertor de passeio, banheira de imersão profunda, persianas com controle remoto, vinhos Lapostolle e lareira são alguns dos detalhes cativantes dentro do quarto. Assim como o cuidado dos funcionários ao preparar a suíte para dormir. Colocavam o copo com água, um docinho e a ficha técnica do vinho experimentado naquela noite ao lado da cama enquanto estávamos no jantar.

Quarto Cabernet
Quarto Cabernet
Ficha técnica do vinho degustado naquela noite
Ficha técnica do vinho degustado naquela noite
Suíte preparada para hora de dormir
Suíte preparada para hora de dormir

Camas de solteiro na Cabernet Vinho Lapostolle Canto Lapostolle Residence Lapostolle Residence

Dentro do armário, uma mini cozinha com frigobar open bar, Nespresso e louças. Do outro lado, um closet repleto de gavetas termina em um corredor envidraçado direto para o banheiro cheio de janelas. E justamente pela privacidade, o jardim ao redor da casa é alto. Ainda no banheiro, roupões e chinelos padronizados, secador de cabelo, espelho de maquiagem no balcão com duas pias, velas e amenidades L’occitane.

Banheira com vapor nas janelas
Banheira com vapor nas janelas

Amenidades L’occitaneToalhas personalizadas Clos Apalta LapostolleVaranda e janela do banheiroCloset na cabana Cabernet

 

São quatro cabanas para duas pessoas (cama king size ou duas de solteiro) com a mesma estrutura e tamanho, o que diferencia é a vista e a varanda porque cada uma fica em um nível diferente na montanha. A minha era a primeira com bastante vegetação em volta escondendo parcialmente o horizonte, porém bem mais perto da casa principal. A melhor paisagem e na mais alta onde não há barreiras. Decoração e nomes são inspirados nas quatro variedades de uva plantadas em Clos Apalta: Cabernet, Merlot, Carmenere e Petit Verdot.

O carrinho de golfe leva até a porta e busca com rápido telefonema. Fachada da Petit Verdot
O carrinho de golfe leva até a porta e busca com rápido telefonema. Fachada da Petit Verdot
Cama king size na cabana Petit Verdot
Cama king size na cabana Petit Verdot

 

O prazer nas refeições

Cada taça acompanha uma etapa do jantar, na ordem: Blue Star, Cuvée Alexandre Chardonnay 2012, Cuvée Alexandre Carmenère 2011 e Grand Marnier Raspberry com pêssego. Sobremesa deliciosa de pavlova com creme e frutas silvestres com sorvete de baunilha e molho de laranja com berries
Cada taça acompanha uma etapa do jantar. Na ordem a partir da da esquerda: Blue Star, Cuvée Alexandre Chardonnay 2012, Cuvée Alexandre Carmenère 2011 e Grand Marnier raspberry com pêssego. Sobremesa deliciosa de pavlova com creme e frutas silvestres com sorvete de baunilha e molho de laranja com berries
Queijo provolone derretido como entrada
Queijo provolone derretido como entrada

Requinte com tempero e ingredientes regionais direcionados às preferencias do visitante comandam a cozinha do Lapostolle Residence. No início da estadia conversamos sobre as nossas restrições alimentares e assim as refeições foram perfeitas para agradar a todos. Por exemplo, se um não gosta da tradicional e deliciosa costela, o prato dele será diferente dos demais, porém, igualmente saboroso.

Todas as refeições são servidas na casa principal com amplas janelas para o jardim e vinhedos. Embora possa pedir o serviço de quarto na varanda, ali é bastante agradável e ainda tem a interação com outras pessoas. As mesas na sala de jantar são montadas conforme o número de hóspedes e cada dia havia uma disposição diferente.

Manhã nebulosa como o típico inverno de serra
Manhã nebulosa como o típico inverno de serra

No café da manhã colocam na mesa frutas da estação, pães, suco natural e variados ingredientes frios. Junto vem o menu de opções quentes para serem preparadas na hora. Alfajor de doce de leite, suco de amora e torradas francesas foram os meus favoritos.

Café da manhã
Café da manhã
Torradas Francesas
Torradas Francesas

 

Pratos refinados são harmonizados com as melhores bebidas Lapostolle ressaltando os sabores naturais do Chile. A prioridade são os produtos frescos regionais ou colhidos na horta local, também aberta aos hóspedes. No almoço e no jantar são oferecidos aperitivo seguidos de entrada, prato principal e sobremesa determinados pelo chef. O menu individual e com o nome do hóspede impresso é colocado na mesa com a descrição de todos os ingredientes. E explicavam com a maior simpatia quando aparecia alguma palavra em espanhol desconhecida para nós.

Cremoso de chocolate com sorvete de doce de leite
Cremoso de chocolate com sorvete de doce de leite
Assado de tira ao vinho tinto com verduras orgânicas
Assado de tira ao vinho tinto com verduras orgânicas

No último dia partimos pouco antes do almoço e um funcionário teve a gentileza de ligar para o quarto perguntando se gostaríamos de levar algum lanche para viagem. Aceitamos e nos deliciamos com os chips orgânicos de batata doce, sanduíche, chocolate e suco.

 

A vista para o jardim e vinhas
A vista para o jardim e vinhas na casa principal

As atividades

Tour de bicicleta pelos vinhedos
Tour de bicicleta pelos vinhedos

E para fechar redondinha a experiência de se hospedar em uma vinícola da Lapostolle, existe uma gama de atividades para tornar nossa estada uma imersão completa no mundo dos vinhos. A começar pelo tour em Clos Apalta com degustação e visita à adega particular da família Marnier Lapostolle acompanhada por um sommelier (leia aqui).

Também pode conhecer as outras vinícolas do Vale de Colchagua e subir nas montanhas pelas trilhas, mas em apenas dois dias decidimos nem sair da propriedade. Tem passeios de bicicleta com piquenique nas vinhas; pode andar à cavalo; fazer laboratório para criar o próprio vinho (assista o vídeo); ter aulas de pisco sour; mergulhar na piscina (no verão); ou simplesmente sair caminhando para ver a vida no campo, fauna e flora local.

No tour pela vinícola
No tour pela vinícola
Piscina também com vista
Piscina também com vista

 

A casa principal é uma mistura de sede, restaurante, recepção e área de convívio com vários ambientes aconchegantes. Ali sentávamos na beira da lareira e sempre vinha alguém nos oferecer uma bebida. E falando em beber, se eu já achava o vinho Clos Apalta ótimo, agora terei estas lembranças pra dar um gosto especial toda vez que abrir uma nova garrafa Lapostolle.

Recepção e local das refeições
Recepção e local das refeições
Salas na área de convívio
Salas na área de convívio

Tome Nota

LAPOSTOLLE RESIDENCE oferece pensão completa e uma série de atividades relacionadas a temática vinho dentro da diária. Está localizado na rodovia Apalta km 4, em Santa Cruz. Aberto de setembro a julho.

CONSULTE VALORES EM REAIS

Não hóspedes podem experimentar o tour e almoço harmonizado em Clos Apalta, saiba como neste texto.

Como chegar ao Vale de Apalta: O jeito mais prático é alugar um carro e recomendo reservar na Rental Cars. A distância entre Santiago e Vale do Colchagua é de 182 km para o sul seguindo a Rota do Vinho rumo a Santa Cruz. Quando passar pela cidade de Santa Cruz procure as placas para Apalta, Clos Apalta estará cerca de 5 km mais adiante, ao lado esquerdo.

Veja mais fotos de Lapostolle Residence no Vale do Colchagua:

Se hospedar com vista para os vinhedos e cuidado nos detalhes para o nosso maior conforto é mais do que se sentir em casa é ser mimada. Adorei a manta e chapéu de passear
Adorei o coberto e chapéu de passear

Varanda privada na CabernetLapostolle Clos ApaltaLapostolle Clos ApaltaLapostolle Clos ApaltaLapostolle Clos ApaltaAcepipes em Lapostolle Clos ApaltaLapostolle Clos ApaltaLapostolle Clos Apalta

 

 

 

 

 

 

 

© Todos os direitos reservados. Fotos e relato 100% originais. Fotos de Roberta Martins e Gardênia Rogatto.

#JustFunChile é um projeto de Territórios e As Peripécias de uma Flor. Contamos com o apoio de hotéis e empresas locais, inclusive para estas diárias.

10
10
Roberta Martins

Roberta Martins

Publicitária, geradora de conteúdo sobre turismo, idealizadora deste site e fotógrafa. Há 11 anos relata suas experiências de viagem focando em cultura e ecoturismo.

Deixe uma resposta